Meu implante dentário caiu é um problema que ouvimos de vez em quando de um paciente depois que colocamos um implante dentário. Porém na maioria das vezes, não é exatamente o implante que se soltou.

O pino caiu, meu corpo pode ter rejeitado o implante? 

Normalmente, quando um paciente nos avisa, é outra a peça que faz parte do implante que se soltou e não o implante dentário de fato que caiu, ou que houve rejeição do implante.

A primeira coisa que pedimos ao paciente à distância é que nos envie uma foto da peça que saiu. 

Em ordem frequência de eventos que realmente acontecem quando recebemos fotos de “Meu implante dentário caiu” podemos citar:

  • A soltura da tampa do implante
  • O afrouxamento ou a queda do pilar de cicatrização (cicatrizador)
  • Caiu um parafuso de fixação do dente ou pilar da coroa dentária
  • Ocasionalmente, os pacientes também ligam quando caiu um ponto
  • Finalmente, o motivo menos é do implante dentário de fato caindo

A queda da tampa do implante ou do cicatrizador é o motivo mais frequente de queixas, não sendo o implante dentário que caiu

A soltura da tampa do implante ou do cicatrizador

O afrouxamento da tampa do implante (cover-screw ou parafuso de cobertura) é relativamente comum.

Essa tampinha é colocada logo após a instalação do implante e serve para vedar o orifício interno do implante. 

tampa do implante caiu
Foto enviada por nosso paciente, na qual a tampa do implante caiu.

Nesse orifício interno estão localizadas as roscas para fixação da coroa dentária no implante e a trava do dente (hexágono interno, cone morse).

Não sei se há estudos referentes a soltura de peças do implante, mas é possível que em 5% dos casos exista a soltura de alguma peça sobre o implante, antes que a coroa dentária esteja pronta.

O afrouxamento de peças ocorre por várias razões e podemos diminuir essa incidência apertando as peças com mais força com nossas chaves.

Entretanto durante os trabalhos intermediários, ou seja não relacionados com a coroa dentária definitiva, não se usam chaves de aperto mais forte, sendo utilizado aperto manual.

Porque os componentes dos implantes se soltam

De fato, durante as fases iniciais do trabalho com o implante não queremos realmente apertar muito forte as peças sobre o implante por vários motivos:

  • Não queremos danificar o implante
  • Fazer forças intensas para rosquear ou soltar a prótese dentária, pode ser ruim no começo
  • As peças provisórias podem travar demais no implante
  • Precisamos trabalhar rapidamente na remoção e recolocação de peças

Outra razão pela qual isso ocorre é quando o pilar de cicatrização (cicatrizador) não fica totalmente encaixado no implante e por isso pode se soltar.

Às vezes o cirurgião não percebe isso durante a cirurgia pois ocorre debaixo da gengiva, porém a visibilidade é limitada e são peças pequenas.

Portanto se houver algo que atrapalha o encaixe dessa peça no implante, como um pedaço de osso, grânulos de enxerto, fio de sutura, ou algum volume de gengiva, ela não ficará apertada como deveria.

cicatrizador solto
Foto de um cicatrizador solto

Então depois, à medida que o processo de cicatrização começa, os ossos e a gengiva mudam, pode haver ação da lingua e de próteses sobre as peças e o aperto no pilar de cicatrização diminui.

Os cicatrizadores ou pilares de cicatrização são as peças que se soltam mais comumente. Seu tamanho e forma variam de empresa para empresa, mas a maioria parece bastante semelhante a esses dois. Eles tem uma parte solida cilíndrica de um lado  e um pequeno parafuso no outro.

O tamanho aproximado de um cicatrizado é de 4 mm de diâmetro por 5 mm de comprimento.

Algumas vezes essas solturas podem ocasionar dores ou sangramento temporário na área, mas assim que a peça solta for recolocada esse desconforto deve passar.

O parafuso protético também é confundido com o implante dentário que caiu

Ter um parafuso solto não ocorre frequentemente porque o dente ou a prótese inteira também iria cair, mas em alguns casos é possível que isso ocorra. 

Um parafuso sempre prende a prótese ou coroa ao implante dentário.

O tamanho aproximado de um parafuso protético é de 2 mm de diâmetro por 5 mm de comprimento.

Aqui está uma foto de um parafusinho protético. 

Eles são todos muito parecidos e muito pequenos, sendo que de um lado tem uma pequena parte cilíndrica e do outro um parafuso

Porém o parafuso protético não é um implante dentário.

Parafusinho protético caiu. Este não é um implante e sim o parafuso que segura o dente em posição.

Meu implante dentário caiu – sim, este é realmente o implante dentário!

A soltura real do implante dental acontece, mas é rara. 

Observe que um implante dentário é maior do que as outras peças descritas acima. 

O tamanho aproximado de um implante real é de 4 mm de diâmetro por 10 mm de comprimento.

implante solto
Esta é uma foto real de um implante solto, enviada por um paciente nosso. Tratou-se de um implante colocado em área de enxerto em um paciente fumante.

O implante tem toscas ao longo de sua superfície e tem o interior oco, com roscas internas

Se ocorrer uma falha do implante inicial, durante a fase de cicatrização do mesmo, o motivo deve ser investigado melhor pelo implantodontista. Entretanto os motivos de rejeição do implante podem estar relacionados à saúde  geral do paciente, ao tipo de implante usado, ao estado do osso no local do implante e ao travamento do implante.

Falha tardia do implante

Um implante que se soltou quando já tinha a coroa dentária pronta, ou a prótese instalada é ainda menos comum do que a perda inicial do implante.

Em geral neste tipo de falha do implante, ele não cai completamente.

O mais comum é que o implante fique mole primeiro, e provoque dores ou até sangramento na região.

Com a presença do paciente na clínica poderemos verificar se realmente houve a rejeição do implante e tentar definir qual foi o motivo.

implante fraturado
Foto de um implante fraturado e outro implante dental solto, em uma perda tardia.

Porém nem todos os implantes que estão moles estão perdidos, algumas vezes é só o parafuso protético se soltando, porém um implantodontista experiente saberá diferenciar as duas situações.

O que fazer com a peça do implante que caiu?

Você deve entrar em contato com o dentista responsável pelo caso e de preferencia enviar uma foto da peça para que possamos ter uma idéia do que houve.

Guarde a peça do implante e leve na próxima consulta.

Posso ficar sem a peça que tampa o implante / cicatrizador ?

Se por ventura você não conseguir ir ao consultório levar a peça em geral não há consequências graves.

A gengiva em geral fecha o orifício quase totalmente, o que ocorre muito rápido.

Recolocar as peças que caíram, pode então dar algum trabalho na próxima consulta mas em geral tudo se resolve rapidamente.

Entretanto, procure o seu implantodontia ao menor sinal de problemas ele poderá diferenciar as situações e resolvê-las.

Portanto em caso de dúvidas ou se gostaria de conhecer mais sobre o nosso trabalho, preços  e valor de tratamentos, agende sua consulta conosco através de um dos canais abaixo.

implante_dentario

(11) 3262-4750

contato@implart.com.br

Fale Conosco

Fale com a ImplArt por WhatsApp: (011)99598-1866

Skype: clinica_implart

Facebook: ImplanteDentarioClinicaImplArt

Twitter: @implart

Instagram: ClinicaImplart