Skip to main content

Tag: implantes de titânio

Implante de Três Dentes Juntos – Como fazer ?

A perda de dentes é uma experiência que muitas pessoas enfrentam devido a várias razões, como doença periodontal, cárie dentária ou trauma. Felizmente, a odontologia moderna oferece várias soluções eficazes, sendo uma delas o implante dentário. Neste artigo vamos abordar especificamente a necessidade de fazer implante de três dentes.

A perda de três dentes, acarreta em uma lacuna significativa na dentição de uma pessoa. O tratamento mais comum envolve a colocação de três implantes dentários para substituir os dentes ausentes. É importante realizar uma avaliação cuidadosa para determinar se o paciente é um candidato adequado para esse tipo de implante. Além disso, é fundamental seguir os cuidados pré e pós-operatórios recomendados para garantir o sucesso a longo prazo dos implantes. Tendo realizado implantes para os três dentes perdidos, a pessoa recupera a funcionalidade e a estética do sorriso, melhorando significativamente sua qualidade de vida.

Consequências das perda de 3 dentes juntos

A perda de três dentes consecutivos pode levar a várias alterações anatômicas, estéticas, teciduais e funcionais na região e nos dentes vizinhos:

Alterações anatômicas e teciduais: Quando um dente é perdido, o osso alveolar que antes suportava o dente começa a se reabsorver, levando a uma perda óssea na área. Isso pode alterar a forma da mandíbula e da face ao longo do tempo. Além disso, a gengiva na área também pode começar a se retrair, expondo mais do dente vizinho.

Alterações estéticas: A perda de dentes pode levar a uma mudança visível no sorriso, o que pode afetar a autoestima e a confiança de uma pessoa. Além disso, a perda óssea resultante pode levar a alterações faciais, como a aparência de um rosto “afundado”.

Alterações funcionais: A perda de dentes pode afetar a capacidade de uma pessoa de mastigar e falar corretamente. Isso pode levar a uma mudança na dieta, favorecendo alimentos mais macios que são mais fáceis de mastigar, mas que podem não ser tão nutritivos. Além disso, os dentes restantes podem começar a se mover para preencher o espaço vazio, o que pode levar a problemas de oclusão e articulação temporomandibular.

Efeitos nos dentes vizinhos: A perda de um dente pode afetar os dentes adjacentes. Eles podem começar a se inclinar ou se mover para o espaço vazio, o que pode afetar a mordida e levar a problemas de oclusão. Além disso, os dentes que se movem podem ser mais difíceis de limpar, aumentando o risco de cárie dentária e doença periodontal.

É importante notar que a substituição oportuna dos três dentes perdidos com implantes dentários ou outras próteses pode ajudar a minimizar essas alterações. 

implante de tres dentes juntos
Imagem que representa 3 implantes feitos em Sequencia/individuais
implante de tres dentes - protese fixa
Outra alternativa para repor tres dentes é usar dois implantes e uma prótese fixa contendo 3 dentes.

O que é um Implante Dentário?

Um implante dentário é uma estrutura de titânio que é colocada cirurgicamente no osso maxilar abaixo da gengiva. Uma vez instalado, permite ao dentista montar dentes substitutos sobre eles.

Quando se trata de substituir três dentes perdidos, uma opção é o implante de três dentes juntos. Isso envolve a colocação de dois implantes dentários, um em cada extremidade, e a fixação de uma ponte de três dentes sobre eles. Esta é uma solução durável e esteticamente agradável para a perda de vários dentes.

Vantagens: Fazer o implante de três dentes juntos tem várias vantagens

  • Estabilidade e conforto: Os implantes dentários são fixados no osso, o que proporciona uma estabilidade semelhante à dos dentes naturais. Isso significa que você pode comer, falar e sorrir com confiança, sem se preocupar com a prótese se movendo ou caindo.
  • Aparência natural: Os implantes dentários e as coroas parecem e se sentem como dentes naturais. Eles são projetados para se misturar com os dentes restantes, proporcionando um sorriso natural.
  • Preservação do osso: Quando você perde um dente, o osso da mandíbula que antes suportava o dente começa a se deteriorar. Os implantes dentários estimulam o osso, assim como as raízes dos dentes naturais, ajudando a preservar o osso e prevenir a reabsorção óssea.
  • Durabilidade: Os implantes dentários são feitos para durar. Com os cuidados adequados, eles podem durar muitos anos, ou até mesmo uma vida inteira.
  • Não prejudica os dentes adjacentes: Ao contrário das pontes tradicionais, o implante de três dentes juntos não requer o desgaste dos dentes adjacentes. Isso é benéfico para a saúde a longo prazo dos dentes restantes.
  • Eficiência de custo: Embora o custo inicial possa ser maior, o implante de três dentes juntos pode ser mais econômico a longo prazo. Dado que eles são duráveis e podem evitar problemas futuros, como a reabsorção óssea, eles podem economizar dinheiro em tratamentos dentários futuros.

Dentre tantas opções disponíveis, consulte-nos para discutir qual opção de tratamento é a melhor para você.

Como fazer o implante de três dentes juntos

O processo para fazer o implante de três dentes juntos geralmente envolve as seguintes etapas:

Consulta inicial: Durante a consulta inicial, o dentista avaliará a saúde bucal do paciente e discutirá as opções de tratamento. Isso pode envolver raios-X ou outros exames de imagem para avaliar a quantidade e a qualidade do osso maxilar.

Planejamento do tratamento: Se o implante dentário for considerado a melhor opção, o dentista planejará o procedimento. Isso pode envolver a criação de modelos da boca do paciente e o uso de software especializado para planejar a posição exata dos implantes.

Colocação do implante: Durante a cirurgia, o dentista fará uma incisão na gengiva para expor o osso. Em seguida, ele perfurará um pequeno orifício no osso onde o implante será colocado. Este processo é repetido para o segundo implante.

Cicatrização e osseointegração: Após a cirurgia, há um período de cicatrização durante o qual o osso se funde com o implante de titânio – um processo conhecido como osseointegração. Isso pode levar várias semanas ou meses.

Colocação da prótese: Uma vez que o osso se fundiu com os implantes, o dentista pode colocar a prótese – neste caso, uma ponte de três dentes. A prótese é personalizada para se encaixar perfeitamente na boca do paciente e combinar com a cor dos dentes naturais.

Acompanhamento e cuidados pós-tratamento: Após a colocação da prótese, o paciente terá consultas de acompanhamento para garantir que os implantes estejam funcionando corretamente. É importante manter uma boa higiene bucal e visitar o dentista regularmente para garantir a longevidade dos implantes.

como fica o implante de tres dentes
Esta imagem mostra o aspecto intraoral de três dentes repostos com implantes individuais. Na região dos implantes há menos volume de gengiva, pois há perda óssea /atrofia em locais que perdem os dentes e não tem a reposição feita rapidamente.

Desafios com relação à gengiva, relacionados à implantação de implante de três dentes juntos:

Se a perda dos 3 dentes for em uma região contínua, as vezes a gengiva sofre alterações e fica fina e também arqueada ou plana.

Além disso relacionamos abaixo outros problemas que podem ocorrer na gengiva

Inflamação e infecção: Como qualquer procedimento cirúrgico, há um risco de inflamação e infecção após a colocação dos implantes dentários. Isso pode ser minimizado com uma boa higiene bucal e seguindo as instruções de cuidados pós-operatórios do seu dentista.

Recessão gengival: Em alguns casos, a gengiva pode se retrair ao redor do implante, expondo parte do implante. Isso pode ser causado por vários fatores, incluindo a técnica cirúrgica, a saúde gengival do paciente e a higiene bucal.

Peri-implantite: Esta é uma condição inflamatória que afeta os tecidos moles e o osso ao redor do implante. É semelhante à doença periodontal (doença gengival) e, se não for tratada, pode levar à perda do implante.

Estética gengival: Em alguns casos, pode ser um desafio alcançar uma aparência natural da gengiva ao redor dos implantes, especialmente se a perda óssea ocorreu. O dentista pode precisar usar técnicas especiais ou procedimentos adicionais, como enxerto de tecido mole, para melhorar a estética gengival.

Osso – Fazer o implante de três dentes juntos pode apresentar alguns desafios para os ossos :

  • Quantidade e qualidade do osso: Para que um implante dentário seja bem-sucedido, é necessário ter quantidade e qualidade suficientes de osso no local do implante. Se você perdeu osso devido à perda de dentes ou doença periodontal, pode ser necessário um enxerto ósseo antes da colocação do implante.
  • Osseointegração: Este é o processo pelo qual o osso se funde com o implante de titânio, criando uma base estável para o dente artificial. Em alguns casos, o osso pode não se fundir adequadamente com o implante, o que pode levar à falha do implante.
  • Posicionamento do implante: O posicionamento correto do implante é crucial para o sucesso a longo prazo do implante. Um implante mal posicionado pode levar a complicações, como danos aos nervos ou à maxila.

Se os três dentes estiverem em regiões diferentes da boca, cada local apresentará seus próprios desafios. Por exemplo, os ossos na parte de trás da mandíbula são geralmente mais finos e podem exigir técnicas cirúrgicas especiais ou enxerto ósseo. Além disso, a substituição de dentes em diferentes áreas da boca pode exigir mais tempo de tratamento e visitas ao dentista.

implante de tres dentes radiografia
Imagem que ilustra a radiografia de tres implantes dentários colocados um ao lado do outro.

Porque fazer o implante de três dentes juntos

A perda de dentes em si já é um motivo para a sua restauração, entretanto, existem benefícios com o procedimento de implante dentário, que vale a pena elencar.

Restauração da função mastigatória – Funcional: A perda de três dentes consecutivos pode afetar significativamente a capacidade de mastigar alimentos. O implante de três dentes juntos pode restaurar essa função, permitindo que você coma normalmente.

Estética: A perda de dentes pode afetar a aparência do seu sorriso. O implante de três dentes juntos pode preencher a lacuna deixada pelos dentes perdidos, melhorando a estética do seu sorriso.

Preservação do osso: Quando você perde um dente, o osso da mandíbula começa a se deteriorar no local onde o dente estava. Ao colocar um implante, você estimula o osso, ajudando a prevenir a perda óssea.

Proteção dos dentes adjacentes: Ao contrário de uma ponte tradicional, que requer o desgaste dos dentes adjacentes, o implante de três dentes juntos não afeta os dentes vizinhos.

Durabilidade: Os implantes dentários são feitos para durar. Com os cuidados adequados, eles podem durar muitos anos, ou até mesmo uma vida inteira.

Conforto: Como os implantes são fixados no osso, eles se sentem e funcionam como dentes naturais. Isso pode proporcionar mais conforto do que outras opções de substituição de dentes, como dentaduras.

implante de tres dentes com dois implantes
Imagem de como seria um planejamento para repor 3 dentes por meio de uma prótese fixa (dentes unidos), apoiados em somente 2 implantes dentários.

O Valor do Implante de Três Dentes

O custo de um implante dentário pode variar dependendo de vários fatores, incluindo a experiência do dentista, tipo de implante dentário, tipo de prótese dentária e a necessidade de procedimentos adicionais, como enxerto ósseo. Portanto cada caso precisa ser avaliado individualmente para gerar a estimativa correta. *

Lembre-se, o custo inicial pode parecer alto, mas os implantes dentários são um investimento a longo prazo na sua saúde oral. Eles têm a vantagem de serem duráveis e podem durar muitos anos, ou até mesmo uma vida inteira, com os cuidados adequados.

  • Adicionalmente o CRO impede que sejam anunciados valores de tratamentos dentários. Mas será fácil resolver isso com uma consulta presencial.

Conclusão

Perder um dente pode ser uma experiência desafiadora, mas graças aos avanços na odontologia, existem soluções eficazes disponíveis. Se você perdeu três dentes, o implante de três dentes juntos pode ser uma opção a considerar. Embora o custo possa ser uma preocupação, é importante lembrar que os implantes dentários são um investimento na sua saúde oral e qualidade de vida.

Espero que este artigo tenha sido para você! Consulte-nos para obter conselhos ou esclarecer dúvidas personalizadas.

Escanear o código
Open Chat

O que devo saber sobre os Tipos de implantes dentários?

Muitas são as dúvidas com relação aos tipos de implantes dentarios existentes no mercado e quais são os melhores modelos. A colocação de um implante dentario é certamente a melhor forma de suprir dentes perdidos possibilitando a restauração de uma cavidade bucal completa e funcional.

Graças ao avanço da tecnologia, podemos afirmar que temos excelentes modelos e marcas de implantes dentários para que inúmeras necessidades sejam atendidas. Atualmente há modernos implantes como o implante cerâmico, único sem metal. Além dos implantes de rápida cicatrização da Straumann.

Vale lembrar que quando estamos falando de implante dentario, estamos nos referindo ao “pino” que é inserido junto ao osso através de uma cirurgia. A coroa dentaria é o “dente” que vai sobre esse implante. Este esclarecimento é importante pois às vezes há confusão sobre o que é o implante e o que é a coroa. Por isso, não confunda implante com coroa.

Definição e Indicações para Implante Dental

O implante dental é uma estrutura artificialmente concebida que se propõe a substituir as peças dentárias originais do paciente. Trata-se de um parafuso que se integra ao osso maxilar por meio de um procedimento conhecido como implantologia, sobre o qual será fixado o novo dente. Além da compreensão da natureza dos implantes, é importante entender os motivos que levam a fazer um implante dental, notadamente:

  • Em casos de traumatismo significativo que resultam na extração completa de um dente.
  • Quando um dente está comprometido e não é passível de reconstrução.
  • Na presença de alguma doentça que tenha ocasionado ou esteja associada à perda de um ou mais dentes.
    Cumpre ressaltar que o processo de implantação para a substituição de dentes perdidos deve ser conduzido em ambiente clínico odontológico, garantindo, assim, a integridade e segurança do paciente.

Tipos de cirurgia para o pino do implante dentário

implante unitario 43kb

Implante dentário unitário (só um pino)

O implante dentário unitário é indicado para reposição de um único dente perdido. É importante realizar a reposição de dentes, mesmo que seja apenas um, porque o implante dentário tem a função parecida com a da raiz dentária e o paciente não sofre com a reabsorção óssea. Pode haver comprometimento da função e da estética dental por conseqüência da ausência de um único dente.

ponte sobre implantes 43kb

Implante múltiplo (vários pinos de implante para diversos dentes)

Implante dentário múltiplo é a reposição de dentes sequenciais de uma determinada área da arcada. Normalmente o elemento central fica suspenso, como se fosse uma ponte. Também pode ser chamado de prótese fixa.

implante total straumann 30kb

Implante dentário total (para todos os dentes)

Implante dentário total é a substituição de todos os dentes perdidos de uma arcada inteira. Em suma, os implantes dentarios são estrategicamente distribuídos em toda arcada para receber uma prótese completa fixa. Esta prótese também é chamada de prótese protocolo. É sem dúvida importante para devolver a qualidade de vida, estética e funcionalidade ao paciente que sofre pela ausência dos dentes ou que utiliza uma prótese móvel, dentaduras.

Materiais, formatos e tipos de implantes dentários

implante slactive straumann 34kb

Implante dental de titânio

Os implantes dentários são em sua maioria fabricados em titânio, um material inerte biocompatível que não causa reação imunológica (apenas não indicado para pessoas com alergia ao níquel).

Tipo de ImplanteMaterialFormatoCaracterísticas Principais
Implantes Endo-ósseosTitânio/ZircôniaParafusoInseridos diretamente no osso maxilar ou mandibular.
Implantes SubperiósticosTitânioPlacaPosicionados acima do osso, abaixo da gengiva.
Implantes TransósseosTitânioDiversosAtravessam o osso, projetando-se para fora da gengiva.
Implantes ZigomáticosTitânioVariávelAncorados no osso zigomático, úteis em casos de perda óssea.
Implantes MiniaturizadosDiversos materiaisParafusoVersões menores dos implantes convencionais.
Implantes ImediatosTitânioParafusoColocados imediatamente após a extração do dente.
Implantes CônicosTitânioCônicoOferecem estabilidade inicial superior durante a inserção.
Implantes CilíndricosTitânioCilíndricoForma mais reta, frequentemente utilizados em áreas não visíveis.
Implantes de Carga ImediataTitânioVariávelPermitem a fixação da prótese no mesmo dia da colocação.
Implantes PersonalizadosDiversos materiaisSob medidaDesenvolvidos com base nas características anatômicas do paciente.
Tabela contendo alguns tipos de implantes dentários disponíveis. A aplicação e indicação será discutida em sua consulta de avaliação e planejamento. Atualmente os implantes que mais modernos que utilizamos são do tipo endo-ósseo, de zircônia cilindricos e cônicos.
tipos de implantes dentários straumann

Implantes de cerâmica pura – pinos de implante sem metal

São pinos de implante fabricados a partir de um zircônia de alto desempenho, sem metal. Ele é chamado de implante ceramico. É uma opção para pacientes com gengiva muito fina, especialmente na região anterior, ou com alergia ao níquel (e outros metais), para pacientes com doenças imunológicas (auto-imunes como psoríase, lúpus, etc), ou mesmo para aqueles que não querem ter metais na boca.

Outras características de implantes

  • Implantes de nível gengival – conexão do componente protético ao nível gengival.
  • Implantes de nível ósseo ou cone morse – implantes com conexão interna do componente protético, uma opção para preservar a crista óssea e tecido gengival
  • Implante com tecnologia na superfície – os implantes dentários são preparados para permitir a osseointegração. A principal característica presente no implante é a micro rugosidade de sua superfície, obtida através de um jateamento. Essa característica física permite a entrada do sangue e por conseqüência as células formadoras de tecido ósseo. Essa etapa é importante para a osseointegração. Alguns modelos de implantes de alta tecnologia, além da micro rugosidade na superfície, também possuem um tratamento químico que favorece e acelera esse fenômeno.

Leia mais sobre os implantes dentários suíços Straumann

Implante dentário nacional ou importado?

Por algum tempo, tínhamos apenas opções de implantes dentários importados para então realizar uma reabilitação oral. Mas os fabricantes de implantes dentários nacionais investiram muito em pesquisas e desenvolvimento de materiais e se tornaram uma opção confiável sendo inclusive exportados para Estados Unidos e Europa. Entrento, caso você esteja procurando tratamentos mais rápidos, os implantes Straumann ainda não imbatíveis quando o quesito é osseointegração rápida. Além disso, os implantes com sistema Cone Morse são os mais modernos e se possível, opte por eles.

Leia mais sobre enxerto ósseo para implante

Os implantes dentários nacionais oferecem boas opções, quando o assunto é tecnologias que favorecem a osseointegração e tem obtido ótimos resultados.

Mais tipos de implantes dentários

  • Implantes de Carga Imediata: Destacam-se pela dispensa da necessidade de incisões na gengiva, contudo, restringem-se a casos em que o paciente apresenta volume ósseo adequado, sem a presença de infecção.
  • All on Four e All on Six: Consistem em próteses fixas compostas por 4 implantes (all on four) ou 6 implantes (all on six), caracterizando-se pela ausência de incisões na gengiva, sendo aplicáveis somente em situações em que o paciente detém adequado volume ósseo, sem presença de infecção.
  • Implantes Removíveis: Destinam-se à substituição integral de todas as peças dentárias, possibilitando a remoção da prótese conforme necessário.
  • Implantes Justaósseos, Subperiostais, Fibro-ósseo integrados ou Subcrestais: Inseridos entre o osso maxilar e o tecido gengival, estes implantes surgiram no começo da Implantodontia, há mais de 40 anos e forma substituídos pelos tradicionais implantes osseointegrados. Entretanto novas tecnologias digitais tem impulsionado o ressurgimento de novas versões de implantes justa-ósseos plenejados por computador de forma customizada para o paciente. Estas soluções são consideradas muito avançadas e se empregam para casos de atrofia maxilar ou mandibular severa.
  • Implantes Endoósseos ou Intraósseos: Configuram-se como o tipo mais prevalente hoje em dia, fundamentando-se no princípio da osteointegração para estabelecer uma união perfeita entre a prótese e o osso.
  • Implantes Zigomáticos: Desenvolvidos especificamente para casos de atrofia maxilar, ou seja somente para a arcada superior, quando o volume ósseo no maxilar é notadamente reduzido.
  • Implantes Angulados: Implantes convencionais, porém posicionados de maneira inclinada para possibilitar o acesso a áreas mais densas em osso, viabilizando sua implantação em pacientes que apresentam deficiência óssea.

Procedimento de Implantação – instalação de um Implante Dental

No tocante à instalação de implantes dentários, o procedimento segue a seguinte sequência:

  • Diagnóstico e Estudo: Inicia-se com uma radiografia panorâmica e uma tomografia computadorizada 3D dental, permitindo uma melhor compreensão da estrutura óssea. Atualmente, a abordagem do design tridimensional (3D) possibilita a visualização antecipada do resultado pós-tratamento.
  • Fase Cirúrgica: Com a extração do dente danificado, procede-se à preparação da mandíbula, incluindo enxertos ósseos, quando necessários. Subsequentemente, realiza-se a instalação do implante dental, sendo crucial monitorar o crescimento e a cicatrização do osso antes de avançar para a colocação do pilar, etapa que ocorre após a completa osteointegração.
  • Colocação da Prótese: Após um tempo de cicatrização que varia parara caso, após a cirurgia, procede-se à colocação da prótese, finalizando o processo completo de instalação do implante dental na cavidade bucal do paciente.

Cuidados com Implantes Dentários

É importante aprender sobre a devida manutenção dos implantes dentários nas primeiras horas e dias pós-cirurgia. Destacam-se cuidados cruciais a serem observados:

  • Dieta: Recomenda-se aguardar algumas horas antes de ingerir alimentos após a cirurgia de implante. Optar por alimentos macios e frios é essencial. A abstenção de consumo de álcool nas horas subsequentes é fundamental.
  • Higiene Bucal: No dia da intervenção, é desaconselhável a escovação dentária na região afetada. Após 24 horas, a escovação deve ser realizada com suavidade, evitando a área de intervenção cirúrgica.
  • Atividade Física: Recomenda-se evitar movimentos bruscos nas primeiras 24 horas após a cirurgia. Um período adequado de repouso é aconselhado, bem como a abstenção de atividades físicas intensas ao longo de uma semana.
  • Enxaguantes Bucais: É desaconselhável o enxágue bucal por 7 dias completos após à cirurgia, a fim de evitar impacto prejudicial nos pontos de sutura e que o liquido entre dentro da ferida. Após um intervalo de 7 dias, o uso de enxaguante bucal prescrito pelo implantodontista é permitido.
  • Irrigadores Dentais: A utilização de irrigadores dentais somente deve ser realizada mediante orientação expressa do cirurgião-dentista.

Com esses cuidados meticulosos, seus implantes dentais ajudarão na obtenção de um sorriso radiante, com boa durabilidade e saúde bucal reestabelecida.


Saiba mais aqui. Se você ficou com a alguma dúvida sobre tipos de implantes dentários e aparelhos, entre em contato conosco através de um dos canais abaixo, nós da Clínica Odontológica ImplArt estamos à sua disposição!

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Como é realizado o implante dental?

Consulte o artigo a seguir se você gostaria de saber como é feito o implante dental.

A reabilitação oral com implante dental é um tratamento que pode mudar radicalmente a vida de pessoas que sofrem pela ausência de um ou mais dentes. Com implante dentario conseguimos conquistar uma estética natural, além de proporcionar conforto e bem estar aos pacientes. Portanto, trata-se de uma moderna solução, com cada vez mais recursos, para que dessa forma o paciente volte a se alimentar e sorrir sem preocupação. Atualmente, contamos com diversos tipos de implantes dentarios, capazes de tornar o tratamento com implante mais rápido, entre eles está o implante Suíço Slactive, da Straumann.

Implante dental e seu passo a passo

Além disso, devemos citar, também, o mais moderno implante dentário, o implante ceramico, ou implante de zirconia. Há duas versões, um da empresa suíça Straumann, e outro da nacional Neodent. Por não possuírem metal em sua composição, são muito indicados para pacientes com alergia a metais. Além disso, são muito utilizados em pacientes que simplesmente não querem a presença de metais em seu organismo.

Por isso resolvemos abordar as questões mais frequentes sobre implante dentario, e as respostas sob o meu ponto de vista e experiência profissional.

Após a cirurgia de implantes dentários feita dói muito?

Normalmente não dói fazer implantes. Sentir ou não sentir dor é relativo, pois depende de alguns fatores, como a técnica aplicada, a sensibilidade individual de cada paciente, entre outros.

Porém não é raro ouvir dos pacientes, depois que vários implantes são feitos em um mesmo dia, de que considerou o pós operatório tão tranquilo que nem parecia que tinham sido submetidos à uma cirurgia.

De qualquer forma, o cirurgião que realiza a colocação dos implantes receita analgésicos para serem tomados, caso necessário.

A cirurgia de implante dental é demorada?

Portanto, a duração para colocação de cada pino pode variar entre alguns minutos a 1 hora, de acordo com a complexidade do caso.

procedimento de implante dentario, implante dental
Como é feito? Procedimento de implante dentário: O pino de implante é colocado no osso e depois receberá uma prótese aparafusada

Quanto custa o implante dentário feito?

A colocação d implante dental é certamente uma técnica capaz de transformar a vida de uma pessoa. Seja aquela que usa dentaduras há muitos anos e por diversas vezes já sofreu com uma prótese mal adaptada que machuca.

São muitas histórias que já ouvi. Então, dizer que algo é caro ou barato é relativo. Tudo depende do que você busca e de como isso vai afetar positivamente a sua vida.

Além disso, a colocação de implantes dentários demanda o conhecimento e habilidade de profissionais que dedicaram seu tempo aos estudos (e continuam se dedicando ao longo da carreira) para dominar as técnicas que envolvem, não só a colocação, mas a estabilização e manutenção dos implantes ao longo dos anos.

O rosto fica inchado e a gengiva sangra depois de fazer a cirurgia de implante dental?

Normalmente não incha o rosto fazer implantes, mas o cirurgião orienta cada paciente sobre a melhor conduta caso isso ocorra.

fazer implante dentário
Após fazer o implante dental o paciente receberá um dente. Neste caso o implante é de zircônia e não de titânio.

Os implantes dentários uma vez feitos duram pra sempre?

Estudos recentes demonstram que implantes feitos de boa qualidade, que foram bem instalados em pacientes que fazem visitas regulares ao dentista, estão em função há mais de 40 anos em ótimas condições. Saiba que atualmente há diversos tipos de implantes dentarios, inclusive um que não tem metal em sua composição, trata-se do implante ceramico, da Straumann.

A osseintegração é a fase mais importante do tratamento com implantes dentários?

Sim. A osseointegração é literalmente a cicatrização inicial do implante. Um bom cirurgião só indica os implantes dentários principalmente quando constata que o organismo do paciente tem condições de fazer a osseointegração.

Ainda assim, existem casos que ela não ocorre como o esperado e o implante não se firma, sendo expelido. Mas até para estes casos existe solução, o tratamento apenas acaba sendo mais lento.

O organismo pode rejeitar o implante dental ou ele pode sair?

O que pode ocorrer na verdade não é uma rejeição do implante dental após feito, mas uma má integração do implante com osso. Isso pode ocorrer por diferentes motivos, inclusive por infecção ao redor do implante (periimplantite), sobrecarga ou alergia. Em todos esses casos o implante pode se soltar, devendo ser retirado do osso.

Quando um implante dental cai, não existe mais solução?

Depende do que levou à queda do implante dental. Na maioria dos casos de rejeição, o implante pode ser refeito depois de um determinado período de recuperação do osso da região, o que deve ocorrer após alguns meses. Porém em alguns casos o paciente pode fazer o implante na mesma hora da remoção. Importante saber que a chance de sucesso de um implante dentário é muito alta.

Implante dentário pode causar alergia?

Implantes dentários de boa procedência raramente causam alergia. Porém, os pacientes com alergia ao níquel devem informar seu cirurgião antes de iniciar o tratamento. Atualmente também existem implantes de cerâmica pura, livre de metais.

Como fazer implantes em pessoas com pouco volume ósseo?

Sim, existem implantes de diferentes tamanhos que atendem pessoas com razoável perda óssea. Em casos mais avançados, é possível reconstruir a estrutura com enxertos ósseos dentários. Cada caso e conduta são avaliados individualmente.

Hoje em dia existem formas de fazer planejamentos computadorizados de cirurgias implantológicas que nos ajudam muito a colocar implantes em casos difíceis.

De onde vem os materiais usados para fazer enxertos ósseos?

Existem diferentes técnicas para fazer o enxerto ósseo. Veja as principais:

Todos os materiais são analisados e submetidos a esterilização a fim de impedir contaminações e rejeições.

Como fazer o enxerto ósseo dentário? É um procedimento difícil?

Não necessariamente, os enxertos ósseos existem em variedade de tamanho e técnica. Em alguns casos são feitos em poucos minutos e são pequenos, em outros casos são maiores e podem representar um desafio, que deve ser avaliado pelo implantodontista.

Como é constatado se existe volume ósseo suficiente para o implante dental ?

Através da realização de uma tomografia computadorizada. É um exame radiológico de altíssima precisão e confiabilidade para medição das dimensões ósseas.

Qualquer pessoa pode fazer implante e carga imediata?

Não. A pessoa precisa ter volume ósseo suficiente e estar em boas condições de saúde. Portanto, pacientes fumantes, diabéticos e com bruxismo, por exemplo, inicialmente não são bons candidatos para a técnica de carga imediata, sendo melhor fazer o tratamento por partes.

Quando falta só um dente no fundo da boca é necessário fazer implante?

SIM! A realidade é que, quanto mais cedo for colocado um implante no local onde houve uma extração dentária, melhor. A falta de um dente pode causar um desequilíbrio em toda a arcada. Se o dente não for substituído logo, o organismo reabsorve o osso local, e essa perda óssea e o remodelamento gengival. Por conseqüência podem tornar a colocação de implante e prótese um pouco mais complicada no futuro.

Fazer o implante dental causa mau hálito?

Tudo depende da forma como o paciente cuida da higiene oral. Alguns tipos de implantes necessitam de um cuidado especial com a limpeza para evitar o acúmulo de resíduos alimentares. O cirurgião dá as orientações ao paciente de como ele deve realizar a higienização oral logo após a cirurgia e ao longo da vida.

Também é fundamental que o paciente retorne ao consultório de 6 em 6 meses (ou a critério do dentista) para realizar uma limpeza profissional. A prótese dentária também precisa de cuidados, assim como a dentição natural.

Implante dental é difícil de limpar?

Não é difícil, mas o paciente precisa se comprometer a manter uma higiene oral adequada, porque a saúde dos implantes também depende disso. Cada modelo de implante e prótese tem sua forma de higienização adequada. Existem até instrumentos exclusivos que auxiliam nesta tarefa. Também cabe ao cirurgião orientar seu paciente.

O que fazer se aparecer pus ou alguma secreção no local do implante?

Procurar o dentista que o colocou o quanto antes pois o pús pode não ser nada ou pode ser uma infecção no implante dental.

O que fazer se o implante ficar com mobilidade?

Se o implante dental estiver mole, procure o dentista que o colocou o quanto antes. Poderá ser o pino do implante mole ou poderá ser o dente que está se soltando apenas.

Fazer a prótese dentária sobre implante fica com aparência artificial?

Atualmente trabalhamos com materiais modernos que deixam as próteses cada vez mais parecidas com a dentição natural. Portanto ninguém fica obrigatoriamente dentuço com uma prótese sobre implantes.

É o caso, por exemplo, da prótese de porcelana dental com estrutura interna em zircônia branca. Esses materiais são bastante estéticos e comparáveis aos dentes na cor, textura e resistência.

Só existem implantes de titânio no mercado?

Não, também existem implantes de cerâmica branca (zircônia), especialmente indicados para a região anterior, quando a gengiva do paciente é muito fina ou quando o paciente tem alergia ao níquel.

Só existe um tamanho de implante?

Existe uma grande variedade de implantes com tamanhos e diâmetros diferentes para atender diferentes necessidades. Existem implantes dentais maiores, menores, mais finos e menores, mais grossos, mais longos, tudo depende do planejamento e finalidade.

quanto custa implante dentario
Como fazer um implante parecer um dente perfeito ? ajuda muito se estiver bem posicionado

Diabético pode fazer implantes?

Em princípio, o diabético é um paciente que temos que avaliar bem antes de fazer um implante dentário. Os implantes precisam de uma ótima cicatrização para se manterem firmes no lugar, e como sabemos, o paciente com diabetes não controlada tem dificuldade de fazer uma boa cicatrização em qualquer ocasião.

Fumante pode fazer implantes?

O fumo causa uma alteração na circulação sanguínea e, consequentemente, na oxigenação celular. Essa alteração pode dificultar a cicatrização dos implantes, portanto a incidência de problemas em fumantes é muito maior! Outros problemas que poderiam ocorrer devidos ao fumo:

  • Perda óssea decorrente da infecção periodontal
  • Comprometimentos estéticos, como dentes manchados
  • Maior chance de perder implantes por rejeição
  • Maior chance de infecção em enxertos ósseos

Portanto, o paciente fumante também precisa ser bem avaliado antes de uma cirurgia destas. Para a pessoa que pretende colocar implantes dentários, a melhor e mais urgente recomendação que posso dar é: não fume!

Qual a idade mínima para fazer os implantes?

A partir dos 17, 18 anos (que é quando a fase de crescimento ósseo termina), em princípio os implantes dentários já podem ser indicados. Porém antes de fazer o implante dentário é necessário verificar se o crescimento do jovem já parou.

Qualquer dentista pode fazer a cirurgia de implantes dentários?

O ideal é que a pessoa realize seus implantes com um Dentista especializado em Implantodontia. O Implantodontista é o especialista que dedicou pelo menos 3 anos a mais de estudos além da graduação de Odontologia, para dominar as técnicas de colocação, estabilização bem como manutenção de implantes dentários.

É possível fazer implante de todos os dentes, um a um?

Sim é possível fazer implante dentário um a um desde que as condições ósseas permitam, o que raramente ocorre. O mais comum é realizar uma prótese fixa suportada por alguns implantes, chamada prótese protocolo. Cada caso é avaliado individualmente.

É possível fazer implante dental em um local onde tinha infecção/periodontite?

Sim, é possível, desde que a infecção periodontal seja bem limpa e controlada para não prejudicar a cicatrização dos implantes. O controle pós operatório também é mais frequente com estes pacientes.

Se você tem mais alguma dúvida sobre este assunto, quanto custa implante dentário e prótese dentária, entre em contato conosco através de um dos canais abaixo.

Dr. Roberto Markarian

dr-roberto-markarian-msc-doutorado-em-curso-e-especialista_19566829191_m
PhD em Implantodontia, Especialista em Implantes e Próteses Dentárias – Coordenador Cientifico da Clínica ImplArt

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Prótese protocolo de resina com estrutura de titânio

A prótese protocolo Branemark é uma prótese dentária total para reabilitação oral de pessoas que perderam os dentes e possuem perda óssea considerável. Foi desenvolvida pelo médico ortopedista Per-Ingvar Branemark no inicio dos anos 60 e otimizada para prótese fixa em 1960.

O tratamento com implantes dentais passa por duas fases: A cirúrgica e a protética. A cirúrgica para colocação de pinos de implantes de titânio no osso (de quatro a cinco em cada arcada). A cicatrização dos implantes acontece em média 4 meses na parte inferior (mandíbula) e em 6 meses na parte superior (maxilar).

Em alguns casos é possível instalar implantes com tecnologia que favorece e acelera o processo cicatricial. Viabiliza a instalação da prótese em até 72 horas (possibilidade é confirmada logo depois de uma criteriosa avaliação). A fase protética é para instalação da prótese protocolo, somente depois da cicatrização dos implantes.

A base da prótese protocolo é uma barra de titânio, material biocompatível com o organismo humano, não causa rejeição e com baixo potencial alergênico. Sobre esta barra são fixados os dentes de resina e uma camada de gengiva artificial que sobretudo imita a mucosa natural.

A prótese protocolo com estrutura de titânio também é certamente mais leve, dando ao usuário tranquilidade para mastigar, falar e sorrir.

A Prótese Protocolo da Implart usa Tecnologia avançada

A Clínica ImplArt realiza o projeto computadorizado e a fresagem da barra de titânio da prótese protocolo de acordo com Sistema Cad Cam. O projeto Cad/Cam sem dúvida resulta em uma peça com encaixe personalizado para cada paciente.

Ao invés de moldes com massa, o sistema Cad/Cam faz a moldagem de acordo com imagens captadas por uma câmera no interior da boca (câmera intraoral).

Veja abaixo o projeto computadorizado de uma prótese protocolo com barra em titânio. Perceba que as furações são estrategicamente posicionadas de acordo com o formato ósseo.

barra titanio fresada 1
Barra de titânio

A ImplArt possui um laboratório de prótese dentária próprio com equipe especializada bem como equipamentos tecnológicos. Ter um laboratório digital próprio deixa certamente o projeto e a fabricação de próteses cada vez mais rápidos e precisos.

A ImplArt já conta com duas impressoras 3D para fresagem de vários tipos de próteses dentárias: o Cerec e a Ceramil Motion 2. Como o laboratório fica dentro da ImplArt, não há a necessidade de enviar molde para outro local bem como aguardar a confecção e envio da prótese.

Em caso de dúvidas sobre o valor ou preço e planejamento, agende uma consulta ou então entre em contato conosco. Ficaremos felizes em atendê-lo!

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Consumo de maconha prejudica a cicatrização de implantes dentários

Há muito tempo é conhecido que consumo de cigarros convencionais prejudicam a osseointegração dos implante dentários de titânio.

No caso da maconha, ainda há poucas pesquisas que investigam o impacto direto no processo de osseointegração dos implantes dentários de titânio. No entanto, alguns estudos sugerem que o consumo frequente de maconha pode afetar negativamente a cicatrização óssea e a formação adequada de tecido ao redor dos implantes.

É importante ressaltar que mais pesquisas são necessárias para compreender completamente os efeitos da maconha nesse contexto específico. Recomenda-se que os pacientes informem seus dentistas sobre o uso de maconha antes do procedimento de implante dentário para que possam receber orientações adequadas e personalizadas.

Como especialistas em implantes, com mais de 10.000 casos realizaddos, nós nos deparamos com frequência com pacientes que fumam de uma forma geral e precisam realizar implantes dentários. Já o consumo de maconha ocorre porém nem sempre é revelado para o profissional de saúde. Em nossa prática clínica já vimos por exemplo situações nas quais havia um comprometimento de cicatrização e após muito investigação o paciente revelava que consumia maconha.

Vamos descrever abaixo tanto a nossa experiência particular em realizar implantes em fumantes quanto os dados que são obtidos com o estudo de literatura científica.

Osseointegração é a cicatrização normal dos implantes no osso. 

O Processo de Osseointegração de implantes e o consumo de Maconha

O processo de osseointegração é fundamental para o sucesso dos implantes dentários, garantindo a estabilidade e durabilidade do tratamento. Essa integração ocorre quando o implante dentário se une ao osso, criando uma base sólida para a colocação de próteses. Contudo, certos hábitos podem influenciar negativamente essa fase crucial, entre eles o consumo de maconha.

Estudos indicam que, assim como o tabaco, o consumo de cannabis pode interferir na cicatrização e na integração do implante ao osso. Isso se deve ao fato de que substâncias presentes na maconha podem afetar o fluxo sanguíneo e a resposta inflamatória, essenciais para a osseointegração. Portanto, pacientes que consomem maconha e estão considerando implantes dentários devem discutir abertamente seus hábitos com o dentista para garantir a melhor abordagem e sucesso do tratamento.

maconha faz mal para os dentes e implante dentario
O consumo de maconha é frequente entre os jovens de forma recreativa, porém os problemas nos dentes aparecem mais a longo prazo

Comparativo: Maconha x Cigarro Tradicional na Cicatrização de Implantes

A saúde bucal e o sucesso de implantes dentários são impactados significativamente por hábitos de vida, incluindo o uso de substâncias como maconha e cigarro tradicional. A cicatrização de implantes dentários pode ser adversamente afetada pelo consumo de ambas as substâncias, mas de maneiras diferentes.

O tabaco, conhecido por suas propriedades vasoconstritoras, prejudica a osseointegração, essencial para o sucesso dos implantes, ao reduzir o fluxo sanguíneo e, consequentemente, a capacidade de cicatrizaçã​​o. Da mesma forma, o consumo de maconha também apresenta riscos para a cicatrização, embora as pesquisas ainda estejam em andamento para compreender plenamente seu impacto específico nos processos de cicatrização e osseointegraçã​o.

Estudos indicam que fumantes, seja de tabaco ou maconha, apresentam taxas mais altas de complicações pós-operatórias e falhas nos implantes em comparação com não fumante​. Portanto, pacientes que buscam tratamentos com implantes dentários são fortemente aconselhados a cessar o uso dessas substâncias para garantir a máxima eficácia do tratamento e a longevidade dos implantes.

A conscientização sobre os efeitos negativos do fumo, seja de tabaco ou maconha, na cicatrização de implantes é crucial para o planejamento e o sucesso do tratamento odontológico.

Entre nossos pacientes observamos que realmente tanto o consumo de cigarro, charutos, cigarrilha ou uma Cunha fazem mal para a boca de uma forma geral, levando o maior número de complicações implantes e uma maior predisposição para o desenvolvimento de doença periodontal.

Outros pacientes relatam que consomem maconha com finalidade analgésica para diminuir a dor. No caso de cirurgias dentárias, fumar maconha não é bem indicado para diminuir a eventual dor justamente pelos problemas que causa e estão sendo discutidos neste artigo.

Afinal o que a maconha causa nos dentes de forma geral?

O consumo de maconha não está diretamente associado a danos específicos nos dentes, mas alguns efeitos colaterais e comportamentos relacionados ao uso da substância podem impactar a saúde bucal. Um dos efeitos comuns do uso de maconha é a boca seca, conhecida como xerostomia. A saliva desempenha um papel fundamental na proteção dos dentes contra cáries e na manutenção da saúde bucal, portanto, a falta de saliva pode aumentar o risco de problemas dentários, como cáries.

Além disso, o aumento do apetite associado ao uso de cannabis, muitas vezes referido como “larica”, pode levar a escolhas alimentares pouco saudáveis, como o consumo excessivo de alimentos açucarados. O alto consumo de açúcar está diretamente ligado ao desenvolvimento de cáries dentárias e outros problemas bucais.

dentes de um usuario de maconha
Imagem de um paciente no nossa clínica que é um usuário frequente de cannabis

Outra consideração é o possível descuido com a higiene bucal que pode estar associado ao consumo de substâncias psicoativas. A negligência na escovação, no uso do fio dental e na realização de visitas regulares ao dentista pode contribuir para o desenvolvimento de problemas dentários.

Há estudos que sugerem uma possível associação entre o uso crônico e pesado de maconha e o aumento do risco de doença periodontal, que afeta as gengivas. No entanto, essa relação não é completamente compreendida, e são necessárias mais pesquisas para esclarecer a conexão entre o uso de maconha e problemas periodontais.

Se a maconha for consumida através do ato de fumar, misturada com tabaco, é importante considerar os efeitos prejudiciais do tabagismo na saúde bucal. O tabaco é conhecido por aumentar o risco de doenças periodontais e câncer bucal, e esses riscos podem ser relevantes para aqueles que consomem maconha dessa maneira.

Em resumo, embora o uso de canabidiol em si não cause danos diretos aos dentes, é importante estar ciente dos efeitos secundários e comportamentos associados ao consumo da substância que podem impactar a saúde bucal. Manter uma boa higiene bucal, ter uma alimentação equilibrada e realizar visitas regulares ao dentista são práticas importantes para prevenir problemas dentários, independentemente do consumo de maconha.

Comprovações Científicas sobre como consumo de cannabis interfere na cicatrização de implantes

Agora um estudo brasileiro, publicado em revista internacional em 2008, demonstrou que fumar maconha também pode prejudicar a cicatrização dos implantes dentários.

cannabis e implantes dentarios maconha

A pesquisa foi conduzida em ratos de laboratório, que receberam implantes de titânio similarmente aos implantes odontológicos. Alguns dos ratos foram submetidos a inalação frequente de fumaça de THC (tetra hidro cannabinoides).

Posteriormente, verificou-se que os implantes inseridos nos ratos “consumidores” de maconha apresentavam uma cicatrização óssea pior dos implantes se comparados aos ratos que não foram submetidos à fumaça de cannabis.

De acordo com o estudo, os resultados poderiam então indicar que o mesmo efeito prejudicial pode ocorrer em implantes dentários instalados em humanos consumidores de cannabis. Se tornaria dessa maneira um fator de preocupação para a expectativa de sucesso ou falha do tratamento com implantes.

Veja abaixo o trecho do artigo publicado: Cannabis sativa smoke inhalation decreases bone filling around titanium implants: a histomorphometric study in rats

A maconha é considerada um fator de risco para implantes

É importante destacar que o consumo de maconha é um fator de risco para os implantes dentários, porém o sucesso desses procedimentos está também relacionado aos cuidados pós-operatórios e à higiene bucal adequada. No entanto, algumas precauções podem ser úteis para pacientes que consomem maconha e passaram por procedimentos de implantes dentários.

Acreditamos ser válido ressaltar que em nossa experiência como especialistas implantes dentários, tendo realizado milhares de casos até hoje realmente percebemos que existe uma correlação entre o forro de uma forma geral e a perda de implantes.

Entre nossos pacientes observamos que os fumantes podem chegar a perder os implantes tanto no momento inicial da cicatrização como as vezes tardiamente, sem uma explicação específica, os implantes simplesmente perdem osseointegração.

Dicas para aumentar suas chances de sucesso:

  • Evite fumar após a cirurgia: Fumar, seja maconha ou tabaco, pode prejudicar a cicatrização e aumentar o risco de complicações. O calor e os produtos químicos presentes na fumaça podem irritar a área cirúrgica, retardando o processo de cicatrização. Se possível, evite fumar durante o período de recuperação.
  • Mantenha uma boa higiene bucal: A higiene bucal é crucial para o sucesso dos implantes dentários. Certifique-se de escovar os dentes regularmente, usar fio dental e enxaguante bucal conforme as orientações do seu implantodontista. Isso ajuda a prevenir infecções e promover a saúde bucal.
  • Controle a ingestão de alimentos e bebidas: Em alguns casos, pode ser recomendável evitar alimentos ou bebidas muito quentes ou frios, especialmente nas primeiras horas ou dias após a cirurgia. Além disso, evite o consumo excessivo de açúcar, pois isso pode contribuir para problemas bucais.
  • Siga as orientações do seu implantodontista: Seu implantodontista fornecerá instruções específicas para o cuidado pós-operatório. É importante segui-las rigorosamente para garantir uma recuperação bem-sucedida.
  • Informe seu implantodontista sobre o consumo de maconha: Se você consome maconha regularmente, é importante informar seu implantodontista durante as consultas. Isso permitirá que ele ajuste suas recomendações e forneça orientações personalizadas com base no seu estilo de vida.

Lembre-se de que estas são diretrizes gerais, e cada paciente pode ter necessidades específicas. Sempre consulte nossos implantodontistas para obter conselhos personalizados com base na sua situação clínica.

Conclusão

A influência do consumo de maconha na saúde bucal, especialmente em processos de cicatrização após procedimentos de implantes dentários, é um tema de crescente interesse na odontologia. Estudos indicam que o uso de cannabis pode comprometer significativamente a cicatrização óssea necessária para a osseointegração dos implantes dentários, semelhante aos efeitos já bem documentados do consumo de tabaco.

O THC, componente psicoativo da maconha, altera mecanismos fisiológicos que podem retardar a recuperação e diminuir as chances de sucesso dos implantes. Além disso, o consumo de cannabis está associado a riscos adicionais para a saúde bucal, incluindo inflamações e potencial para desenvolvimento de doenças periodontais.

Portanto, é essencial que os profissionais da saúde bucal orientem seus pacientes sobre os potenciais riscos do uso de maconha no período pré e pós-operatório de implantes dentários, visando maximizar as chances de sucesso do tratamento e promover uma recuperação mais tranquila.

Se você ficou com alguma dúvida sobre colocar implantes dentários, cirurgia de implantes dentários, cicatrização de implantes dentários, medo da cirurgia de implantes, agende uma consulta e conheça a Clínica ImplArt com estrutura completa. Então entre em contato conosco através de um dos canais abaixo:

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Escanear o código