A pessoa que nasce com lábio leporino ou fenda palatina e ficou com problemas nos dentes, pode repor dentes que não nasceram com implantes dentários, alinhar os dentes com tratamento ortodôntico e melhorar seu sorriso.

O que é lábio leporino e fenda palatina

Lábio leporino é uma má formação congênita do lábio superior, causada por uma falha no fechamento de estruturas da boca ainda na fase de desenvolvimento do embrião, gerando uma ou duas fissuras no lábio superior.

A fenda pode ocorrer apenas no lábio superior ou ainda se estender por outras estruturas da boca, como por exemplo maxilar (entre dente incisivo lateral e canino), base do nariz, e no palato (céu da boca). Neste caso, a má formação é tecnicamente chamada de fenda palatina.

1 – Lábio leporino: fissura labial incompleta. 2 – Fissura labial unilateral. 3 – Fissura lábia bilateral. 4 – Fissura labial unilateral. 5 – Fissura labial bilateral. 6 – Fenda palatina. 7 – Fissura labial e fenda palatina unilateral. 8 – Fissura labial e fenda palatina bilateral.

A criança que nasce com lábio leporino e/ou fenda palatina precisa de acompanhamento de equipe multidisciplinar, que inclui pediatras, fonoaudiólogo, otorrinolaringologista, cirurgião plástico, cirurgião buco-maxilo-facial, cirurgião dentista e ortodontista.

O tratamento deve ser iniciado logo cedo para que não haja prejuízos nutricionais a criança, especialmente se a fenda se estender até o palato e base do nariz.

Nessa condição, há uma comunicação direta da cavidade bucal com a cavidade nasal e a criança deve usar uma prótese palatina para ser alimentada até que ocorra uma correção cirúrgica.

O acompanhamento de múltiplos profissionais é necessário para reduzir ao máximo os impactos que a fenda labial/palatina pode causar. Isso inclui a alimentação, fonação e audição, dentição e oclusão, respiração, desenvolvimento ósseo e muscular da face, além do bem estar e saúde em geral. O tratamento é feito em etapas e pode durar anos, dependendo da extensão da fenda bem como das estruturas envolvidas.

Impactos do lábio leporino ou fenda lábio-palatina na dentição e oclusão

A criança com lábio leporino e fenda palatina precisa de acompanhamento odontológico desde bebê, especialmente com as especialidades de ortodontia e cirurgia buco maxilo facial.

Anomalias dentárias estão sempre associadas às fissuras lábio-palatinas. As pessoas nessas condições podem apresentar dentes supranumerários (que são dentes a mais) ou então falta de alguns dentes (agenesia). Também dentes mal formados, dentes unidos e dentes mal posicionados.

O acompanhamento desses profissionais é essencial para reduzir os impactos do desenvolvimento dos dentes, arcadas, gengivas, palato e sobretudo não atrapalhar a mastigação e fala.  

Além do que, o mal posicionamento dos dentes dificulta a correta higienização bucal e favorece o surgimento de cáries, gengivites e periodontites e perda precoce de dentes.

Em média, fissuras dos lábios, base do nariz e palato mole já podem ser corrigidas cirurgicamente entre 3 a 6 meses de idade. Entretanto, a fenda residual no palato duro é corrigida posteriormente, entre 15 e 18 meses de idade.

Substituir dentes mal formados ou repor dentes que não nasceram com implantes dentários

A partir dos 17 anos, que é quando se consolida a formação óssea, é possível planejar a repor dentes ausentes ou então que não se desenvolveram direito. A reposição é feita com implantes dentários e o tratamento pode ser feito em integração com tratamento ortodôntico para reposicionar os dentes e fechar espaços.

Mesmo quando corrigida na infância, a fenda geralmente afeta a formação óssea da maxila entre dente incisivo lateral e canino e o nascimento de algum dente (agenesia). Por isso, antes da colocação do implante, pode ser indicado o procedimento de enxerto ósseo para reconstruir o volume ósseo.

1 – Dentes desalinhados, falta de dente e falha óssea. 2 – Alinhamento dos dentes com tratamento ortodôntico. 3 – Cirurgia de enxerto ósseo para corrigir a falha, e logo depois a colocação de implante dentário. 4 – Instalação da coroa sobre implante.

A integração entre as especialidades odontológicas é essencial para planejar o tratamento e dessa forma melhorar o sorriso de pessoas que nasceram com lábio leporino ou fenda palatina.

Se você ficou com alguma dúvida, entre em contato conosco ou então agende uma consulta com a nossa equipe. Atendemos também na modalidade de TeleOdontologia (Consulta Online).

Endereço e Contatos

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

11 3262-4750

contato@implart.com.br

clinica_implart

ImplanteDentarioClinicaImplArt

@implart

ClinicaImplart