Skip to main content
admin ajax.php?action=kernel&p=image&src=%7B%22file%22%3A%22wp

Veja como o Enxerto Ósseo dentário é feito e como funciona fazer na prática

O enxerto ósseo dentário é uma técnica cirúrgica na qual é realizada a reconstrução do volume ósseo perdido ou correção de defeitos ósseos. Geralmente, esse procedimento é realizado antes ou durante a colocação de implantes dentários. A perda de volume ósseo ocorre principalmente devido à reabsorção óssea após a perda de dentes, fraturas ou doença periodontal não tratada. O enxerto ósseo é uma solução eficaz para restaurar a estrutura óssea adequada e permitir a fixação adequada dos implantes dentários. É um procedimento complexo que requer habilidade e experiência por parte do cirurgião.

Como fazer o enxerto ósseo dentário: técnicas melhores e mais modernas

Existem diferentes técnicas de enxerto ósseo para correção de pequenos, médios e grandes defeitos ósseos. Os materiais para enxertos podem ter forma granulada, indicado para pequenas correções e preenchimentos. Também podem ser compostos com materiais sintéticos, osso granulado de origem bovina ou osso humano triturado (do próprio paciente ou proveniente de bancos de tecidos humanos).

enxerto osseo boca enxerto osseo dentário
Enxerto ósseo dentário: os enxertos ósseos reconstituem o volume ósseo na boca

Como funciona o enxerto ósseo dentário em bloco

O enxerto ósseo também pode ser apresentado em forma de bloco, indicado para maiores reconstruções.

O enxerto em bloco pode ser transplantado do próprio paciente (áreas doadoras mais comuns: mento e bacia) bem como pode ser usado osso em bloco bovino industrializado.

É importante ressaltar que essas técnicas mais invasivas de enxerto ósseo estão em desuso. Técnicas menores e menos invasivas de enxerto ósseo vêm substituindo esses grandes enxertos.

Implantes dentários menores e cirurgias guiadas por computador também vêm ajudando a diminuir a necessidade de enxertos ósseos

enxerto osseo em bloco, enxerto ósseo dentário em bloco
O enxerto ósseo dentário em bloco: Os blocos de osso servem para reconstruções e enxertos ósseos dentários maiores

Para que serve o enxerto ósseo dentário: materiais

Todos os materiais utilizados em procedimentos de enxerto ósseo são biologicamente seguros, estéreis e dessa forma biocompatíveis com o organismo humano.

materiais para enxerto osseo
Enxerto ósseo dentário: Materiais para enxerto ósseo em diferentes apresentações – blocos, granulado, lâmina, membrana. Cada tipo de material para enxerto ósseo tem uma indicação diferente.

Esses biomateriais também tem a função de atrair células formadoras de osso e estimular a formação de novo tecido ósseo no local em que é implantado. Em suma, não se pode afirmar que um tipo de enxerto ósseo é mais ou menos vantajoso do que outro. Na realidade, cada caso é avaliado individualmente, e somente dessa forma o procedimento mais adequado é indicado.

O procedimento de enxerto ósseo é cercado de muitos questionamentos no consultório dentário. Reunimos algumas respostas para essas dúvidas mais comuns.

Leia mais sobre Enxerto em Odontologia

O enxerto ósseo dentário dói?

Todo o procedimento de enxerto ósseo dentário é feito sob anestesia, ou seja, o paciente em geral não sente dor e desconforto. A eventual dor pós operatória pode ser facilmente controlada com medicamentos simples como analgésicos e antiinflamatórios comuns.

O enxerto ósseo dentário é feito de que?

O osso utilizado em enxertos pode ser de origem humana, animal (geralmente bovino – Bioss, Cerabone, Criteria) ou sintética (Maxresorb), em forma de grânulos ou em bloco. O enxerto ósseo granulado pode ser de origem sintética (hidroxiapatita – hidróxido de cálcio e ácido fosfórico), osso bovino e osso humano.

O osso em bloco pode ser de origem bovina ou humana, que pode ser retirado do próprio paciente (boca ou mento, para médias reconstruções, e calota craniana ou bacia para maiores reconstruções) ou osso humano proveniente de banco de tecidos ósseos.

O enxerto ósseo tem riscos?

Vale ressaltar que os ossos bovinos ou de bancos utilizados em transplantes são testados para doenças e infecções e em seguida esterilizados, evitando assim quaisquer riscos de contaminações.

Enxerto ósseo é um procedimento difícil?

Cada caso tem sua complexidade. O enxerto granulado é o procedimento menos complexo e, em alguns casos, pode ser feito no memento da colocação dos implantes dentários, no próprio consultório odontológico.

Já o paciente que precisa de grande reconstrução, portanto, necessita de enxertos em blocos retirado do seu próprio corpo, precisará passar por pelo menos duas cirurgias: uma para captação de osso da área doadora e outra para realizar o transplante. Esse procedimento é realizado em ambiente hospitalar.

Alternativamente nos casos complexos pode ser usado osso do banco de tecidos (transplante ósseo)

Recuperação após o enxerto dentário

A recuperação após a cirurgia depende de alguns fatores, mas em geral acontece rápido. Os materiais utilizados em enxerto ósseo têm forma física e química que permitem a rápida vascularização sanguínea em seu interior e em sua volta, para que as células de matrizes ósseas possam migrar para o enxerto e estimular a formação de novo tecido ósseo integrado ao enxerto.

Cuidados após o enxerto ósseo dentário

O dentista prescreve medicamentos para os primeiros dias a fim de evitar infecção, dor e inchaço. Ele também fornece orientações com relação a higiene oral e alimentação mais adequada após o procedimento. Recomendações gerais:

  • Evitar esforço físico nos primeiros dias
  • Não fumar o maior tempo possível antes e depois da cirurgia. Recomenda-se evitar o fumo pelo menos 1 mês após o procedimento.
  • Ingerir alimentos pastosos e frios nos primeiros dias após o procedimento. Isso evita esforço mastigatório e possíveis edemas na região. 
  • É normal haver inchaço e dor nos primeiros dias, como ocorre em sequência de qualquer procedimento cirúrgico. No entanto, o paciente deve procurar o dentista na ocorrência de dores e sangramentos exagerados, aparecimento de secreções e febre.

Leia mais: tempo de recuperação de implante dentário

Complicações do enxerto ósseo dentário

Os principais fatores que podem atrapalhar a recuperação do enxerto ósseo são: fumo, problemas de saúde (como a diabetes), alguns problemas ósseos, doença periodontal, infecções, alguns problemas circulatórios, entre outros.

Rejeição de enxerto ósseo

O termo rejeição do enxerto não é o mais adequado. O enxerto ósseo pode sofrer falhas, e isso nem sempre está relacionado com a técnica do dentista, nem pelo controle do implantodontista e do paciente. As causas mais comuns para perda do enxerto são: infecção, fumo, doença periodontal, bem como problemas de saúde relacionados.

O que fazer se o enxerto ósseo não dá certo ?

Cada caso é avaliado individualmente. As causas que levaram ao enxero ósseo não dar certo são estudadas e, somente assim, o dentista determina se o procedimento poderá ser repetido – o que normalmente é possível.

Preço do enxerto ósseo dentário

Cada paciente precisa ser avaliado individualmente em consultório, com exame clínico, principalmente complementado com exames radiológicos. Somente dessa forma são conhecidos os detalhes de cada caso. Portanto, valores de enxertos ósseos só podem ser estimados em consulta.

Conclusão

O enxerto ósseo dentário é um procedimento cirúrgico que tem o objetivo de reconstituir volume ósseo perdido ou para corrigir defeitos ósseos, normalmente antes ou durante a colocação de implantes dentários. A perda de volume ósseo se deve, principalmente, pela reabsorção óssea após a perda dentária, por fraturas ou por doença periodontal sem tratamento.

Se você ficou coma alguma dúvida, deixe seu comentário abaixo ou envie sua questão através dos seguintes canais:

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil. (The best dental clinic in Brazil)

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

e4a866273b935661cac2c6ad61c15fef

Escrito por: Dr. Markarian – Implante Dentário

Sobre o Autor: O Dr Markarian é o responsável pela Clínica de Implante Dentário – ImplArt. É especialista em Implantodontia e Prótese Dentária. Possui também titulações acadêmicas como Mestrado e Doutorado. Produz continuamente artigos científicos e capítulos de livros com impacto internacional. Já realizou mais de 10.000 tratamentos com implante dentário e reabilitação oral.

Comments (20)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Escanear o código