Skip to main content

Tag: implantes

Implante dentário de 4 dentes na frente

O implante dentário de 4 dentes na frente é um procedimento indicado para reabilitação oral e estética em pessoas que perderam dentes nessa região. Existem diferentes razões que levam a essa condição, mas as principais são cáries , complicações em tratamento de canal, periodontite e acidentes. Seja qual for a razão, mexer nos dentes da frente sempre gera insegurança ao paciente. Mas não se preocupe, atualmente, as modernas técnicas de planejamento digital do sorriso, permitem projetar com computação gráfica o resultado final das coroas sobre implantes dentarios.

Portanto, o resultado torna-se mais previsível, reduzindo a apreensão natural de mexer nos 4 dentes frontais. A zircônia dental e porcelana pura Cerec, são os materiais mais modernos para este tipo de tratamento, em decorrência da naturalidade dos resultados. Em ambos casos conseguimos realizar o planejamento estético do sorriso de forma digital.

A estética destes dentes frontais é estudada com muita atenção, haja vista que além do formato dental, devemos considerar o desenho gengival, e a quantidade óssea na região. Em casos de perda óssea acentuada, pode ser necessário realizar enxerto ósseo para receber o implante dentario, e conquistar um resultado natural com implante.

Para os dentes frontais podem ser utilizados os implantes ceramicos, ou implantes de zirconia, que são opções de implante dentario sem metal. Há duas marcas atualmente que oferecem este tipo de implante, a Straumann, com seu implante Pure Ceramic, e a Neodent, com seu implante de ceramica branca Zi.

Estes implantes cerâmicos são muito indicados para dentes frontais, quando pode haver certa translucidez na gengiva, que pode evidenciar a sobra do metal, quando o implante é em titânio. Em contrapartida, isso não ocorre com o uso do implante ceramico, haja vista que este é branco.

Repor com rapidez os dentes da frente que foram perdidos é essencial

Uma das situações consideradas mais constrangedoras é a perda de dentes da frente. Por se tratar da região mais visível, a pessoa sofre impacto imediato nas suas atividades cotidianas, prejudicando o convívio social, o relacionamento com as pessoas, o trabalho, a mastigação e a fala. A falta de dentes na frente exige resolução rápida para minimizar esses impactos e permitir que a pessoa retorne a sua vida normal, sem traumas e constrangimentos.

projetando dentes no computador
O planejamento computadorizado e a produção em impressoras 3D nos permitem agilizar o seu tratamento

A perda dentária nessa região ocorre normalmente por acidentes ou por problemas de saúde bucal, como por exemplo cáries e doença periodontal. Independente da razão, o osso nessa região é mais poroso e com rebordos mais finos, portanto mais frágeis. Por isso não é difícil que a pessoa perca 4 dentes de uma só vez (incisivos centrais e incisivos laterais). A perda dentária pode vir, inclusive, acompanhada de perda ´óssea.

perda falta 4 dentes na frente colocar implante 50kb

Como é o tratamento de implante de 4 dentes na frente?

Primeiramente é necessário passar em uma consulta para avaliar o caso. É necessário compreender alguns detalhes, como por exemplo, o motivo da perda dentária, a saúde bucal, o volume ósseo.

Com essas informações, já na primeira consulta é possível estimar a duração total do tratamento. O fator que mais influencia na duração do tratamento é a necessidade de enxerto ósseo, principalmente nos casos de perda óssea acentuada – comum em que não tem os dentes da frente há muito tempo, ou falha óssea devido à acidentes.

atrofia ossea apos perda dentaria 50kb
Perda óssea ao longo dos anos após a perda de dentes. Por isso a importância de colocar implantes dentários logo para evitar essa progressão.

Para obter sucesso em um procedimento ósseo é naturalmente necessário aguardar a sua cicatrização, importante para a regeneração óssea. Existem técnicas para acelerar esse processo, no entanto é importante aguardar a cicatrização por completo.

Mas a boa notícia, é que mesmo nos casos de necessidade de reconstrução óssea com enxerto, o paciente não fica sem dentes nesse período de cicatrização, e utiliza uma prótese parcial provisória.

a falta de 4 dentes na frente pode ser solucionada com implantes dentários e coroas estéticas
Os implantes dentários com coroas estéticas fixas são os melhores recursos para repor dentes perdidos na frente. Pelo fato de serem fixas, não há risco de queda das coroas. Os materiais livre de metais para produção de coroas em computação gráfica são os que oferecem os melhores resultados estéticos.

Passo a passo do tratamento com implantes:

1 – Cirurgia de implante com ou sem enxerto ósseo

Para os casos de perda óssea, será avaliada a necessidade realizar enxerto ósseo. Dependendo do caso, os implantes podem ser colocados no mesmo dia do enxerto, ou primeiramente é feito o procedimento de enxerto, aguardam-se cerca de 4 a 6 meses de regeneração óssea, e depois é realizada a cirurgia para colocação dos implantes.

2 – Instalação das coroas provisórias

É realizada logo após a cirurgia. O modelo vai variar conforme a técnica de implante e se será com enxerto ósseo. As coroas provisórias tem duas grandes funções: não deixar o paciente sem dentes durante o tratamento, e servir como guia para confecção das coroas definitivas. Nesse período de cicatrização, o paciente comparece ao consultório para dar andamento nas coroas definitivas, realizando ajustes oclusais, de volume, de tonalidade, etc.

3 – As coroas definitivas são instaladas

Elas podem ser fabricadas em cerâmica emax, zircônia com cerâmica aplicada ou zircônia pura, além da opção em metalocerâmica (estrutura metálica com aplicação de cerâmica). Inicialmente é feito o projeto do sorriso por computação gráfica.

protese fixa metaloceramica de 4 dentes anterior
Nesta imagem podemos ver 4 dentes anteriores feitos em porcelana, sendo que nos 2 caninos foram instaladas lentes de contato dental.

Como saber quais coroas são as melhores para meu caso?

Em consulta, após avaliação do paciente, o dentista apresenta os modelos e tipos de coroas que mais se adequam para solucionar o problema. Hoje temos opções de zircônias e porcelanas que nos permitem fabricar coroas muito semelhantes aos dentes.

Esses materiais foram concebidos para produção CAD/CAM, ou seja, tratamento computadorizado que começa com uma moldagem digital, planejamento em software e produção em impressoras 3D.

A clínica dentaria ImplArt é equipada com os sistemas 3Shape, Cerec e Ceramill para Odontologia Digital.

Se você necessita e gostaria de repor 4 dentes na frente, ou então ficou com alguma dúvida sobre os tratamento com implante dentário, entre em contato conosco ou agende uma consulta por Whatsapp clicando no botão abaixo. Visite o dentista regularmente, pois a prevenção sempre simplifica o tratamento.

Veja também: E se eu precisar de implantes no fundo da boca ?

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Complicações / erros e falhas em implantes dentários

Sendo hoje a Clínica ImplArt uma referência na área de implantes dentarios no Brasil, implantodontia, muito do que fazemos é corrigir problemas e erros em tratamentos com implante dentário, de pacientes que vieram de outros dentistas. Seguiremos abaixo explicando as principais riscos e falhas em implante dentario que percebemos nos tratamentos que chegam até nos e esperamos que possa ser um texto educativo.

Insuficiência precoce e tardia do implante dentário

Os implantes dentários têm uma alta taxa de sucesso, mas algumas pessoas podem experimentar falhas em implantes dentários. Estima-se que cerca de 5 a 10% dos implantes dentários falhem, logo após um procedimento ou até meses ou anos depois. Um implante dentário é um pino de metal que é colocado cirurgicamente no osso da mandíbula ou do maxilar. Uma vez instalado, posteriormente o dentista fixa um dente para a restauração final do implante.

Atualmente temos materiais extremamente parecidos com dentes naturais, como por exemplo a zircônia e a porcelana. Se você está programado para fazer uma cirurgia de implante dentário, ou se atualmente possui um implante, antes de mais nada aqui está o que você precisa saber sobre falha do implante e outras possíveis complicações.

Quais fatores afetam o sucesso do implante dentário?

Alguns fatores podem afetar o sucesso de um implante dentário, por exemplo:

1. Doença gengival nos dentes vizinhos

As gengivas saudáveis são um critério para a cirurgia de implantes dentários, portanto você não pode fazer esse procedimento com doenças gengivais ativas. A doença gengival é uma infecção que pode danificar as gengivas e sem o devido tratamento até mesmo os ossos de suporte dos dentes.

Uma infecção não tratada pode se desenvolver ao redor do implante e por conseqüência levar à uma falha. Por isso é importante consultar um dentista para tratar doenças gengivais antes que de se fazer um implante.

2. Fumar durante a cicatrização do implante

Fumar também pode causar falha no implante dentário, pois restringe o fluxo sanguíneo para as gengivas, retardando dessa maneira o processo de cicatrização. Vários estudos mostram que os fumantes podem ter uma taxa de falha de implantes dentários de até 20%. Ser fumante não significa que você não é elegível para um implante dentário.

No entanto, você pode ter um resultado melhor se parar de fumar uma semana antes de um implante dentário e se não fumar por pelo menos dois meses após a colocação do implante. O mais recomendado é tentar abandonar o vício de vez, já que o fumo também está relacionado com doenças mais graves, como o câncer de boca.

3. Volume ósseo insuficiente para o implante dentário

Um procedimento bem-sucedido também depende de osso suficiente para apoiar o implante. Sem ossos saudáveis e suficientes, o implantodontista não pode colocar o implante no osso. A perda óssea ocorre principalmente por consequência de doença periodontal, perda óssea, doença severa da gengiva, pela ausência de dentes sem reposição imediata, ou então pela osteoporose. Essa condição se desenvolve quando a densidade óssea diminui. Os ossos se tornam frágeis e há um risco aumentado de fraturas.

4. Condições de saúde do paciente

A falha no implante dentário é uma possibilidade se por exemplo você for portador de doença autoimune ou condições como artrite reumatoide e diabetes, que fazem com que o corpo se recupere em um ritmo mais lento.

A cicatrização lenta pode impedir a osseointegração, que é o fenômeno de integração do implante ao osso. O uso de certos medicamentos também pode levar à falha do implante dentário. Portanto, é importante discutir com o dentista quaisquer medicamentos (prescritos e vendidos sem receita) que você está tomando atualmente.

5. Má higienização dentária – Manutenção

A capacidade de praticar uma boa higiene bucal após um implante dentário também afeta a taxa de sucesso. Você não é um candidato adequado a um implante dentário se tiver limitações que afetam sua amplitude de movimento ou interferem na capacidade de higienizar completamente os dentes.

6. Um cirurgião inexperiente – falha de planejamento

Um cirurgião experiente sabe quantos implantes usar para apoiar a substituição dentária, considerando sua distribuição e posicionamento. Isso é importante porque poucos implantes podem causar estresse excessivo no implante e falhar. Além disso, trabalhar com um cirurgião habilitado pode prevenir traumas iatrogênicos (causados pelo dentista), que são lesões no tecido periodontal pela atividade de um dentista.

Portanto escolha um cirurgião experiente e comprometido. Faça com que repassem o processo e o plano de recuperação. Veja abaixo um caso de mal planejado de implante dentário, da forma que chegou a nossa clínica. O posicionamento errado dos implantes (torto) não permitiu a fixação das coroas corretamente, expondo dessa forma a rosca dos implantes e deixando o sorriso inestético e não funcional.

implantes mal posicionados resultado inestetico 40kb
Implante mal posicionado / implante torto – Observe que os implantes foram colocados muito para fora da arcada, fazendo com que a saída do parafuso ficasse exposta, comprometendo a estética.

Perguntas que você pode fazer ao dentista:

  • Quantos anos de experiência o cirurgião possui?
  • Quantos procedimentos de implante dentário o cirurgião realiza por ano?
  • Quais são os cursos realizados e credenciais do implantodontista
  • Como são os depoimentos dos pacientes que já fizeram o tratamento
  • Quem é responsável pelo caso? Será um dentista ou será uma clínica ou não há responsável?

Planejamento antes de um procedimento de implante dentário

O planejamento adequado de um cirurgião implica que o dentista realize um exame minucioso da boca, para dessa forma avaliar a saúde de suas gengivas e ossos. Radiografias dentárias dão ao cirurgião uma ideia da sua saúde bucal geral, fornecendo pistas sobre o sucesso de um implante dentário, principalmente a tomografia computadorizada que mostra detalhadamente o volume ósseo disponível para distribuição e posicionamento dos implantes.

O planejamento computadorizado da cirurgia é em suma de grande valia para alcançar os melhores resultados estéticos e funcionais. O planejamento também envolve uma compreensão do seu histórico médico. Isso inclui quaisquer condições médicas que você tenha, bem como quaisquer medicamentos que você tome. Quando há falta de entendimento ou planejamento adequado, o cirurgião pode prosseguir com um implante dentário, ainda que a pessoa não é a candidata certa para um.

Isso pode causar a colocação inadequada do implante e estresse no local do implante, resultando no crescimento de bactérias aeróbicas, que podem desencadear infecções ou um abscesso. Um planejamento cuidadoso também é como o cirurgião identifica problemas que podem interferir no sucesso do implante. Por exemplo, a localização de nervo para evitar o seu atingimento acidental. Ao procurar um cirurgião experiente, converse com amigos ou familiares que fizeram um implante dentário e então peça suas recomendações.

Problemas e falhas em implantes dentários – precoce

Problemas ou complicações da cirurgia de implante dentário podem ocorrer logo após o procedimento ou anos depois. A falha do implante precoce ocorre nos primeiros três a quatro meses do procedimento. Lembre-se de que você sentirá algum grau de dor ou desconforto após a cirurgia, que poderá ser administrado com medicamentos para a dor. Mesmo assim, converse com seu cirurgião se a dor não melhorar após cinco a sete dias. Demora entre três e seis meses para curar completamente. Embora a dor e o inchaço sejam comuns após a cirurgia, fique atento às complicações que podem surgir:

Infecção no local do implante (pus)

Pode se desenvolver durante ou após a cirurgia. Os fatores de risco para uma infecção incluem ter uma doença autoimune, tabagismo e má higiene bucal. Porém algumas vezes a cicatrização normal da gengiva na região do implante ou do enxerto ósseo forma um material branco, que às vezes é confundido com pús. Em caso de dúvida consulte o especialista em implantodontia.

Micromovimentos de implantes dentais

Podem ocorrer quando um implante dentário não tem estabilidade, às vezes após uma substituição imediata do dente. Em quase todos os casos, o dente artificial não é fixado a um implante até que o osso da mandíbula se integre adequadamente ao implante. Mas, às vezes, um cirurgião realiza a fixação imediata do dente logo após o implante (carga imediata). Esse método requer menos visitas ao médico, mas também pode gerar um estresse extra no implante e levar à falha. Portanto é uma técnica que precisa ser cuidadosamente indicada.

Suporte ósseo insuficiente para o implante odontológico

A falha no estágio inicial também pode ocorrer quando não há osso suficiente para suportar o implante dentário, mas o cirurgião conclui o procedimento de qualquer maneira. Sem osso adequado, o implante não pode se fundir à mandíbula.

Reação alérgica ao titânio do implante bucal

Você pode desenvolver uma reação se for alérgico a um metal, como por exemplo o titânio do implante, ou o níquel de algumas próteses metálicas. Os sintomas de uma alergia incluem inchaço, perda de paladar e talvez uma sensação de formigamento. Se tiver conhecimento, mencione qualquer alergia a metais ao seu cirurgião oral. Você poderá receber um implante de outro material, como a cerâmica pura.

Falha em seguir as instruções pós-operatórias da implantação

Suas atividades e hábitos também têm um impacto. É importante que você siga as instruções pós-operatórias do cirurgião para diminuir o risco de complicações. Você pode ser instruído a comer alimentos macios até que o local do implante cicatrize, bem como para praticar boa higiene bucal.

Problemas tardios e falhas em implantes dentários

A cirurgia de implante dentário pode ser um sucesso imediato, com complicações que não se desenvolvem até anos depois. Mas aqui estão algumas complicações que podem surgir a longo prazo:

  • Danos nos tecidos ou nervos podem ocorrer quando um cirurgião coloca um implante muito próximo a um nervo. Sinais de dano incluem dormência ou formigamento na língua, lábios, gengivas ou face.
  • A rejeição de corpos estranhos não ocorre com frequência, mas pode acontecer. É quando o corpo rejeita um implante. Os sinais de rejeição incluem aumento da dor no local do implante, inchaço, febre e calafrios.
  • Um implante dentário colocado na arcada superior pode migrar para a cavidade sinusal.
  • Lesões na área ao redor de um implante dentário podem afrouxa-lo, resultando em falha.
  • Queda do implante devido a periimplantite (infecção e perda óssea em torno do implante).

Para minimizar a probabilidade de problemas a longo prazo, continue praticando uma boa higiene e mantenha a boca, implantes e gengivas saudáveis. Escove e use fio dental pelo menos duas vezes por dia, use enxaguante bucal e consulte um dentista para exames de rotina.

Quais são os sinais de falhas em implantes dentários?

Se você tiver uma falha inicial ou tardia do implante dentário, os sinais de uma complicação incluem:

  • Dificuldade em mastigar
  • Inflamação da gengiva
  • Recessão gengival
  • Aumento de inchaço
  • Afrouxamento de um implante ou dente substituído
  • Dor intensa ou desconforto

* Caso sinta algum dos sinais e sintomas descritos consulte o implantodontista

Implante desconhecido: o que fazer?

Cuidados preventivos com os implantes dentais

Mesmo que algumas falhas no implante dentário não possam ser evitadas, você pode tomar medidas para reduzir o risco de falhas em implantes dentários:

  • Cuide adequadamente dos implantes dentários. Escove e use fio dental diariamente e use enxaguante bucal.
  • Visite um dentista a cada seis meses.
  • Pare de fumar.
  • Aumente sua ingestão de cálcio para manter ossos fortes. Tome um suplemento ou ingira alimentos ricos em cálcio, como por exemplo leite, iogurte, brócolis, laranja e queijo.
  • Pergunte ao seu dentista sobre um protetor bucal para minimizar os efeitos do bruxismo (ranger de dentes).
  • Se não tiver urgência, exercite a paciência e prefira o procedimento de carga tardia e não de carga imediata.

Planejamento e profissionalismo são a melhor prevenção

Os implantes dentários têm uma alta taxa de sucesso, mas pode ocorrer falhas em implantes dentários por diferentes motivos. É importante conhecer os riscos em potencial para que você possa tomar medidas para melhorar suas chances de sucesso. Isso inclui procurar tratamento para problemas de gengiva ou osso antes da cirurgia, selecionar um cirurgião experiente e praticar boa higiene bucal não apenas antes, como também após a cirurgia. Se ficou com alguma dúvida, entre em contato conosco através de um dos canais abaixo:

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Implante Dentário: os 5 piores problemas com implantes

Os implantes dentários são uma alternativa mais moderna para a falta de dentes do que próteses e pontes móveis, mas podem apresentar problemas. Os implantes são usados para substituir as raízes dos dentes e por conseqüência a reposição de dentes perdidos, também conhecidos como próteses ou coroas.

As próteses sobre implantes devem combinar com os dentes naturais remanescentes do paciente, para que pareçam naturais e exijam menos manutenção do que as próteses tradicionais.

Imprevistos podem acontecer

Os implantes dentários são uma solução eficaz para substituir dentes perdidos, proporcionando estabilidade e funcionalidade. As próteses sobre implantes são feitas para se integrarem perfeitamente aos dentes naturais restantes, garantindo uma aparência natural e exigindo menos manutenção do que as próteses convencionais.

No entanto, é importante estar ciente de que problemas podem ocorrer durante o processo de implantação, exigindo cuidados adicionais e possíveis ajustes.

Apesar de todas as vantagens dos implantes dentários, os implantes não são a melhor opção para algumas pessoas. Em alguns casos, podem haver alguns problemas com o implante dentário. Antes que opte por implantes dentários, é importante compreender os riscos para poder decidir o que é melhor para você. Aqui estão portanto as 5 piores complicações do implante dentário que devem ser evitados:

1. Problemas com fraturas de implante

Antes de mais nada converse com seu cirurgião dentista sobre seus problemas dentários. Isso certamente ajudará no planejamento da cirurgia. Se você, por exemplo, range os dentes ou aperta (bruxismo), pode colocar muita pressão nos implantes, aumentando o risco de fratura. Outra causa de fratura no implante ocorre em virtude da sua colocação em posição errada, que por conseqüência pode aumentar a pressão ou estresse sobre ele.

Em caso de fratura, o que deve ser feito?

Após uma fratura, os implantes devem ser substituídos. Significa que o paciente tem de passar novamente por todo o processo de instalação do implante, cicatrização e elaboração do dente.

Observação

Não confundir fratura no implante (que está dentro do osso) com fratura do dente, fratura da prótese ou então problemas nos componentes protéticos (peças que compõem as próteses).

implante fraturado 35kb
Implante fraturado e removido

Fraturas nas próteses geralmente não afetam os implantes, bastando então substituir as próteses afetadas.

2. Infecção no Implante e complicações

Às vezes, as infecções podem ocorrer como uma das complicações do implante dentário. Toda vez que alguém faz uma cirurgia ou tem alguma inserção de peças artificiais no corpo, eventualmente há chances de o organismo não reagir bem. Em alguns casos (raros), é provável que haja uma infecção no implante.

Se houver bactérias ao redor do implante, é provável que ocorra inflamação no implante problemas na forma como o implante se integra ao osso (osseointegração). Isso significa que o implante inflamado provavelmente não fixará corretamente ao osso. Mesmo que isso aconteça, uma infecção pode acontecer após algum tempo e danificar a união entre o implante e o osso do paciente, levando à perda do implante.

Cuidados pré operatórios

Por isso na ImplArt antes da cirurgia de implante, é realizada higiene oral completa, controle de todas as infecções e doenças dentárias para reduzir os riscos de infecção no implante. Após o implante dentário, o paciente deve higienizar sua boca corretamente bem como com certa frequência.

Veja orientações sobre a higiene do implante dentário. Caso perceba sinais de inflamações, inchaço, dor, bem como sangramento no implante, notifique o dentista especialista o mais rápido possível para evitar infecções.

Fale com a ImplArt por WhatsApp: (011)99598-1866

clinica de implante dentario
Implante dentário dentro do osso

3. Parestesia – Riscos de lesão no nervo mandibular

Lesões no nervo da mandíbula são outras complicações eventuais do implante dentário. Podem ocorrer em virtude de mal planejamento e execução na instalação do implante. Na parte posterior do osso da mandíbula inferior há um importante nervo, chamado nervo mandibular ou alveolar inferior, que algumas vezes passa perto da gengiva.

A proximidade é maior nos casos em que o paciente permaneceu sem os dentes do fundo de baixo por muitos anos e por consequência sofreu uma atrofia do osso (diminuição do volume). Na maioria das pessoas que precisam substituir um dente por um implante imediato na arcada inferior (extração e implante no mesmo momento), isso não ocorre.

Isto porque a presença de um dente antigo, mesmo avariado e cariado, ajuda a preservar a estrutura do osso. Em casos de doenças gengivais avançadas, como por exemplo a doença periodontal, também pode haver uma grande perda óssea.

mandibula implantes nervo
A proximidade do nervo mandibular pode ser um fator de risco se a medida do osso não for feita corretamente. Podem ser usados implantes curtos para diminuir esse risco.

O planejamento é fundamental

Por isso é importante realizar seu procedimento de implante com uma clínica especialista responsável, que deverá solicitar exames para planejamento. Os mais comuns são radiografia panorâmica e a tomografia computadorizada que ajudam a medir as estruturas e posicionar corretamente o implante.

Hoje podemos até realizar a cirurgia do implante guiada por computador, que nos ajuda a planejar exatamente a posição do futuro implante dentário, evitando danos aos nervos inclusive sendo menos invasiva.

O que pode ser feito no caso de lesão do nervo?

Já recebemos casos mal planejados, com posicionamento do implante dentário dentro do nervo, comprimindo ou mesmo rompendo-o. Quase sempre há indicação da remoção do implante para reparar o dano.

No entanto, infelizmente nem todas as recuperações de problemas nos nervos bucais são possíveis. Dependendo do tipo de lesão, permanecerá uma sequela parcial ou total. Os principais sintomas são: sensação de formigamento de alguma área da boca ou a perda de algum grau de movimentação. Poderá haver também a falha na integração do implante a temida rejeição ou perda dos implantes.

4. Problema de perda óssea no implante

Embora a perda óssea em um implante dentário possa acontecer, às vezes trata-se de uma ocorrência mais rara hoje em dia. Em virtude do avanço dos materiais dos implantes e da técnica de cirurgia para implante.

As perdas ósseas podem ocorrer em implantes que sofreram infecções durante seu período de cicatrização, conforme explicado acima. Também pode haver perda de osso em casos de implantes antigos, que eram menos favoráveis para a manutenção do osso saudável ao longo do tempo.

Antigamente até se acreditava ser normal perder osso progressivamente com o tempo ao redor de um implante, em um processo chamado de saucerização.

Tecnologia, qualidade e procedência

Os implantes dentários mais modernos tem aperfeiçoamento de formatos também no encaixe da prótese que evitam essas diminuições de osso e problemas. As melhores conexões implante-dente hoje são as chamadas: conexões internas tipo cone-morse.

Nelas, o vedamento bacteriano para esses encaixes entre implante e o pilar do dente é praticamente perfeito. Além disso o implante cone-morse oferece uma tecnologia chamada Platform switch, no qual a conexão do pilar é menor do que a largura do implante, e evitam problemas.

O formato afasta as bactérias da área de cicatrização do osso. Os implantes dentários que hoje tem as melhores conexões de encaixe são os Implantes Straumann, Implantes cone-morse Neodent (nacional), Implantes SIN (nacional).

problemas em implantes
Se o implante dentário estiver doendo, sangrando ou mole avise um especialista em implantes dentários (implantodontia).

5. Aumento nos fatores de risco – saúde e hábitos do paciente

Mesmo com todos os cuidados técnicos, fatores da saúde do paciente podem aumentar o risco do paciente ter problemas com o implante dental.

Má higiene dental, fumo, doenças que atrapalham a cicatrização (diabetes), problemas de mobilidade do paciente (por exemplo um AVC), podem causar complicações de implantes dentários no curto e longo prazo.

Alguns pensam que por realizar implantes dentários não precisam mais visitar o dentista. Mesmo entre nossos pacientes é o que mais ocorre.

A importância de voltar ao consultório depois da reabilitação com implantes

Apesar da orientação de retorno constante, há pacientes que demoram anos para voltar e fazer alguma manutenção no implante dental. Resíduos de alimentos, tártaro ou placa bacteriana ao redor de um implante causarão inflamação nas gengivas, podendo causar infecção, perda óssea e até a perda do implante. Em caso de pacientes com mobilidade reduzida, poderá ser necessário ter ajuda para a higiene oral.

dor no implante dentario 2
Análise de cada caso e estudo das condições de saúde são importantes para o sucesso de uma reabilitação oral com implantes

Imagine que um paciente com mal de Alzheimer ou doença senil poderá se esquecer se escovou os dentes. Um paciente com AVC, ou mesmo hospitalizado sedado ou em coma precisará de alguém para limpar sua boca também.

Vale a pena passar pela cirurgia de implante dentário?

Seu dentista deve sempre certificar-se de que sua condição de saúde geral é favorável para realizar seus implantes. Por isso poderá solicitar exames ou mesmo da participação de seu médico para garantir a segurança da cirurgia dos implantes, bem como seu sucesso a longo prazo.

Conclusão – Implantes dentários são bons e confiáveis, mas precisam ser bem planejados e executados

Implantes dentários são uma alternativa moderna para substituir dentes perdidos. Eles funcionam como raízes artificiais e suportam próteses ou coroas. As próteses sobre implantes devem ser feitas para se adequar aos dentes naturais do paciente e exigem menos manutenção do que as próteses tradicionais.

Neste texto abordamos apenas problemas em implantes dentários. Porém, a boa notícia é que a taxa de falha do implante dentário é extremamente baixa. Especialmente nas mãos de um dentista confiável especializado em implantes dentários.

Venha conhecer nosso trabalho! A Clínica ImplArt tem 22 anos dedicados à implantodontia e reabilitação oral. Podemos esclarecer em consulta sobre preço médio de implante dentário, próteses fixas e outros tratamentos reabilitadores.

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Não confunda implante dental com coroas

É muito comum que as pessoas confunda implante dental com coroas, fazendo uma generalização do termo implante dentário como uma peça única (pino+dente). Porém é importante não confundir implante com coroa, pois o tratamento envolve diferentes peças, cada uma com significados distintos.

As coroas são colocadas sobre implantes dentários para restaurar a estética e a funcionalidade dos dentes ausentes, enquanto o implante refere-se especificamente ao pino de titânio que é inserido no osso para substituir a raiz do dente perdido.

Vamos explicar melhor a seguir:

Implantes dentários e coroas dentárias são dois procedimentos odontológicos que podem ser utilizados para substituir dentes perdidos ou danificados. No entanto, existem algumas diferenças importantes entre os dois tratamentos.

Implante dentário

Um implante dentário é um pino de metal, geralmente feito de titânio, que é inserido no osso da mandíbula ou maxila. O implante atua como uma raiz artificial, permitindo que um dente artificial ou uma prótese dentária seja fixado a ele.

Os implantes dentários são considerados uma solução permanente para a perda de dentes. Eles são confortáveis e duram muitos anos, com uma taxa de sucesso de mais de 95%.

Coroa dentária

Uma coroa dentária é uma cobertura que é colocada sobre um dente natural ou uma raiz dentária exposta. A coroa é feita de um material resistente, como porcelana, metal ou resina, e é projetada para restaurar a forma, a função e a aparência do dente.

As coroas dentárias são utilizadas para tratar uma variedade de problemas dentários, incluindo:

  • Dentes quebrados ou danificados
  • Dentes com cáries extensas
  • Dentes com raízes expostas
  • Dentes que precisam ser alinhados

As coroas dentárias são geralmente uma solução temporária. Elas podem durar de 5 a 15 anos, dependendo da qualidade do material e da manutenção adequada.

Diferenças entre implantes dentários e coroas dentárias

A principal diferença entre implantes dentários e coroas dentárias é que os implantes dentários substituem a raiz do dente, enquanto as coroas dentárias substituem apenas a coroa do dente.

Outras diferenças entre os dois tratamentos incluem:

  • Tempo de recuperação: os implantes dentários requerem um período de cicatrização de 3 a 6 meses, enquanto as coroas dentárias podem ser colocadas em uma única consulta.
  • Custo: os implantes dentários são geralmente mais caros do que as coroas dentárias.
  • Duração: os implantes dentários são considerados uma solução permanente, enquanto as coroas dentárias são geralmente uma solução temporária.

Qual tratamento é o certo para você implante ou coroa?

A escolha entre implantes dentários e coroas dentárias depende de vários fatores, incluindo:

  • A causa da perda do dente
  • A condição dos dentes e gengivas restantes – grau de destruição
  • As necessidades estéticas do paciente
  • O orçamento do paciente

Se você está considerando um tratamento para substituir um dente perdido ou danificado, é importante conversar com seu dentista para discutir as opções disponíveis e determinar qual tratamento é o certo para você.

Algumas dicas para escolher entre implantes dentários e coroas dentárias:

  • Considere a causa da perda do dente. Se o dente foi perdido devido à cárie ou a uma lesão, uma coroa dentária pode ser suficiente. No entanto, se o dente foi perdido devido à doença periodontal, um implante dentário pode ser a melhor opção.
  • Avalie a condição dos dentes e gengivas restantes. Se os dentes e gengivas restantes estiverem saudáveis, uma coroa dentária pode ser uma boa opção. No entanto, se os dentes e gengivas estiverem comprometidos e danificados, um implante dentário pode ser a melhor opção.
  • Considere suas necessidades estéticas. Se você deseja restaurar a aparência natural de seu sorriso, um implante dentário pode ser a melhor opção.
  • Avalie seu orçamento. Os implantes dentários são geralmente mais caros do que as coroas dentárias.

Cite as diferenças entre implante dental com coroas?

implante 1
Evite confundir implante dental com coroas. Nesta imagem vemos o Pino de implante dentário. Sua inserção é realizada no osso para substituir um dente comprometido ou ausente.

O que é implante dentário?

Um pino fabricado em titânio ou cerâmica pura e que tem a função de substituir a raiz dentária, portanto é a parte instalada ao nível ósseo. Já o implante é o pino colocado dentro do osso, que deve ser analisado antes de colocar o implante dental para ver se precisará de um enxerto no local. Há vários tipos de implantes dentários e técnicas para a sua instalação eficiente, por exemplo:

coroa
Não confunda mais um implante dental com coroas: Nesta imagem vemos Coroas de porcelana em zircônia (não são implantes).

A coroa dentária é uma prótese que imita cor, formato e textura dos dentes naturais, sendo fabricada por um laboratório de prótese dental. Ela pode ser colada sobre a estrutura remanescente de um dente que ainda pode ser mantido, ou instalada sobre um implante dental com coroas quando o dente comprometido tem indicação de extração.

As coroas dentárias mais modernas são fabricadas em zircônia e cerâmica sem metais em sua composição e projetadas por sistemas computadorizados. Isso permite a realização de próteses cada vez mais parecidas com dentes naturais, como no caso das próteses em zircônia odontológica.

Não confunda implante dental com coroas.
Não confunda implante dental com coroas. Nesta imagem vemos um Pino estético inserido dentro da raiz para sustentar a coroa. Neste caso o dente não foi extraído, ou seja não é um implante.

O que é pino, bloco, pivô e núcleo?

Pinos dentários, ou núcleos são estruturas instaladas na raiz do dente com canal tratado. Servem para dar reforço e suporte a reconstrução que pode ser uma coroa, um bloco ou um pivô. Pivô (ou pivor / jaqueta) é o nome antigo para coroa dentária.

Mas esse tipo antigo de reconstrução era feita com o núcleo já aderido. Antigamente esses trabalhos eram confeccionados em metal fundido, porém hoje podemos realizá-los em porcelana ou em zircônia (mais estéticos), entre outros materiais.

As porcelanas dentárias mais atuais podem vir em uma variedade de cores (escala de cores, ou também paleta de cor) com subtons que permitem criar um dente muito natural.

Restaurações metálicas: substituir por porcelana ou resina?

troca restauracoes 37kb
Blocos dentários (próteses) em metal (esq) ou em porcelana (dir). Os metais são considerados materiais ultrapassados por não oferecerem uma estética adequada. Já as porcelanas são estéticas e duráveis.

O bloco dentário é um fragmento de dente que visa reconstruir um dente quebrado e pode ser feito em porcelana.

coroa pilar implante

O que é pilar de implante dental

É uma peça pré fabricada e encaixada sobre o implante dental, com a finalidade de reter a coroa de porcelana ou a prótese dentária. O pilar é rosqueado no implante e sobre ele é cimentada ou aparafusada a coroa protética. Portanto é a peça que faz a interface do implante dental com coroas.

coroa provisoria
Nesta imagem vemos Pilares brancos de zircônia para prótese fixa. Portanto, um pilar de implante dental é uma peça pré-fabricada e encaixada sobre o implante dental, com a finalidade de reter a coroa de porcelana ou a prótese dentária. O pilar é rosqueado no implante e sobre ele é cimentada ou aparafusada a coroa protética. Portanto, o pilar é a peça que faz a interface do implante dental com as coroas.

O que é coroa provisória?

É uma coroa artificial que imita a forma e cor dos dentes naturais, no entanto sem tanto refinamento em sua resistência, durabilidade e estética. Ela é utilizada no momento em que ocorre a cicatrização do implante (pode durar de 1 a 6 meses em média).

É uma peça importante para que o paciente não fique sem dente em fase alguma do tratamento. O provisório também é importante para provar a adaptação do paciente e dessa forma guiar a confecção da coroa definitiva (popularmente chamada de coronação).

cicatrizador
Imagem que mostra aparência de um implante e da gengiva durante a fase de cicatrização.

O que são cicatrizadores ou tampas de cicatrização?

São pecinhas rosqueadas no topo do implante dental e que permanecem ao nível gengival no momento em que ocorre a fase de cicatrização dos implantes dentários. Elas são retiradas no momento da instalação da coroa definitiva. Se houver mais dúvidas relacionadas a implante dental com coroas fale conosco.

Conclusão

É comum ocorrer confusão entre implante dental com coroas, pois muitas pessoas generalizam o termo implante dentário como uma única peça (pino+dente). No entanto, é importante não confundir implante com coroa, pois se trata de um tratamento que envolve diferentes peças, cada uma com seu próprio significado.

Se houver dúvidas adicionais faça contato conosco !

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Extração de um dente infeccionado e implante em seguida: é possível?

Essa é uma dúvida comum em pacientes que necessitam extrair um dente infeccionado ou outros acometimentos, e gostaria de substituí-los por implantes e próteses fixas em seguida. De uma forma geral, os implantes dentários podem ser colocados no lugar do dente infeccionado.

Também com doença periodontal pré-existente, cistos ou lesões, desde que não haja grande comprometimento da estrutura óssea e gengival. Essa técnica é chamada de implante imediato e tem baixa probabilidade de insucesso.

Porque devo remover o dente infeccionado o quanto antes

Remover o dente infeccionado o quanto antes é importante para evitar complicações adicionais, como propagação da infecção, dor intensa e danos aos tecidos circundantes. Além disso, a remoção precoce pode ajudar a preservar a estrutura óssea e gengival, facilitando a colocação de um implante dentário no futuro, se necessário. Portanto, é recomendado buscar tratamento odontológico imediato para remover o dente infeccionado e evitar complicações futuras.

dente infeccionado
dentes infeccionados que não podem ser reconstruídos precisam ser removidos com urgencia

A rapidez desse processo é uma forma de garantir conforto e autoestima ao paciente nessas situações. Isso porque ele não precisa mais ficar sem dentes em nenhum momento. As principais infecções e acometimentos que podem resultar em uma extração dentária são:

Obviamente, o implante imediato pós-infecção exige cuidados extras na execução e manutenção, não tanto do implantodontista, quanto do paciente. A seriedade do implantodontista se deve no controle total da doença que causou a extração, que vai desde a limpeza mecânica e química da área até a prescrição de antibióticos no pré e pós-operatório para prevenção de infecções.

Já com relação ao paciente, cabe-lhe tomar a medicação prescrita de forma correta, a cautela com o esforço mastigatório nos primeiros meses, o cuidado redobrado com a higienização oral adequada (no pré e pós-operatório e ao longo dos anos) e comparecimento às visitas regulares ao consultório odontológico para devidas manutenções.

Saiba mais sobre doença periodontal

Preciso fazer Enxerto ósseo quando o dente tinha uma infecção ?

Quando há um comprometimento mais extenso da estrutura óssea e gengival (a preservação dessas estruturas são essenciais para receber e sustentar os implantes), é possível que o cirurgião prepare a área e aguarde que o organismo inicie uma regeneração óssea naturalmente e formar a estrutura ideal para colocação dos implantes, evitando assim a necessidade de reconstrução por enxertos ósseos.

Esse processo pode levar de 3 a 6 meses, portanto, exige paciência. Em últimos casos, a recomendação pode ser a reconstrução da estrutura óssea com materiais de enxertos naturais ou sintéticos. A técnica de implante imediato para substituição de dentes infeccionados exige predisposição e um pouco mais de paciência, mas tem tudo para ser um sucesso.

A técnica de implante imediato para substituição de um dente infeccionado exige predisposição e um pouco mais de paciência, mas tem tudo para ser um sucesso. É importante que o organismo inicie uma regeneração óssea naturalmente e forme a estrutura ideal para a colocação dos implantes, evitando assim a necessidade de reconstrução por enxertos ósseos. Esse processo pode levar de 3 a 6 meses, portanto, exige paciência. Em últimos casos, a recomendação pode ser a reconstrução da estrutura óssea com materiais de enxertos naturais ou sintéticos.

Clinica ImplArt

A Clínica ImplArt é composta por profissionais especialistas em implantes dentários, tendo realizado milhares de procedimentos com seriedade e resultados muito satisfatórios. Venha nos fazer uma visita!

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Implantes dentários que não deram certo

Os implantes dentários alcançaram um alto nível de qualidade, tanto nos materiais utilizados, quanto no domínio das técnicas por parte dos profissionais implantodontistas. Isso faz com que os procedimentos sejam cada vez mais seguros e com altas taxas de sucesso.

Quais as consequências para implantes dentários que não deram certo?

A porcentagem de sucesso hoje em dia passa dos 90%, mas há uma variação nessa porcentagem dependendo da região onde é realizado o implante dentário. A chance de insucesso em implantes colocados na parte superior da arcada dentária é eventualmente maior que na parte inferior.

O bom profissional trabalha para que a chance de insucesso seja quase inexistente. Entretanto, mesmo sendo raro, em alguns casos o implante pode não dar certo. Em parte dos casos onde há chance de insucesso, o profissional implantodontista consegue identificá-lo com antecedência e deixa o paciente ciente dessa possibilidade.

Normalmente com um segundo plano para tentar solucionar o problema (já que há solução para muitos casos de perda de implante). A cirurgia nesses casos só é feita depois de avaliar todas as alternativas.

Atualmente há diversos tipos de implantes dentários disponíveis, e análise de qual o recomendado para cada caso, pode ajudar nas chances de sucesso.

Os implantes dentários mais modernos, como Straumann, oferecem recursos que estimulam a cicatrização do implante. Ao longo dos anos, foram desenvolvidos implantes dentarios com formas e composições diferentes, de tal forma a sempre buscar melhor estabilização inicial e durabilidade ao longo da vida. Atualmente há a opção de implante dentário Slactive com cicatrização rápida de 1 mês.

Principais motivos que podem levar a perda do implante:

  • Quando não houve a osseointegração esperada;
  • Má qualidade óssea;
  • Superaquecimento no osso durante a colocação do implante;
  • Infecções ou doença periodontal em torno do implante (geralmente ocasionada por higiene oral precária);
  • Pouca densidade óssea – não houve osso suficiente para sustentação do implante e o osso pode rachar;
  • Paciente com patologias sistêmicas – exemplos: diabetes, osteoporose;
  • Maus hábitos do paciente – tabagismo, bruxismo (ranger de dentes) ou morder objetos duros, como tampas de caneta.

O primeiro sinal de que o implante não foi bem sucedido é quando ele apresenta mobilidade já nos primeiros meses após a cirurgia. Por menor que seja a mobilidade, é necessário que se tome as providencias imediatamente porque a mobilidade é progressiva e tende a aumentar. Outros sinais de insucesso no implante dentário: dor, inflamação na gengiva ou sangramento.

Saiba mais sobre Implantes Dentários

Casos em que há soluções na perda do implante

Se o implante for perdido por falta de osseointegração, pode-se refazer o implante com o mesmo calibre depois de alguns meses ou colocação de um implante de calibre maior, pois o osso se forma novamente sozinho, para alcançar uma área maior no osso do paciente.

É necessário que o paciente tenha paciência se houver a perda de um implante. Na maioria dos casos existe solução, porem é preciso esperar a reação natural do organismo para que o osso se regenere e torne possível o reimplante.

O que é fundamental para o sucesso do implante?

É preciso que o profissional implantodontista seja bem treinado e tenha domínio das técnicas, e que os materiais utilizados sejam de boa qualidade. Mas também é necessária a colaboração do paciente e que ele tenha consciência do papel dele nos resultados. Essa dupla é a principal responsável para que tudo dê certo e permaneça assim. Principais pontos que garantem o sucesso de um implante dentário:

  • Deve ser realizado por um dentista especialista em implante dentário sério (implantodontista);
  • Os materiais utilizados para os implantes e próteses sobretudo devem ser de boa qualidade;
  • O paciente seguir rigorosamente as instruções de medicação, alimentação e higiene oral no período pós-operatório;
  • O paciente ter cuidado com a mastigação nos primeiros meses. O esforço na mastigação deve ser leve no início e ir aumentando aos poucos;
  • O profissional implantodontista esperar o tempo correto para colocação da prótese definitiva e que ela seja adequada ao modelo do implante;
  • O paciente não fumar depois de colocar o implante;
  • O paciente deve se comprometer em comparecer as consultas de manutenção no tempo determinado pelo implantodontista.

Se as recomendações forem respeitadas e o implante for colocado por um profissional especializado, a expectativa é que o(s) implante(s) supra(m) a falta do(s) dente(s) funcionalmente e esteticamente por muitos anos.

Conheça a Clínica ImplArt. Nossa equipe especializada já realizou milhares de reabilitações com implantes dentários com ótimos resultados e pacientes satisfeitos. Entre em contato conosco e agende uma consulta:

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Depoimentos de nossos pacientes de estética dental e implante dentário

Recebemos com grande alegria depoimentos de nossos pacientes que vem de todas as partes do Brasil e do mundo (principalmente os Estados Unidos, Japão e Europa). Realizamos tratamentos em Day Clinic com integração de cirurgiões dentistas de distintas especialidades odontológicas e inclusive médicos, dependendo do caso, a fim de cumprir o resultado esperado.

Depoimentos como estes abaixo nos enchem de orgulho e nos incentivam a continuar nosso trabalho na reabilitação oral de pacientes. Gostaríamos de parabenizar e agradecer todos os profissionais da Clínica ImplArt que atuam nos casos de implante dentário, prótese dentária, Day Clinic e estética dental.

A Clínica ImplArt é especializada em implantes dentários, próteses dentárias, Day Clinic e estética dental. Os profissionais da ImplArt possuem ampla experiência no tratamento desses casos. O implante dentário é uma solução eficaz para a substituição de dentes perdidos. Já a prótese dentária oferece uma opção flexível e removível sem grampos. O Day Clinic é uma modalidade de tratamento odontológico que proporciona resultados mais rápidos. Além disso, a Clínica ImplArt oferece procedimentos de estética dental para devolver o sorriso aos pacientes, como pode ser visto nestes e outros depoimentos.

Muito Obrigado!

Dr Roberto Markarian e Equipe da Clínica Odontológica ImplArt – Depoimentos

implante dentario clinica depoimentos

Depoimentos de pacientes da Clinica Dentaria ImplArt

A Implart mudou minha vida. Mudou minha forma de sorrir e interagir com as pessoas. Tenho agora muito mais confiança em mim mesma, minha autoestima cresceu. Agradeço por todo o carinho e digo para quem for iniciar tratamento: podem confiar, pois eles são sérios e o trabalho deles é muito bom.

Eliana Fagundes – Depoimento

“Clínica dentária de primeiro mundo, o scanner de dente só existe na Implart, fiquei impressionada com o resultado perfeito. Dr Roberto  é altamente competente e dá toda segurança que a gente precisa na hora de decidir fazer um implante ou uma cirurgia mais complicada nos dentes. Equipe nota 10. Fiz meu tratamento com Dr Roberto e equipe e Super Recomendo”

Valerie Hair – Depoimento

“Recentemente conclui meu tratamento. Fiz tratamento com implantes suíços e prótese em porcelana. Quero elogiar o trabalho do Dr Roberto e todos os profissionais qualificados de sua equipe. Este pessoal trabalha com seriedade e responsabilidade.”

Sebastião Melo – Depoimento

“Conheci a Implart através de uma busca no Google, procurava uma clínica em São Paulo que me atendesse com qualidade e rapidez, pois moro em Miami. Queria fazer tratamento para bruxismo com zircônia, como se faz aqui, e encontrei na Implart o que eu queria. Equipe comprometida, diretor com credibilidade e conhecimento. Fiquei muito contente com minha escolha e voltei super feliz.”

Rafaela Nunes– Depoimento

“Eu agradeço e parabenizo ao Dr. Roberto Markarian e toda a sua equipe pela competência, profissionalismo, ética e respeito. Vocês me restituíram a vontade de sorrir.”

Eva Bastos, São Paulo-SP  – Depoimento

“A experiência que obtive através dos serviços prestados pela ImplArt odontologia não poderia ter sido melhor. Alto profissionalismo, tratamento adequado e informações precisas prestadas aos pacientes são qualidades que fazem a ImplArt destacar-se no ramo odontológico. Pacientes com tempo reduzido, como em meu caso, obtém total garantia de um serviço prestado com precisão”.

Jomo Löw – Sacramento – Califórnia – Depoimento

“Sou super ansiosa para ir ao dentista e na verdade sempre evitei ao máximo as consultas. Agora já faziam 5 anos sem tratar os dentes e por isso acabei perdendo algumas próteses, tive um monte de cáries e um episódio de dor. Conheci então a clínica IMPLART e essa técnica de sedação. Foi muito tranquilo fazer o tratamento assim. A médica que me atendeu foi muito atenciosa e cuidou de mim até o final do procedimento. Também achei que o dentista trabalhou rápido e fez alguns implantes e tratou as cáries enquanto eu dormia. Foi meio mágico mas quando acordei estava tudo pronto, achei ótimo.” 

M.R.R., empresária, São Paulo-SP – Depoimento

“Estive recentemente em São Paulo, pois realizo viagens frequentes devido ao meu trabalho. Pela necessidade repentina de um tratamento de emergência acabei conhecendo a Clínica ImplArt que resolveu prontamente meu problema. O meu tempo de estadia na cidade, cerca de uma semana, foi suficiente para que um tratamento definitivo fosse concluído. Fiquei muito satisfeito pela agilidade do tratamento e da qualidade. Recomendo!”

Albert Cardoso, Fortaleza – CE – Depoimento

“Como já conheço o Dr. Roberto há certo tempo, avisei-o com antecedência da minha vinda a São Paulo, pois venho periodicamente para visitar minha família. O Dr. Roberto solicitou o envio prévio de exames, o que fiz prontamente por e-mail. Fiquei impressionada como a tecnologia pode ser útil até para um tratamento odontológico. Prefiro o atendimento no Brasil, pois os dentistas daqui são muito frios e os preços muitíssimo mais altos.”

Regina Abreu, Londres – Inglaterra – Depoimento

“Conheço muitas pessoas que fazem implante, passam mal, têm inflamação, ficam abatidos, deixam de se exercitar. Graças à segurança, à competência do doutor, ao seu profundo conhecimento, nunca tive nenhum problema, tudo transcorreu tranquilamente. Por isso afirmo que fiquei até triste, lamentando o término do tratamento. A todos vocês um grande abraço e muito sucesso para a Clínica, principalmente para o Dr. Roberto.”

Sueli Nakamura – advogada – São Paulo – SP – Depoimento

É surpreendente como a tecnologia pode ser benéfica para diversos tipos de tratamento odontológico. No caso específico do depoimento da paciente Regina Abreu, ela prefere receber atendimento no Brasil devido à frieza dos dentistas na Inglaterra e aos preços mais altos. Além disso, a segurança e competência do dentista responsável pelo seu tratamento de implante dentário são destacados no depoimento de Sueli Nakamura, uma advogada de São Paulo. Sua experiência positiva e tranquilidade durante todo o processo reforçam a confiança na clínica e no Dr. Roberto.

Venha você também realizar seu tratamento com implantes dentários modernos com a competentíssima equipe da Clínica Odontológica ImplArt. No futuro o seu depoimento estará aqui !

Agende sua consulta com o melhor implantodontista, o Dr. Roberto Markarian,e diretor clínico da ImplArt, clicando no botão abaixo:

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Implante total: quais os tipos de próteses e quais suas diferenças?

As próteses para implante total da arcada são elaboradas para terem uma aparência o mais natural possível. Muitas vezes o paciente observa fotografias de tipos de próteses e não compreende bem como pode ser atingido o resultado estético. Mas não se preocupe, reunimos aqui informações e imagens que irão ajudar a você a escolher o tipo de prótese protocolo mais adequada para suas necessidades. Certamente, em sua consulta inicial, nosso implantodontista irá ajudar com mais esclarecimentos sobre cada tipo de prótese.

Os diferentes tipos de próteses dentárias para implantes totais da arcada são projetadas para parecerem o mais naturais possível. Ao observar fotografias de diferentes tipos de próteses, muitas vezes os pacientes têm dificuldade em entender como é possível alcançar um resultado estético. Não se preocupe, reunimos informações e imagens que irão ajudá-lo a escolher o tipo de prótese protocolo mais adequada para as suas necessidades. Durante a sua consulta inicial, nosso implantodontista irá fornecer mais esclarecimentos sobre cada tipo de prótese.

Prótese para implante total da arcada pode ser feita em vários materiais, ou seja há vários tipos próteses

O fato é que os tipos de próteses dentárias tem que ser construídos de forma individualizada para o paciente, com os materiais mais indicados, e sobretudo essa prótese tem que estar inserida na boca para ser analisada por completo. No tratamento com implante total, são inseridos entre 4 e 6 pinos de implante dentário em cada arcada.

Após o tempo de calcificação dos implantes, osseointegração (entre 2 e 6 meses), pode ser iniciada a elaboração da prótese. O tempo de elaboração dos tipos de próteses dentárias pode variar de acordo com o material selecionado e dos requisitos estéticos, o que é combinado e explicado previamente com o paciente. Os materiais possíveis para confecção das próteses fixas para implante total sobre implantes são três: resina, porcelana e zircônia.

Implante completo com prótese em resina (também conhecida como prótese Protocolo Branemark)

É realizada com estrutura de metal e revestimento de resina. Também é chamada metaloplástica, dentadura fixa, prótese acrílica, ou então simplesmente protocolo dentário. A resina é o mesmo material utilizado em dentaduras móveis comuns, com opções de dentes nacionais e importados (de melhor qualidade).

Neste caso, dentre os tipos de próteses dentárias, temos como resultado uma boa estética, sendo sempre necessária a camada de resina rosa. Os dentes tem alto desgaste e podem mudar de cor com o tempo.

tipos de próteses protocolo dentario
Substituição de coroas inestéticas e dentes comprometidos por uma prótese total em resina, fixa em implantes dentários.

Clique aqui e veja mais fotos de tipos de próteses em resina para implante total

Implante de arco inteiro com prótese em porcelana (também conhecida como protocolo cerâmico)

É realizada com estrutura de metal e revestimento de porcelana. Também é chamada metalocerâmica. Tem melhor estética do que a prótese em resina. Se o paciente tiver pouca atrofia óssea, pode ser então feita sem gengiva rosa.

Os dentes tem baixo desgaste e nunca adquirem pigmentação. A capacidade de mastigação é maior do que nas próteses em resina. Alguns dentistas mais antigos contraindicam a prótese de porcelana para implante total por julgá-las pesadas demais, o que é considerado um mito. Pois, estudos recentes comprovaram que a afirmação não é verdadeira e que as próteses fixas para implante total podem ser feitas com muita segurança em metalo-ceramica. Ela apenas tem um valor um pouco maior, se comparado à resina ( metalo-plastica). Mas, certamente o paciente deve considerar que é uma prótese com resultado mais natural, resistente e muito mais duradoura que a resina.

tipos de próteses protocolo dentarios
Imagem de Prótese dentária total para implantes fabricada em metalocerâmica: estrutura metálica com aplicação cerâmica

protese fixa metalocaremica de 4 dentes anterior b
Observe nesta imagem uma prótese fixa Parcial para os 4 dentes da frente feita em metaloceramica. Aqui aparecem os orificios de passagem dos parafusos de fixação, mais escuros devido ao metal que existe dentro da prótese. Você verá nos casos de próteses de Zircônia uma grande diferença nesse sentido, pois a Zircônia ao não ter metal interno vai deixar a prótese mais natural.

Clique aqui e veja mais fotos de tipos de próteses em porcelana para implante total

Tipo de Prótese ProtocoloMateriaisFixação nos ImplantesCaracterísticas Principais
Prótese Protocolo ConvencionalAcrílico, Cerâmica, MetalParafusos ou BarrasSubstitui todos os dentes em uma arcada com fixação em 4 a 6 implantes.
Prótese Protocolo HíbridaAcrílico, Cerâmica, MetalParafusosCombinação de materiais, oferece estética e durabilidade.
Prótese Protocolo de ZircôniaZircôniaCimentação ou ParafusosUtiliza zircônia, um material resistente e estético, para a prótese. Oferece estética superior, resistência e biocompatibilidade.
Prótese Protocolo com Carga ImediataAcrílico, Cerâmica, Metal, ZircôniaParafusosFixação rápida da prótese no mesmo dia da colocação dos implantes.
Prótese Protocolo FixaAcrílico, Cerâmica, MetalParafusosProporciona estabilidade e função mastigatória sem remoção.
Prótese Protocolo RemovívelAcrílicoEncaixe sobre Barra, clipes ou bolas oringOferece a facilidade de remoção para higienização.
Prótese Protocolo OverdentureAcrílico, Cerâmica, MetalEncaixe ou Botões de PressãoPode ser removida para limpeza e manutenção, aumentando a higiene.
Prótese Protocolo em ResinaResina AcrílicaParafusosAlternativa mais econômica, mantendo boa estética e função.
Prótese Protocolo com coroas IndividualizadasDiversos materiaisParafusos ou CimentaçãoDesenvolvida sob medida para atender às características únicas do paciente, para passar o fio dental.
Tabela com alguns dos tipos de próteses dentárias protocolo com suas principais características

Implante total com prótese em zircônia (Prótese sem metal ou Metal Free)

É semelhante à prótese de porcelana, porém a diferença é a estrutura de reforço não é metálica, mas sim de zircônia, um material branco com alta resistência. A principal vantagem da prótese de zircônia é a estética e resistência imbatível frente aos demais materiais.

Além disso, o material apresenta uma translucidez semelhantemente à de dentes naturais. O resultado estético com zircônia é o mais próximo de dentes naturais que temos hoje em dia. A capacidade de mastigação é maior do que nas próteses em resina. Devemos mencionar também, que a forma de elaboração computadorizada, certamente torna o processo muito mais confortável para o paciente, haja vista que é realizado com scanner 3D. Dessa forma, não são utilizadas as antigas moldagens com massa para realizar esta prótese protocolo sobre implante dentario.

tipos de próteses protocolo dentario zirconia
Prótese dentária de zircônia translúcida
tipos de próteses protocolo dentario zirconia dentaria
Prótese dentária total: acima a estrutura em zircônia fresada em impressora 3D. Abaixo, a prótese finalizada com a aplicação cerâmica caracterizando os dentes e gengiva.

Clique aqui e veja mais fotos de prótese em zircônia para implante total

Conclusão

Este artigo oferece uma visão geral de diferentes tipos de próteses protocolo, incluindo os materiais utilizados, métodos de fixação nos implantes e características principais associadas a cada tipo. É importante ressaltar que as informações específicas podem variar entre casos clínicos individuais, sendo que será necessário que avaliemos seu caso com detalhamento para indicar o melhor para sua situação.

Em especial destacamos as vantagens do implante protocolo de zircônia que aliam estética, resistência e modernidade (elaboração 3D.

A Clínica Odontológica ImplArt, sob responsabilidade do Dr Markarian, implantodontista, apresenta grande experiência em casos de implante total e os principais tipos de próteses. Venha fazer uma avaliação e verificaremos o melhor método para você. Também iremos solicitar exames e realizar um estudo aprofundado e orientar sobre as soluções possíveis.

Em caso de dúvidas, agende uma consulta ou então entre em contato conosco. Ficaremos felizes em atendê-lo.

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Album de fotos – Implante dentário e estética dental – ImplArt

Veja fotos de tratamentos com implante dentário, estética dental, prótese dentária, reabilitação oral, odontologia digital.

A odontologia moderna oferece soluções incríveis para restaurar sorrisos e transformar vidas. Uma maneira poderosa de visualizar essa metamorfose é por meio de fotos de antes e depois em implantes dentários. Neste artigo, exploraremos o fascinante mundo das transformações, discutindo diferentes tipos de casos, a importância de conhecer o tratamento e processo de implantes, destacando como as fotos de antes e depois de implante são testemunhas visuais dessa jornada.

1. O Poder das Imagens: Fotos de Antes e Depois que Contam Histórias

As fotos de antes e depois em implantes dentários são mais do que simples registros visuais; são narrativas visuais de transformação. Essas imagens capturam não apenas o estado físico dos dentes, mas também a expressão emocional dos pacientes antes e após o tratamento. Ao observar as fotos, é possível testemunhar a evolução de um sorriso, desde a insegurança causada pela perda dentária até a confiança radiante restaurada pelos implantes.

Essas imagens impactantes não só fornecem uma compreensão visual do sucesso do tratamento, mas também inspiram outros que podem estar hesitantes em buscar a mesma transformação. A transparência dessas fotos cria uma conexão emocional, destacando que a mudança é possível e que cada sorriso tem uma história única a contar.

2. Tipos de Casos: Da Necessidade Única à Reconstrução Completa

A diversidade de casos de implantes dentários é vasta, e as fotos de antes e depois oferecem uma visão aprofundada de como essa abordagem pode ser personalizada para atender às necessidades individuais. Algumas das categorias comumente encontradas incluem:

  • Substituição de Dente Único: Fotos mostrando a transformação de um sorriso com a substituição de um único dente ausente, evidenciando como um implante pode integrar-se de maneira natural à dentição circundante.
  • Reabilitação de Arcada: Imagens de casos que envolvem a reconstrução completa de uma arcada dentária, ilustrando a capacidade dos implantes em proporcionar suporte para próteses fixas e restaurar a função mastigatória.
  • Casos Complexos de Reabilitação oral: Fotos que documentam situações mais desafiadoras, como enxertos ósseos ou elevação de seio maxilar, ressaltando como a odontologia moderna pode superar obstáculos para restaurar sorrisos.
  • Implantes em Pacientes Jovens e Idosos: A comparação de fotos de antes e depois em diferentes faixas etárias destaca como os implantes dentários são uma opção viável para uma variedade de pacientes, independentemente da idade.
  • Impacto Estético e Funcional: Fotos que enfatizam não apenas a melhoria estética, mas também o impacto funcional dos implantes dentários, mostrando como a restauração da função mastigatória pode melhorar a qualidade de vida.

3. A Importância de Conhecer o Tratamento: Educação como Ferramenta de Empoderamento

Conhecer o tratamento e o processo de implantes dentários é essencial para qualquer pessoa considerando essa opção. As fotos de antes e depois, quando acompanhadas de informações detalhadas sobre o tratamento, oferecem uma perspectiva completa e realista do que os pacientes podem esperar.

Ao entender os estágios do tratamento com implantes, os requisitos de cuidados pós-operatórios e as possíveis complicações, os pacientes se sentem mais preparados e confiantes em sua decisão. A educação é uma ferramenta poderosa que permite aos indivíduos participar ativamente do seu próprio tratamento, tornando-se parceiros informados ao lado de seus profissionais de saúde bucal.

4. Fotos de implantes dentarios antes e depois

Veja a seguir fotos de antes e depois em implantes dentários também em nossa clínica que documentam o processo de transformação. Essas imagens muitas vezes incluem:

5. A Mudança que Perdura: Fotos de Antes e Depois como Inspiração Contínua para novos tratamentos reabilitiadores

As fotos de antes e depois em implantes dentários não são apenas um registro do passado, mas uma fonte contínua de inspiração. À medida que os pacientes continuam a desfrutar de seus sorrisos transformados, essas imagens lembram-lhes do caminho percorrido e do impacto positivo que a decisão de optar por implantes teve em suas vidas.

Além disso, essas fotos também servem como uma ferramenta valiosa para implantodontistas e pacientes , ajudando-os a compartilhar histórias de sucesso e a destacar a eficácia do tratamento com os pacientes em potencial. A inspiração gerada por essas imagens contribui para criar uma comunidade de indivíduos que celebram a transformação e encorajam outros a buscar o mesmo caminho.

Conclusão: Transformando Vidas, Uma Foto de Cada Vez

As fotos de antes e depois em implantes dentários da Clínica ImplArt são testemunhas visuais de histórias de transformação que vão além da estética. Elas revelam a jornada emocional e física dos pacientes, destacando a importância de conhecer o tratamento e o processo de implantes. Ao compartilhar essas imagens, inspiramos outros a explorar as possibilidades que os implantes dentários oferecem, não apenas na restauração de sorrisos, mas na melhoria significativa da qualidade

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Agenesia dentária e a necessidade de implantes

A agenesia dentária é caracterizada pela ausência na formação natural de dentes na boca, seja de leite ou permanente. Dessa forma, o portador de agenesia não tem alguns dentes naturais e eles não se formarão jamais. A agenesia congênita pode se apresentar de duas formas: como na ausência de alguns ou poucos dentes (hipodontia) ou na ausência total de dentes (anodontia).

Agenesia é a ausência de dentes congênita

Pode ser tratada com implantes ou ortodontia para obter estética natural e função.

agenesia incisivos laterais 50kb
Agenesia dos dois dentes incisivos laterais superiores
agenesia 49kb
Agenesia de um dente incisivo lateral superior. Observe que houve movimentação natural do canino para preencher o espaço, entretanto há prejuízo estético e funcional da arcada, pois a anatomia e a função dos dois tipos de dente são bem distintas. Para solucionar este caso, foi proposto um tratamento ortodôntico com alinhador transparente para reposicionar o canino e alinhar todos os dentes, abrir espaço para instalar um implante e coroa no local do incisivo faltante.

Dentes afetados pela agenesia

As agenesia dentárias não acontecem com muita regularidade e afetam especialmente o sisos (terceiros molares), os incisivos laterais superiores e pré-molares. Segundo estudos, a agenesia dentária afeta cerca de 7% da população mundial.

agenesia_dental
Neste caso de agenesia, a paciente não tinha o incisivo lateral e o ortodontista fechou o espaço com aparelhos, trazendo o canino mais para a frente

Qual a causa da agenesia dentária?

Fatores infecciosos, nutricionais ou traumáticos podem ser relacionados as causas. Entretanto, a principal responsável pela agenesia é a hereditariedade, o que torna difícil qualquer manobra de prevenção. O diagnóstico é o principal fator para o tratamento da agenesia. Ele é baseado em radiografia e exames clínicos. Más formações como no lábio leporino podem causar também agenesias em alguns casos.

Tratamento para a agenesia dental

A melhor opção para recompor a dentição é o uso da técnica dos implantes dentários. O implante consiste em um pino de titânio que substitui a raiz de um dente perdido. O implante dental serve de apoio para a prótese que será semelhante aos dentes naturais e vai manter uma boa estética e manter a função. Em casos de dentes anteriores onde é necessária uma estética perfeita, podemos utilizar coroas em porcelana pura (metal free), principalmente as de zircônia.

Outros dentistas preferem tratar a agenesia dental com aparelhos, para fechar os espaços. Entretanto, como se trata de um problema que envolve várias especialidades, recomendamos que sejam consultados os especialistas em implantodontia e ortodontia em conjunto. O objetivo é planejar o resultado do tratamento estético e funcional a longo prazo.

agenesia incisivos laterais 49kb
Caso em que o espaço gerado pela agenesia dos incisivos laterais foram tratados com a aplicação de facetas de resina. Mas cada caso precisa ser avaliado individualmente para que seja indicado o tratamento mais adequado.

Diagnóstico da agenesia dental

Uma das peças chaves para o tratamento da agenesia é o diagnóstico precoce. O tratamento pode ser feito em pessoas com qualquer idade, mas tudo fica mais fácil com as crianças, que ainda não possuem a formação dentária completa e a mobilidade é maior. Em crianças apesar de não ser possível utilizar implantes, pode-se fazer um planejamento com uso de aparelhos (ortodontia).

O ortodontista em nossa clínica especializada irá planejar o caso e decidir se o mais correto para o caso é fechar o espaço, movimentando os dentes, ou mantê-lo aberto até o final da fase de crescimento da criança, quando podem ser feitos os implantes.

Algumas vezes é necessário usar mini implantes de transição para ajudar nas movimentações dentárias em casos de agenesia. Para manter a estética do sorriso até o momento do implante, muitas vezes se realiza uma prótese provisória móvel.

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Escanear o código