Skip to main content

Tag: gengivas

Câncer e tratamento dentário

A dentição é certamente importante para a mastigação, alimentação, digestão e absorção de nutrientes. Para que problemas mais sérios sejam evitados e para minimizar os desconfortos orais durante o tratamento oncológico, é fundamental que o paciente procure tratamento dentário desde o início.

Nossos dentistas podem avaliar as condições de dentes, gengivas, mucosas e ossos para identificar problemas em fase inicial. Dará orientações úteis para que o paciente consiga passar por essa fase sem descuidar da saúde bucal.

Pessoas que estão em tratamento contra o câncer, como a quimioterapia e radioterapia, frequentemente apresentam alterações bucais e pode necessitar também de um tratamento dentário.

O tratamento de cancer faz quebrar os dentes?

Os tratamentos para o câncer, como quimioterapia e radioterapia, podem ter efeitos secundários que impactam a saúde bucal. Embora esses tratamentos não causem diretamente a quebra dos dentes, eles podem levar a condições que aumentam o risco de problemas dentários.

Por exemplo, a quimioterapia pode causar uma condição chamada mucosite, que é a inflamação e formação de feridas na boca. Além disso, a quimioterapia e a radioterapia podem levar ao desenvolvimento de cáries de radiação, que ocorrem entre os dentes e a gengiva e progridem rapidamente. Essas cáries podem eventualmente levar à quebra dos dentes se não forem tratadas adequadamente.

Além disso, esses tratamentos podem causar xerostomia (boca seca), que pode levar ao desenvolvimento de problemas mais graves, como infecções. A baixa imunidade, um efeito colateral comum desses tratamentos, também pode deixar a boca mais suscetível a infecções e inflamações.

Portanto, é crucial que os pacientes em tratamento de câncer mantenham uma boa higiene bucal e consultem regularmente o dentista para prevenir e tratar quaisquer problemas dentários que possam surgir.

Em nossa clínica podemos realizar tratamentos dentários em paciente que tem diagnóstico de câncer ou mesmo naqueles que já se curaram. Claro que para isso precisaremos do acompanhamento do seu médico oncologista.

dor no implante, tratamento dentário
Apenas o tratamento realizado pelo profissional cirurgião-dentista irá solucionar definitivamente o problema da dor.

Quais os principais problemas dentários causados pelo tratamento do cancer ?

Mucositeinflamação da mucosa da boca e da garganta. Por conseqüência podem surgir úlceras e feridas dolorosas e desconfortáveis.

Xerostomiaconhecida como boca seca. O sintoma está relacionado com alterações nas glândulas salivares e por conseqüência a baixa produção de saliva.

Cáriespodem surgir em virtude de boca seca e higienização oral inadequada (pacientes em tratamento podem sentir dor ou náusea ao escovar os dentes) necessitando de tratamento dentário.

Infecçõespacientes em tratamento contra o câncer frequentemente apresentam baixa imunidade e portanto estão suscetíveis a ter infecções orais.

Sangramentosangramentos nas gengivas e mucosas orais podem ocorrer em virtude de baixa no número de plaquetas.

Alterações de paladaro tratamento contra o câncer pode desencadear alterações nas papilas gustativas e o paciente e dessa forma não sentir o sabor de determinados alimentos.

Dicas úteis de tratamento dentário para os pacientes que tem câncer

  • Utilizar escovas de cerdas macias
  • Utilizar antissépticos sem álcool para evitar irritação da mucosa
  • O dentista pode indicar sessões de laserterapia para tratar a mucosite (o laser de baixa potência tem ação terapêutica anti-inflamatória, analgésica bem como cicatrizante. Quase sempre não tem contra indicação).
  • Para ajudar a estimular a produção de saliva, o paciente pode mascar gomas sem açúcar e se hidratar bem. O dentista pode receitar lubrificantes orais (conhecidos como saliva artificial) para então reduzir os efeitos de boca seca.
  • Sangramentos são sinais de alerta e o paciente deve buscar tratamento dentário para identificar o que está causando. Algumas vezes pode estar relacionado com acúmulo de placa bacteriana nos dentes, que dessa forma irrita a gengiva. O dentista pode remover isso rapidamente em consultório dentário.
  • Infecções devem ser tratadas apenas com acompanhamento médico/odontológico.
  • Implantes dentários podem ser indicados para pessoas em tratamento contra o câncer, no entanto apenas depois de uma avaliação muito criteriosa do dentista e o médico, ponderando o risco benefício. Muitas vezes é preferível que o paciente se recupere bem, principalmente sua imunidade.
  • É recomendada a suspensão de tratamento ortodôntico com aparelho durante o tratamento dentário para evitar irritação das mucosas e dessa maneira facilitar a higienização oral.

O Implante Dentário causa câncer ?

Não, os implantes dentários não são uma causa de câncer. Eles são uma alternativa comum para a substituição de dentes perdidos, oferecendo uma base firme para as restaurações dentárias. No entanto, pacientes com câncer podem enfrentar desafios adicionais devido aos efeitos da doença e dos tratamentos oncológicos.

Embora os implantes dentários sejam geralmente seguros, em casos raros, se não forem devidamente cuidados, podem levar a complicações, como infecções. Portanto, é fundamental manter uma boa higiene bucal e realizar check-ups regulares com o dentista.

Além disso, pacientes com histórico de câncer devem discutir qualquer plano de tratamento odontológico com seu oncologista e dentista para garantir que o tratamento seja seguro e eficaz.

Em nossa clínica estamos acostumados a receber pacientes que realizaram ou irão realizar tratamentos para cancer.

Caso você precise algum tratamento ou precise um aconselhamento venha falar conosco !

Conclusão

O tratamento contra o câncer pode causar sangramentos nas gengivas e mucosas orais devido à baixa contagem de plaquetas. Além disso, é comum que o paciente experimente alterações no paladar, o que pode fazer com que ele não sinta o sabor de certos alimentos. Para os pacientes com câncer, é importante seguir algumas dicas de saúde bucal.

Para melhorar ainda mais nossa gama de serviços, agora oferecemos apoio a pacientes que precisem de tratamento dentário ou de dentista hospitalar no Hospital Oswaldo Cruz em São Paulo. Se você ficou com alguma dúvida sobre tratamento dentário para paciente oncológico, entre em contato conosco através de um dos canais abaixo.

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Limpeza com anestesia evita a sensibilidade e é mais confortável

A limpeza com anestesia dental profilática é uma das medidas mais importantes para evitar as doenças sérias que acometem os dentes, gengivas bem como o osso de suporte.

Raspagens e limpezas no dente com anestesia são possíveis e evitam dores

Ela é fundamental para remover os primeiros sinais de acúmulo de placa bacteriana, principalmente para evitar em tempo o avanço para situações mais graves.

Como por exemplo o acúmulo de tártaro (cálculo), cárie, gengivite, infiltração nos canais, periodontite e até mesmo a mobilidade ou queda do dente.

limpeza com anestesia

A limpeza com anestesia dental é um procedimento muito simples

Primeiramente é feita a remoção do biofilme, placa bacteriana e tártaro aderidos na superfície dentária com o uso de um aparelho vibratório.

Em casos mais avançados, o dentista também pode utilizar instrumentos específicos para raspagem manual e cautelosa de cálculos mais duros.

Sobretudo no nível dental ou na raiz embaixo da gengiva (alisamento radicular).

A limpeza com anestesia dental é um procedimento tranquilo

Algumas pessoas relatam certo desconforto ao realizar uma limpeza dental profilática.

Principalmente as que têm dentes sensíveis, que estão com inflamação gengival ou simplesmente tem medo de dentista.

A dor e sensibilidade durante uma limpeza profissional podem variar muito ao passo que a situação em que os dentes e gengivas se encontram.

Porém, esses desconfortos não devem ser uma desculpa para uma pessoa deixar de cuidar da saúde bucal.

Principalmente porque a limpeza dental profissional pode ser feita sob anestesia para neutralizar essas sensações.

A anestesia local aplicada não causa dor e o procedimento pode ser feito com tranquilidade e conforto.

Dicas para limpeza com anestesia dos dentes

É importante que se procure ter uma higienização oral adequada, com o uso diário de escova, creme dental, enxaguantes e fio apropriados.

Visite regularmente o dentista para realizar a limpeza com anestesia dental.

A frequência é definida pelo dentista depois de avaliar cada caso, mas normalmente o ideal é que seja de seis em seis meses.

Muitas vezes o olhar profissional consegue identificar problemas em estágio inicial que uma pessoa leiga não conseguiria ver.

O clareamento dentário deve ser feito após a limpeza dos dentes e nunca antes, tampouco podem ser feitas no mesmo dia. O motivo é que as substâncias químicas dos dois tratamentos podem interagir entre si anulando seus efeitos.

É mais importante ainda que se procure o consultório ao notar inflamação e sangramento gengival, pontos escuros na superfície dentária e mobilidade do dente.

Resumindo os 5 motivos para fazer limpezas no dentista com anestesia


1. Maior Conforto para o Paciente:
Uma das principais vantagens de optar por uma limpeza dental com anestesia na clínica dentária ImplArt é o aumento do conforto para o paciente. A aplicação da anestesia local (que pode ser eletrônica) durante o procedimento reduz significativamente qualquer sensação de desconforto ou dor que possa ser associada à limpeza profunda. Isso é especialmente benéfico para aqueles pacientes que têm uma sensibilidade dental mais elevada ou que experimentam ansiedade em relação a procedimentos odontológicos. Com a anestesia, a experiência torna-se mais agradável e menos estressante, encorajando uma abordagem preventiva para a saúde bucal.

Pode pedir anestesia para fazer limpeza na sua proxima visita ao dentista !

2. Eficiência na Remoção de Tártaro e Placa: A limpeza com anestesia na clínica ImplArt oferece a vantagem adicional de permitir uma remoção mais eficiente de tártaro e placa bacteriana. A anestesia local relaxa os músculos da mandíbula e diminui os reflexos da deglutição, o que facilita o acesso do profissional de saúde bucal às áreas mais difíceis de alcançar. Isso resulta em uma limpeza mais minuciosa e completa, contribuindo para a prevenção de problemas como cáries, gengivite e periodontite.

3. Facilitação do Trabalho do Profissional: A utilização da anestesia também facilita o trabalho do dentista na clínica ImplArt. Ao eliminar a possibilidade de movimentos involuntários do paciente durante o procedimento, o profissional ganha mais precisão e segurança ao realizar a limpeza dental. Isso é particularmente importante em casos em que a remoção de tártaro é mais complexa, exigindo maior concentração e habilidade por parte do dentista. A anestesia permite um ambiente de trabalho mais controlado, resultando em melhores resultados para a saúde bucal do paciente.

4. Atendimento Personalizado: A clínica ImplArt preza pela satisfação e bem-estar dos pacientes, e a opção de realizar a limpeza com anestesia permite um atendimento mais personalizado. Cada paciente é único, e as necessidades individuais podem variar. A possibilidade de oferecer a anestesia local demonstra o comprometimento da clínica em proporcionar uma experiência odontológica adaptada às particularidades de cada pessoa. Isso contribui para a construção de uma relação de confiança entre paciente e profissional de saúde bucal, promovendo a continuidade dos cuidados dentários.

5. Estímulo à Adesão aos Cuidados Odontológicos: A experiência positiva proporcionada pela limpeza dental com anestesia na clínica ImplArt pode ter um impacto significativo na adesão contínua aos cuidados odontológicos. Pacientes que experimentam conforto durante os procedimentos têm maior probabilidade de retornar regularmente para check-ups e tratamentos preventivos. Isso é essencial para a manutenção de uma boa saúde bucal a longo prazo, evitando complicações e reduzindo a necessidade de intervenções mais invasivas no futuro. A anestesia durante a limpeza dental, assim, desempenha um papel crucial na promoção da saúde bucal preventiva e na construção de uma relação duradoura entre pacientes e profissionais de odontologia na clínica ImplArt

Superando o Medo do Dentista com Anestesia:

  • Redução da Ansiedade e Desconforto: O medo de dentista, conhecido como odontofobia, muitas vezes está associado à ansiedade e ao receio de sentir dor durante os procedimentos odontológicos. O uso da limpeza com anestesia pode ser uma solução eficaz para minimizar esses medos, uma vez que proporciona uma experiência praticamente indolor. A ausência de desconforto contribui significativamente para a diminuição da ansiedade, tornando a visita ao dentista mais suportável e menos assustadora.
  • Controle da Sensação de Dormência: A anestesia local, quando administrada corretamente, não apenas bloqueia a sensação de dor, mas também cria uma sensação de dormência na área tratada. Isso significa que pacientes que têm medo de sentir qualquer tipo de sensação desagradável durante um procedimento podem se beneficiar da anestesia, já que ela cria uma experiência praticamente insensível na limpeza com anestesia. Essa falta de sensibilidade contribui para uma consulta mais tranquila e menos intimidadora.

O paciente pode até ser sedado para fazer a limpeza com anestesia ! (em casos de odontofobia extrema ou muita sensibilidade)

  • Facilitação do Diálogo com o Dentista: O medo do dentista muitas vezes está relacionado à falta de controle e ao desconhecido. A anestesia proporciona uma oportunidade para que o paciente mantenha um diálogo aberto e constante com o profissional de odontologia. Ao se sentir mais confortável e relaxado devido à ausência de dor, o paciente pode expressar suas preocupações, fazer perguntas e entender melhor o que está acontecendo durante o procedimento. Esse diálogo aberto pode contribuir para a construção de confiança e para a redução do medo ao longo do tempo na limpeza com anestesia.
  • Foco na Prevenção e Bem-Estar: A utilização da anestesia no contexto odontológico é comumente associada a procedimentos mais invasivos, como extrações ou tratamentos de canal. No entanto, ela também pode ser aplicada em procedimentos preventivos, como limpezas dentárias. Ao perceber que é possível realizar até mesmo procedimentos rotineiros sem dor, os pacientes podem ser incentivados a buscar tratamentos preventivos e regulares, contribuindo para a manutenção da saúde bucal a longo prazo.
  • Criação de Experiências Positivas: O uso da anestesia não só reduz a dor física, mas também ajuda a criar experiências positivas para os pacientes. Ao associar as visitas ao dentista a momentos menos traumáticos e mais confortáveis, gradualmente, o medo pode ser substituído por uma percepção mais positiva dos cuidados odontológicos. Isso é especialmente benéfico para aqueles que têm histórico de experiências negativas no passado, pois a anestesia pode desempenhar um papel crucial na quebra desse ciclo de medo e ansiedade.

Em resumo, o uso da anestesia no contexto odontológico não apenas oferece alívio da dor, mas também aborda os aspectos emocionais relacionados ao medo do dentista. Essa abordagem pode ser um elemento-chave na construção de uma relação mais saudável entre paciente e profissional de odontologia, incentivando a continuidade dos cuidados bucais e promovendo a saúde geral da boca.

Conheça a ImplArt Odontologia

A equipe da ImplArt é formada pelas diferentes áreas da odontologia que sobretudo deixa seu atendimento e tratamento completo e mais rápido.

Além disso, possui uma sala de radiologia digital em que você realiza seus exames sem precisar sair da clínica.

A ImplArt realiza atendimento em Day Clinic para quem tem pouco tempo ou tem medo de dentista. Saiba mais clicando aqui.

Em caso de dúvidas, agende uma consulta ou então entre em contato conosco. Ficaremos felizes em atendê-lo.

(11) 3262-4750

contato@implart.com.br

Fale Conosco

WhatsApp: (11) 99598-1866

Skype: clinica_implart

Facebook: ImplanteDentarioClinicaImplArt

Twitter: @implart

Instagram: ClinicaImplart

Por que trocar sua prótese fixa sobre dentes por implante com coroa?

A prótese fixa sobre dentes é uma solução eficaz para suprir dentes ausentes, mas existem algumas desvantagens se ela for comparada aos implantes dentários com coroa. A principal e a mais preocupante desvantagem é a reabsorção óssea que ocorre ao longo dos anos e pode comprometer a estética bem como a saúde do paciente.

A reabsorção óssea é uma complicação comum na prótese fixa sobre dentes. Isso pode afetar tanto a estética quanto a saúde do paciente. Além disso, a prótese fixa pode exigir um desgaste dos dentes adjacentes saudáveis, o que pode ser prejudicial a longo prazo. Outra desvantagem é a dificuldade de higienização adequada da prótese fixa, o que pode levar a problemas dentários e gengivais. Por fim, a prótese fixa pode apresentar um maior risco de fraturas ou descolamentos em comparação com os implantes dentários com coroa.

Vamos abordar mais profundamente o tema a seguir:

Implante dentário traz segurança e tranquilidade

O paciente tem a alternativa de trocar sua prótese fixa sobre dentes por implante com coroa para individualização da prótese. Sobretudo, a forma de instalação da prótese fixa sobre dentes é muito diferente da colocação de implantes com coroa. Então veja na imagem a seguir como é esse procedimento.

prótese fixa sobre dentes
A imagem mostra a ausência de um dente e a indicação da prótese fixa para preencher esse espaço. A instalação desse tipo de prótese exige o desgaste dos dentes vizinhos para que eles sejam usados como suporte. Observe que a peça protética é inteiriça e o paciente não consegue passar fio dental entre os dentes.

Já o Implante dentário traz segurança e tranquilidade. O paciente tem a alternativa de trocar sua prótese fixa sobre dentes por implante com coroa para individualização da prótese. Sobretudo, a forma de instalação da prótese fixa sobre dentes é muito diferente da colocação de implantes com coroa.

Como dito anteriormente, o grande problema desse tipo de prótese é o avanço da perda óssea que acontece ao longo do tempo. Isso ocorre porque o osso que sustentava o dente ausente não tem mais função e o organismo inicia um processo de reabsorção desse osso. Tanto tecido ósseo como gengiva vão se recolhendo ao longo tempo e a prótese não acompanha esse movimento, portanto, um espaço extra pode surgir entre a prótese e os tecidos.

Tudo isso causa um grande comprometimento estético do sorriso.

Além do prejuízo estético, há certamente risco para a saúde do paciente. O desgaste dos dentes vizinhos para instalação da prótese fixa deixa os dentes fragilizados e sujeitos a fraturas, doenças periodontais bem como infiltração bacteriana.

O recolhimento do osso e gengiva expõe as raízes dos dentes vizinhos, deixando-as suscetíveis a cáries e proliferação bacteriana nas polpas dentárias. Nesse caso, o paciente pode precisar passar por um tratamento de canal ou até mesmo extrair os dentes.

A grande vantagem em substituir a prótese fixa sobre dentes por implante com coroa certamente é a paralisação da reabsorção óssea. A inserção do pino de implante no osso substitui a raiz do dente perdido. Ou seja, o organismo entende que o osso ali na região ainda tem função de suporte. Veja esses exemplos na imagem a seguir:

implantes_tipos

Existem ainda outras vantagens do implante com coroa:

  • A possibilidade de utilizar fio dental;
  • A preservação da integridade dos dentes vizinhos (que não precisam sofrer desgastes);
  • A proteção do tecido ósseo e gengival contra doenças periodontais e infiltrações;
  • É mais resistente e durável em relação à prótese fixa sobre dentes ou prótese móvel;
  • O restabelecimento da função mastigatória e da segurança para falar e sorrir;
  • Resultado certamente estético. A coroa protética imita cor, textura e formato dos dentes vizinhos e ficam indistinguíveis no conjunto do sorriso.

Curiosidade: Recentemente recebemos um paciente que confundiu o termo Prótese Fixa por Prótese Fisica.

Conclusão

É recomendada a substituição da prótese fixa sobre dentes por implante com coroa o quanto antes para evitar perda óssea. Se o paciente usa prótese fixa sobre dentes por muitos anos e há perda óssea, será avaliado para saber se implante com coroa é viável.

O implante dentário precisa de volume ósseo para ser instalado (deve ficar dentro do osso). Portanto pode ser necessário reconstruir o volume perdido com enxerto ósseo e gengival. Os dentes que foram utilizados como suporte da prótese fixa precisam de avaliação para determinar se poderão ser mantidos ou extraídos.

Se for constatado que eles poderão ser mantidos, o dentista pode restaura-los com coroa protética para dar forma e proteção ao dente. Em caso de dúvidas, agende uma consulta ou então entre em contato conosco. Ficaremos felizes em atendê-lo.

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Certificado Médico Aeronáutico para pilotos e comissários

O Certificado Médico Aeronáutico (CMA) é uma forma de assegurar que pilotos de aviões e helicópteros e comissários de voo estão em condições de saúde física e mental para exercer a profissão. Para obtenção ou revalidação desse certificado, esses profissionais devem se submeter a uma série de exames periciais que demonstrem essas condições.

Na ImplArt você cuida da saúde bucal e se prepara para o Certificado Médico Aeronáutico para pilotos e comissários com tranquilidade

Parece bobagem, mas problemas odontológicos, como cáries, podem reprovar um candidato que visa obter ou revalidar o certificado nos exames de 1ª e 2 ª classes. A presença de tártaro, por exemplo, pode resultar em uma anotação de pendência para que o candidato procure tratamento e resolução do problema até o exame seguinte.

A não resolução deste problema também pode resultar em reprovação. Portanto os exames odontológicos para pilotos de aviões e helicópteros são essenciais. De uma forma geral, essas são as condições que merecem atenção do candidato com relação à saúde, o funcionamento bem como a estética oral: 

  • Ausências dentárias ou uso de próteses;
  • Alterações nos dentes, gengivas, mucosas, língua e palato;
  • Alterações estéticas (restaurações inadequadas, modificações acentuadas de coloração);
  • Cáries;
  • Afecções dentárias periodontais que comprometam a mastigação, a estética, ou a fala;
  • Problemas de oclusão dentária que comprometam as funções mastigatórias, estéticas e/ou da fala.

Fonte: Ministério da Defesa – Comando da Aeronáutica – ICA 160-6/2012 (texto adaptado).

Se você está se preparando para obter ou revalidar o CMA e quer passar pela inspeção com mais tranquilidade, é recomendado que você faça uma avaliação odontológica completa para dessa forma evitar constrangimentos e contratempos. Mesmo que você ache que está tudo bem, o olhar clínico do profissional de odontologia pode identificar problemas em estagio inicial a tempo de soluciona-los ou estaciona-los.

Conheça a Clínica ImplArt e sua equipe multiespecialista. Aqui você encontra:

Então entre em contato conosco:

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Troque a prótese protocolo de resina por prótese de porcelana ou zircônia

Novos materiais como a prótese de porcelana ou a zircônia dental ajudam a construir próteses dentárias, ainda mais estéticas hoje em dia, sendo grandes aliados na reabilitação com implante dentário.

O desejo comum de quem vive a desagradável condição da falta dos dentes certamente é a restituição do bem estar e da segurança ao mastigar e sorrir, com implante dentário e próteses mais próximas do natural possível.

A prótese protocolo em zircônia translúcida é a mais moderna opção para quem busca tratamento com implantes dentários e prótese fixa computadorizada. Por contar com sistemas de moldagens digitais, com scanner 3D, o tratamento é confortável e muito mais rápido. Em segundo lugar, temos a opção de Zirconia + Porcelana, que conta com estrutura em Zirconia e exterior em Porcelana. Em terceiro lugar, aparece a prótese sobre implante em metalocerâmica, formada por estrutura em metal e exterior em porcelana.

O protocolo de prótese fixa sobre implante é um método revolucionário na odontologia moderna, destinado a restaurar a funcionalidade e a estética do sorriso de pacientes que perderam um ou mais dentes. Este protocolo envolve a instalação de implantes dentários de titânio no osso maxilar ou mandibular do paciente, que servirão como suporte para a prótese fixa, substituindo os dentes perdidos de forma permanente e segura.

O que é uma protese protocolo sobre implante ?

Uma prótese protocolo sobre implantes é um tipo de prótese dentária fixa que é suportada por implantes dentários. Esse tipo de prótese é utilizado em casos de perda total dos dentes de uma arcada (superior, inferior ou ambas), oferecendo uma solução permanente e estável para a reabilitação oral. A prótese é chamada de “protocolo” porque segue um procedimento padrão ou protocolo para sua instalação e fabricação, visando restaurar a função mastigatória, a estética e a saúde oral do paciente.

A prótese protocolo sobre implantes é considerada uma das melhores opções de reabilitação oral para pacientes edêntulos (sem dentes), pois oferece resultados estéticos e funcionais superiores quando comparada a próteses removíveis. Além de proporcionar uma aparência natural e conforto, ela permite uma excelente capacidade de mastigação e fala, contribuindo significativamente para a qualidade de vida do paciente.

Qual a melhor: Prótese de porcelana ou de resina?

A Implantontia e a Protése Dentária avançaram muito no desenvolvimento de próteses dentárias estéticas e resistentes, ao passo que hoje em dia elas são praticamente indistinguíveis quando instaladas na boca.

Os materiais mais utilizados para confecção de próteses dentárias são a Zirconia e a porcelana, a primeira opção é totalmente livre de metal, enquanto que a segunda, conta com uma estrutura metálica para reforço interno. Muitas pessoas, em algum momento, optaram ou foram orientadas por profissionais dentistas a repor seus dentes perdidos (ou substituir a dentadura) por prótese protocolo. A maioria das pessoas ouviu falar da opção em Resina, entretanto atualmente este tipo de material já foi superado pela Zirconia e pela Porcelana, que apresentam resultados mais duradouros e esteticamente superiores.

Como é feita uma prótese protocolo de resina?

A prótese de resina – também é conhecida como prótese protocolo – quando bem feita, é visualmente muito parecida com os dentes e gengivas naturais. No entanto possui algumas desvantagens, que são o desgaste e o amarelamento com o tempo.

As manchas nas próteses de resina surgem principalmente pelo consumo de alimentos muito pigmentados, como café, vinho, chás e beterraba ou pelo tabaco.

Quando a prótese protocolo de resina se encontra nessa situação, desgastada ou manchada, o paciente tem então a opção de substituí-la por outra nova.

Sequencia do protocolo de prótese fixa com implante

Uma prótese protocolo de resina bem feita é semelhante visualmente aos dentes e gengivas naturais. No entanto, ela tem a desvantagem de se desgastar e amarelar com o tempo. As manchas nas próteses de resina são principalmente causadas pelo consumo de alimentos pigmentados, como café, vinho, chás, beterraba e tabaco. Quando a prótese protocolo de resina está desgastada ou manchada, o paciente tem a opção de substituí-la por uma nova.

A execução deste protocolo começa com uma avaliação detalhada da saúde bucal do paciente, incluindo exames de imagem para determinar a viabilidade do osso para receber os implantes. Após esta fase, procede-se à cirurgia de implantação, na qual os implantes são inseridos no osso. Segue-se um período de osseointegração, essencial para a estabilidade dos implantes, durante o qual o osso se funde ao titânio, criando uma base sólida para a prótese.

Finalizada a osseointegração, a prótese fixa é confeccionada sob medida e acoplada aos implantes. Este processo não apenas devolve ao paciente a capacidade de mastigação e a estética do sorriso, mas também preserva a estrutura óssea facial, evitando sua reabsorção e mantendo a integridade dos tecidos moles circundantes. A prótese fixa sobre implante é uma solução duradoura, que oferece conforto, funcionalidade e um aspecto natural, melhorando significativamente a qualidade de vida do paciente.

protese_de_porcelana_ou_resina
Imagem de prótese de resina e prótese de porcelana: Neste caso a paciente possui uma Prótese de Porcelana e uma Prótese de Resina. Após 5 anos de uso veio para uma consulta de rotina. Você quer tentar adivinhar qual é a de porcelana e qual a de resina ?

Como funciona a prótese de porcelana?

Caso o paciente já tenha realizado a etapa de implante dentario anteriormente, pode aproveitar o momento para trocar essa prótese antiga deteriorada, por uma prótese de porcelana (protocolo cerâmico). Este tipo de prótese conta com uma estrutura em metal, e por isso tem o nome de metalocerâmica. Ou então a opção mais moderna, em Zircônia, que é livre de metais (metal free).

A porcelana (metaloceramica) é um material altamente resistente e durável e caracteriza-se por ter superfície lisa e não porosa, por isso a prótese não mancha com o passar do tempo. A Prótese de Porcelana e a Protese em Zirconia, são as únicas que podem ser feitas com ou sem gengiva.

A prótese metalocerâmica é uma opção com estrutura de metal e a porcelana é altamente resistente e durável. A opção mais moderna é a prótese em zircônia, livre de metais. Ambas as opções podem ser feitas com ou sem gengiva.

Entretanto a escolha entre ter ou não a gengiva caberá ao dentista e ao paciente em conjunto, analisando ainda as condições estéticas. As principais diferenças entre a prótese de porcelana com metal e a prótese de porcelana com zircônia são a resistência, o resultado estético, a forma de execução e a durabilidade.

O tratamento com prótese protocolo, prótese fixa sobre implante dentário em zircônia é totalmente computadorizado. Utiliza scanner 3D e planejamento digital em sua execução, o que proporciona portanto maior precisão, rapidez na elaboração, além do resultado esteticamente natural.

porcelana x resina
Imagem de prótese de resina (embaixo) e prótese de porcelana (em cima) .Na visão intra-oral não resta dúvida. A prótese de porcelana é a superior. Em contrapartida a de resina é a inferior. Após 5 anos de uso observe o desgaste e manchamento na prótese de resina.

Quais os benefícios da prótese de zircônia?

prótese em zircônia é realizada mediante um método de produção extremamente avançado. Utiliza moldagem intraoral digital, sendo planejada em computador e fabricada em impressoras 3D. Ela é produzida a partir de um bloco puro em Zirconia, dessa forma, o disco de zircônia é colocado na impressora 3D e este é fresado no formato do projeto computadorizado.

A estrutura da prótese em zircônia e os dentes formam uma peça única, e por isso ela também é chamada de Zircônia monolítica. A ausência do metal em sua estrutura, é um dos fatores que merece destaque quando comparada com a prótese chamada de metalocerâmica (porcelana).

Se por um lado temos a barra metálica presente nas próteses metalo-cerâmicas, por outro lado, na zircônia sobre implantes, a estrutura possui tonalidade estética por ser clara, e ainda com resistência superior a qualquer outro material. Veja este caso de prótese fixa sobre implantes superior e inferior em zircônia.

Saiba mais sobre próteses dentárias sobre implantes

A prótese em porcelana pode ser projetada para encaixar perfeitamente nos implantes já existentes. Inicialmente qualquer pessoa que já faz uso de prótese protocolo em resina é apta a substituí-la por prótese em porcelana e não há contra indicação. A zircônia pode ser utilizada também para elaborar outros tipos de prótese como as coroas de zircônia.

Prótese de Porcelana para implante dentario desgasta o dente natural oposto ?

A utilização de prótese de porcelana para implante dentário não desgasta exageradamente o dente natural oposto. Atualmente, as porcelanas são fabricadas com tecnologias que reduzem o seu potencial de desgaste nos dentes opostos, preservando assim a integridade do esmalte e da dentina.

Além disso, as porcelanas podem ser ajustadas para ter um encaixe perfeito com os implantes, evitando assim o atrito excessivo. Dessa forma, as porcelanas podem oferecer uma solução estética, funcional e durável para os pacientes que precisam de próteses dentárias sobre os implantes de titânio.

Conclusão

A Equipe ImplArt é formada por profissionais especializados em implantes dentários e confecção próteses estéticas. Além disso, possui estrutura equipada com sistema CEREC 3D que pode agilizar consideravelmente a confecção da prótese em porcelana.

A zircônia é um material versátil que pode ser usado na fabricação de coroas dentárias e prótese de porcelana. Além disso, a Clínica ImplArt conta com uma equipe especializada em implantes dentários e próteses estéticas. A clínica também possui equipamentos avançados, como o sistema CEREC 3D, que possibilita a confecção rápida de próteses em porcelana.

O sistema CEREC permite fazer o projeto tridimensional da prótese de porcelana em harmonia com sua boca e você pode acompanhar tudo antes mesmo de começar o tratamento. Atualmente a Clinica ImplArt conta com mais uma novidade, a moderna impressora 3D Cerec Primemill chega ao nosso laboratório digital, permitindo ainda mais rapidez na fresagem das próteses.
Então entre em contato conosco e agende sua consulta.

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Escanear o código