Skip to main content
coroa sobre implante dentario 100 e2e8dc95

Rejeição de implante dentário: pode ocorrer?

Muitos pacientes perguntam se pode ocorrer a rejeição de um implante dentário. A perda de um implante significa que ele não se integrou ao osso corretamente, ou então que a integração foi perdida depois de algum tempo.

A rejeição de um implante dentário é rara, mas pode ocorrer em alguns casos específicos. Geralmente, a falha do implante é causada por problemas na osseointegração, como infecções ou falta de osso adequado para suportar o implante. É importante seguir as orientações do implantodontista para cuidar corretamente do implante e evitar complicações. Em caso de qualquer desconforto ou problema, é fundamental buscar a orientação de nossos profissionais qualificado.

O que é rejeição de implante dentario ?

O rejeição de um implante dentário pode acontecer quando a união do implante com o osso não é bem-sucedida ou quando essa fusão é interrompida, e o implante fica solto. Isso pode ser resultado de complicações na osseointegração, como infecções ou insuficiência de osso para sustentar o implante. Apesar de ser um evento incomum, a falha do implante dentário pode ocorrer em situações particulares.

Pode haver rejeição do implante dentário?

A rejeição de implante dentário é extremamente rara. Os implantes dentários são feitos de materiais biocompatíveis (como titânio e zircônia) que são bem tolerados pelo corpo. Além disso, os procedimentos cirúrgicos são realizados com cuidado para minimizar qualquer risco de rejeição. No entanto, é importante seguir todas as instruções pós-operatórias para garantir uma cicatrização adequada e evitar complicações. Se houver algum problema ou sintoma incomum, é recomendado entrar em contato com o implantodontista para uma avaliação.

O implante odontológico é feito de titânio que é um metal que não sofre corrosão (não enferruja), ou de zircônia uma cerâmica biocompatível. Estes materiais, quando inseridos no corpo humano não apresentam fenômenos de rejeição imunológica.

A rejeição propriamente dita (nomenclatura técnica) é quando o sistema imunológico da pessoa identifica um corpo estranho e tenta destruí-lo ou removê-lo do corpo para defender a integridade do indivíduo.

Entretanto, um implante pode sim ser perdido porém por mecanismos diferentes (não imunológicos) que podem ocorrer isolados ou em conjunto.

Mesmo assim, popularmente se estabeleceu o termo “rejeição de implante” para todos os processos nos quais ele não se fixa.

Porque ocorre a rejeição do implante dentário ?

Alguns fatores podem dificultar o processo de osseointegração do implante.

Podemos citar de forma sucinta alguns fatores que contribuem para a perda do implante :

  • Infecção ao redor do implante,
  • Hinienização ruim da região
  • fixação insatisfatória do implante no momento da instalação (baixa estabilidade),
  • técnica cirúrgica inadequada,
  • Baixa qualidade dos implantes,
  • Manutenção ruim: falta de comparecimento do paciente para manutenções periódicas
  • Má qualidade óssea – Estrutura óssea pobre ao redor do implante, reabsorção óssea local avançada por falta de dente, osteoporose (mesmo nesses casos, a osseointegração geralmente é satisfatória).
  • Causas sistêmicasdiabetes, infecções, saúde geral do paciente comprometida
  • Hábitos do paciente tabagismo (cigarro), bruxismo (ranger de dentes)
  • Carga Imediata – Aumenta a chance da perda de implantes em alguns casos, devido à sobrecarga de força sobre a prótese dentária com carga imediata,

Entretanto mesmo em situações controladas, onde tudo parece ideal, como osso ideal, paciente saudável, utilizando um bom implante dentário e por aí vai, mesmo assim ainda ocorrem perdas de implantes dentários.

Estudos mostram que o sucesso da integração dos implantes dentários é por volta de 95%, mesmo se fossem colocados em situações hipotéticas naturais. E nós profissionais sabemos que não existe digamos o paciente ou caso completamente ideal para implante dentário. Ou seja, como todos os procedimentos na área médica a taxa de sucesso do implante dental não é 100%. Isto vale para todos os implantodontistas do Brasil e do mundo todo !

perda rejeicao de implante 50kb
Imagem de implante dentário com rejeição recém removido da boca. Nesse caso ao invés de termos implantes firmes e integrados ao osso, eles se apresentavam amolecidos e soltos.

O sucesso da técnica é devido a um bom conjunto de fatores e estas características do titânio sem dúvida são positivas, mas por si não garantiriam o sucesso do procedimento. Precisamos ainda de um bom planejamento, da técnica cirúrgica, assim um implantodontista competente e bem treinado na técnica pode alcançar os melhores resultados.

O implante dentário é seguro?

O implante dentário é extremamente seguro porque é confeccionado com titânio, material aceito pelo corpo humano e que não causa reação alérgica nem imunológica, portanto, não ocorre rejeição. O titânio é amplamente utilizado na medicina, principalmente em próteses e cirurgias ortopédicas.

Rejeição de implante dentário sintomas

Os sintomas de rejeição de um implante dentário podem ser variados e é importante estar ciente deles para buscar ajuda profissional imediatamente se ocorrerem:

  • Dor intensa: A dor após a cirurgia é normal, mas se a dor for intensa e persistente, pode ser um sinal de rejeição do implante.
  • Mobilidade no implante: Um implante dentário deve ser estável, firme e imóvel. Se você notar qualquer movimento, isso pode indicar um problema.
  • Formigamento ou dormência: Esses sintomas podem indicar danos aos nervos durante a cirurgia de implante. Porém pode também ser apenas um inchaço da região (edema).
  • Presença de pús ou outras secreções: Isso pode ser um sinal de infecção, que pode levar à rejeição do implante.
  • Secreção constante: Se a secreção persistir após a primeira semana da cirurgia, isso pode indicar um problema. Não é normal ter secreções ao redor ou perto de um implante dentário.
  • Gosto ruim na boca constante e mau cheiro: Se mesmo após 15 dias de fazer o implante, você sentir gosto ruim na boca e sentir mau cheiro seria interessante analisar clinicamente o caso.
  • Inchaço: É normal algum inchaço após a cirurgia, mas se não diminuir com o tempo (mais de 10 dias), mesmo com o uso de gelo e medicamentos, pode ser um sinal de algum problema.
  • Dores constantes: pode haver uma dor pós operatória inciail, que deve diminuir com os medicamentos prescritos após a cirurgia. Entretanto se a dor persistir, pode ser um sinal de rejeição.
  • Febre: A febre é um sintoma muito incomum mesmo relacionado à perda de implantes dentários. entretanto, a febre pode ser um sinal de infecção relacionada ao enxerto feito junto com o implante dentário, que pode levar à rejeição do implante.
  • Alteração da cor e formato da gengiva: Se a gengiva ao redor do implante mudar de cor, e ficar arroxeada e inchada isso pode ser um sinal de rejeição. Algumas vezes alterações de cor podem ocorrer sem que seja um problema, nesses casos iremos analisar e verificar.

Se você apresentar algum desses sintomas, é importante que nos consulte imediatamente, ou ao implantodontista responsável.

Como detectar a perda de um implante ?

A perda é o estágio final, quando ele se torna solto do osso, mas por vezes conseguimos detectar implantes que estão em processo de perda, caracterizado por uma perda óssea.

Existem exames de imagem que nos auxiliam a diagnosticar e medir a saúde dos implantes dentários colocados, como a tomografia computadorizada e as radiografias.

rejeicao de implante perda osso 50kb
A rejeição rejeição de implante dentario aparece como uma perda no osso ao redor

O que acontece após a rejeição de implante dental ?

Primeiramente, o implante dentário comprometido precisa ser removido.

Em seguida analisaremos as condiçôes ósseas ao redor da região afetada para ver o quanto sobrou de osso.

Em alguns casos podemos colocar um implante no mesmo local, no mesmo ato de retirada do implante ruim. A perda de um implante não tem nada a ver com tumores ou câncer. Se houver problemas em um implante retiramos e pronto o problema está resolvido. Após 3 meses iremos realizar novamente.

O osso tem a capacidade de regeneração, o que permite a recolocação do implante depois de alguns meses sem maiores problemas. Na maioria dos casos a perda do implante trata-se apenas de um contratempo, sem maiores consequencias para o paciente a não ser o aborrecimento.

Em casos de vários implantes juntos e uma prótese fixa, o reimplante pode não ser necessário, quando um implante vizinho consiga ser utilizado como suporte suficiente para a prótese dentária.

Um implante rejeitado pode ser reaperoveitado e se reintegrar?

Não, um implante dentário que foi rejeitado ou não se integrou corretamente ao osso não pode ser reutilizado, pois o material deve ser descartado. O implante é feito de um material biocompatível, o que significa que não causa rejeição por parte do organismo. No entanto, se o pino do implante não se fixa ao osso, é porque se formou um tecido mole (fibrose) ao invés de osso ao redor do implante.

Nesses casos, o implante deve ser removido. Se for considerado possível e adequado, um novo implante dental pode ser instalado, seja no mesmo ato cirúrgico ou em uma cirrugia posterior.

A decisão sobre quando instalar um implante dentário deve ser tomada entre o paciente e especialista qualificado, o implantodontista.

Vou responder aqui algumas dúvidas muito comuns sobre a rejeição de implante dentário:

  • Não é normal haver dor na região do implante. Seria importante o paciente delimitar se a dor é na gengiva ou se é mais interna. Ajuda no diagnóstico. Muitas vezes o paciente liga e diz que o implante está mole, sendo que se trata apenas do provisório que ficou solto.
  • Em situações onde o implante fica perto do nervo pode haver aumento da sensibilidade (hiperestesia), que muitas vezes é reversível. Também pode haver parestesia (perda de sensibilidade).
  • Após a falha de um implante é normal sim removermos o implante dental e esperarmos um prazo que varia entre 2 e 3 meses. O organismo por si só limpa a região e forma um novo osso ali. Apesar da ansiedade e frustração do paciente, é o melhor a se fazer.

A carga imediata sempre gera mais chance de insucesso do que em um procedimento normal. Se você não tiver pressa para terminar o seu tratamento, então não faça carga imediata. Suas chances de sucesso compensam o risco de problemas.

Pus e secreções também não são normais na região de enxertos e implantes, portanto são sinais de alerta.

Conclusão

Se ocorrer a perda ou rejeição do implante, a região óssea precisará ser examinada para verificar se um novo implante pode ser colocado no mesmo local. O requisito principal para recolocar o implante é ter bastante osso no local. Entretanto, em casos nos quais não há osso, é possível que não seja possível a reposição imediata, sendo mais correto recolocá-lo após alguns meses.

Por isso, caso você tenha apresentado rejeição de um implante dentário, venha nos consultar e discutiremos as alternativas de tratamento.

A Clínica ImplArt é pioneira nas técnicas de implantes dentários, com mais de 10000 implantes bem realizados. Isso porque possui equipe especializada e faz uso das mais avançadas tecnologias da odontologia.

Em caso de dúvidas, agende uma consulta ou então entre em contato conosco. Ficaremos felizes em atendê-lo.

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

e4a866273b935661cac2c6ad61c15fef

Escrito por: Dr. Markarian – Implante Dentário

Sobre o Autor: O Dr Markarian é o responsável pela Clínica de Implante Dentário – ImplArt. É especialista em Implantodontia e Prótese Dentária. Possui também titulações acadêmicas como Mestrado e Doutorado. Produz continuamente artigos científicos e capítulos de livros com impacto internacional. Já realizou mais de 10.000 tratamentos com implante dentário e reabilitação oral.

Comments (287)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Escanear o código