Implantes Dentários

Implantes Dentários: como funciona?

Há mais de 40 anos, os implantes dentários e próteses são uma excelente forma de solucionar a falta de dentes e problemas de mastigação.

Os Implantes são raízes artificiais de titânio ou de zircônia instaladas por processo cirúrgico, muito simples, rápido e indolor, no osso maxilar para substituir a fixação de um ou mais dentes perdidos.

Muitas vezes os implantes são instalados em pacientes que perderam os dentes por doenças gengivais ou periodontais.

Quando não há osso suficiente, a estrutura pode ser reconstruída por enxertos ósseos.

Posteriormente é fixada uma prótese dentária de um ou de vários dentes, buscando recuperar as funções físicas e obter uma estética natural.

Visite o site da clínica de Implante dentário e estética dental ImplArt – São Paulo – SP

É um processo que envolve duas etapas: a primeira, uma etapa cirúrgica, onde são instalados os implantes que substituirão as raízes naturais dos dentes. Também é colocada uma prótese provisória para que o paciente não fique sem os dentes.

Na segunda etapa, a etapa da prótese, onde serão instaladas as próteses dentárias, ou seja, os dentes artificiais que ocuparão o lugar dos dentes naturais ausentes ou deteriorados.

Para casos de implante total (de todos os dentes), na maioria das vezes as próteses são feitas com gengiva artificial mas em alguns casos é possível fazer uma prótese sem gengiva.

Implantes + Prótese provisória

Muitas vezes pode-se instalar no mesmo ato da cirurgia uma prótese provisória para recuperar a mastigação ou estética imediatamente.

É a chamada carga imediata. É necessário estudar seu caso com mais profundidade para saber se é candidato à carga imediata.

Os implantes dentais também podem ser feitos logo após a extração dentária, desde que exista osso na região.

O implante dental pode ser instalado mesmo com infecções na região. Para tanto o dentista deverá tomar alguns cuidados para desinfecção tanto antes, como durante e depois da implantação.

Em geral, leva-se de 3 a 6 meses para que o implante se cicatrize, antes da colocação do dente definitivo, por meio de um processo denominado osseointegração.

Neste período de cicatrização, o paciente utiliza uma prótese dentária provisória fixa ou removível. Uma vez que o implante esteja consolidado ao osso, a união pode ser considerada praticamente permanente.

Os implantes podem ser utilizados para fixar coroas em porcelana unitárias, próteses fixas parciais ou de todos os dentes e ainda dentaduras.

A rejeição de implante pode acontecer mas é muito rara.

Com a popularização dos implantes, os tratamentos que antes tinham custo elevado hoje em dia se tornaram muito mais viáveis.

As próteses são muito duráveis, mas pode haver necessidade de trocar a prótese em intervalos de alguns anos.

Existem algumas opções de materiais para as próteses sobre implantes, entre elas a metalocerâmica.

Essa avaliação será feita pelo dentista especialista em implantes na sua consulta periódica de check-up.

Marque já uma consulta e pergunte-nos melhor, pois somos especialistas em implantologia, como você pode melhorar a saúde e beleza de seu sorriso com os avanços da Implantodontia. Se houver dúvidas sobre preços e tratamentos consulte-nos.

implante_dentario

Veja mais:

Especialista em implante dental

Rejeição de implante dentário

Implante dental total – arcada completa

Carga imediata e implante dental sem enxertos – Nova técnica

Overdenture – Prótese móvel sobre implantes dentários

Dúvidas em Planejamento com implante

Open chat