Bolinha amarela na gengiva, bolha na gengiva ou bolinha vermelha na gengiva são os principais sintomas de fístula dental. Trata-se de uma reação do organismo por causa de alguma infecção no dente.

A pústula pode ser acompanhada de dor, gosto ruim na boca ou cheiro forte.

O que é uma bolinha amarela na gengiva?

A fístula dental é caracterizada pelo surgimento de uma ou mais bolinhas na gengiva, na maioria das vezes de cor amarelada, por reação à uma infecção na região supra gengival. A cor amarelada é, portanto, sinal de acumulo de pus.

Essa condição é comum nos casos de cárie profunda, infecção dos canais, perfuração ou fratura da raiz dentária, periimplantite (infecção em torno de um implante dentário), entre outros motivos.

As lesões são facilmente identificadas pela pessoa em casa e também no consultório. Em geral elas não causam dor, mas é preciso que um dentista avalie para investigar o que está causando esta fístula e tratar o dente e a gengiva e evitar problemas mais sérios, como a perda do dente.

Bolinhas amarelas na gengiva são sintomas de fístula dental.

Para ajudar no diagnóstico, além de um exame clínico, o dentista precisa realizar uma radiografia do dente para avaliar sua saúde e integridade, assim como avaliar a extensão da infecção.

Fístula dental tratamento

O tratamento da fístula dental vai depender do motivo que está levando a isso. O tratamento pode ir desde a prescrição de antibiótico para fístula na gengiva até a extração do dente. Muitas pessoas até perguntam se para fístula dental há tratamento caseiro, por exemplo, como drenar uma fístula na gengiva.

É muito importante buscar atendimento profissional de um dentista, pois a tentativa de solucionar o problema em casa não trata a doença, e além disso pode piorar a situação.

Na maioria das vezes a fístula aparece como um acumulo de pus na região supragengival, e a infecção chega até esta região por uma abertura do dente causada por cárie (buraco no dente).

Em casos moderados de cárie, uma restauração pode ser indicada com o principal intuito de fechar a fissura no dente e impedir a entrada de bactérias. O dentista também pode realizar a correta drenagem do pus.

A fratura dental pode indicar a realização de um implante dentário de urgência. O pus (fístula) tem que ser eliminado imediatamente.

Já nos casos de cárie profunda, há uma deterioração mais significativa do esmalte e dentina que permite a entrada de bactérias nos canais e polpa dentária.

Para este caso o tratamento indicado quase sempre é o tratamento de canal, que basicamente consiste na retirada da polpa infectada, limpeza e obturação dos canais, seguido pelo fechamento do dente com a instalação de uma coroa.

Quando a extração do dente é inevitável, o melhor tratamento então é a sua reposição deste dente por um implante dentário e coroa fixa.

Em todos os casos, com a limpeza e remoção dos tecidos infectados, a fístula deve desaparecer em poucos dias.

Fístula dental pús
Fístulas na gengiva com saída de pus são um sinal de que há problemas sérios no osso, ou na raiz do dente.

Como evitar? Fístula dental e perigoso?

Manter bons hábitos de higiene bucal, praticando a escovação dos dentes após as refeições, uso de fio dental para retirar alimentos entre os dentes. Usar enxaguante bucal e realizar consultas regulares ao dentista são fundamentais para evitar as doenças odontológicas que fazem surgir uma fístula.

Ele pode indicar uma limpeza profissional a cada 6 meses para eliminar acumulo de placa e tártaro nos dentes, pois esses são os principais focos de proliferação bacteriana no meio bucal.

A causa da fístula precisa ser tratada, não só pela manutenção da saúde bucal, como também da saúde em geral. Uma infecção nessa região pode deteriorar estruturas importantes do dente. Além disso, qualquer foco infeccioso precisa ser tratado para evitar que bactérias entrem na corrente sanguínea.

A presença de fístula, drenagem de pús ou infecção nos dentes pode levar à perda óssea dentária, retração gengival e por consequência complicar a colocação e implantes dentários no futuro, dependendo da sua extensão.

Fístula dental infantil

A causa mais comum da fístula dental em crianças é o trauma nesta região devido a algum acidente doméstico, durante uma brincadeira, uma queda, etc.

A fístula surge porque houve um traumatismo e que há infecção no local e áreas próximas, como por exemplo gengivas e mucosa. Neste caso é levar a criança ao consultório odontológico para receber o tratamento mais adequado.

Endereço e Contatos

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

11 3262-4750

contato@implart.com.br

clinica_implart

ImplanteDentarioClinicaImplArt

@implart

ClinicaImplart