Skip to main content

Tag: raiz dentaria

O que devo saber sobre os Tipos de implantes dentários?

Muitas são as dúvidas com relação aos tipos de implantes dentarios existentes no mercado e quais são os melhores modelos. A colocação de um implante dentario é certamente a melhor forma de suprir dentes perdidos possibilitando a restauração de uma cavidade bucal completa e funcional.

Graças ao avanço da tecnologia, podemos afirmar que temos excelentes modelos e marcas de implantes dentários para que inúmeras necessidades sejam atendidas. Atualmente há modernos implantes como o implante cerâmico, único sem metal. Além dos implantes de rápida cicatrização da Straumann.

Vale lembrar que quando estamos falando de implante dentario, estamos nos referindo ao “pino” que é inserido junto ao osso através de uma cirurgia. A coroa dentaria é o “dente” que vai sobre esse implante. Este esclarecimento é importante pois às vezes há confusão sobre o que é o implante e o que é a coroa. Por isso, não confunda implante com coroa.

Definição e Indicações para Implante Dental

O implante dental é uma estrutura artificialmente concebida que se propõe a substituir as peças dentárias originais do paciente. Trata-se de um parafuso que se integra ao osso maxilar por meio de um procedimento conhecido como implantologia, sobre o qual será fixado o novo dente. Além da compreensão da natureza dos implantes, é importante entender os motivos que levam a fazer um implante dental, notadamente:

  • Em casos de traumatismo significativo que resultam na extração completa de um dente.
  • Quando um dente está comprometido e não é passível de reconstrução.
  • Na presença de alguma doentça que tenha ocasionado ou esteja associada à perda de um ou mais dentes.
    Cumpre ressaltar que o processo de implantação para a substituição de dentes perdidos deve ser conduzido em ambiente clínico odontológico, garantindo, assim, a integridade e segurança do paciente.

Tipos de cirurgia para o pino do implante dentário

implante unitario 43kb

Implante dentário unitário (só um pino)

O implante dentário unitário é indicado para reposição de um único dente perdido. É importante realizar a reposição de dentes, mesmo que seja apenas um, porque o implante dentário tem a função parecida com a da raiz dentária e o paciente não sofre com a reabsorção óssea. Pode haver comprometimento da função e da estética dental por conseqüência da ausência de um único dente.

ponte sobre implantes 43kb

Implante múltiplo (vários pinos de implante para diversos dentes)

Implante dentário múltiplo é a reposição de dentes sequenciais de uma determinada área da arcada. Normalmente o elemento central fica suspenso, como se fosse uma ponte. Também pode ser chamado de prótese fixa.

implante total straumann 30kb

Implante dentário total (para todos os dentes)

Implante dentário total é a substituição de todos os dentes perdidos de uma arcada inteira. Em suma, os implantes dentarios são estrategicamente distribuídos em toda arcada para receber uma prótese completa fixa. Esta prótese também é chamada de prótese protocolo. É sem dúvida importante para devolver a qualidade de vida, estética e funcionalidade ao paciente que sofre pela ausência dos dentes ou que utiliza uma prótese móvel, dentaduras.

Materiais, formatos e tipos de implantes dentários

implante slactive straumann 34kb

Implante dental de titânio

Os implantes dentários são em sua maioria fabricados em titânio, um material inerte biocompatível que não causa reação imunológica (apenas não indicado para pessoas com alergia ao níquel).

Tipo de ImplanteMaterialFormatoCaracterísticas Principais
Implantes Endo-ósseosTitânio/ZircôniaParafusoInseridos diretamente no osso maxilar ou mandibular.
Implantes SubperiósticosTitânioPlacaPosicionados acima do osso, abaixo da gengiva.
Implantes TransósseosTitânioDiversosAtravessam o osso, projetando-se para fora da gengiva.
Implantes ZigomáticosTitânioVariávelAncorados no osso zigomático, úteis em casos de perda óssea.
Implantes MiniaturizadosDiversos materiaisParafusoVersões menores dos implantes convencionais.
Implantes ImediatosTitânioParafusoColocados imediatamente após a extração do dente.
Implantes CônicosTitânioCônicoOferecem estabilidade inicial superior durante a inserção.
Implantes CilíndricosTitânioCilíndricoForma mais reta, frequentemente utilizados em áreas não visíveis.
Implantes de Carga ImediataTitânioVariávelPermitem a fixação da prótese no mesmo dia da colocação.
Implantes PersonalizadosDiversos materiaisSob medidaDesenvolvidos com base nas características anatômicas do paciente.
Tabela contendo alguns tipos de implantes dentários disponíveis. A aplicação e indicação será discutida em sua consulta de avaliação e planejamento. Atualmente os implantes que mais modernos que utilizamos são do tipo endo-ósseo, de zircônia cilindricos e cônicos.
tipos de implantes dentários straumann

Implantes de cerâmica pura – pinos de implante sem metal

São pinos de implante fabricados a partir de um zircônia de alto desempenho, sem metal. Ele é chamado de implante ceramico. É uma opção para pacientes com gengiva muito fina, especialmente na região anterior, ou com alergia ao níquel (e outros metais), para pacientes com doenças imunológicas (auto-imunes como psoríase, lúpus, etc), ou mesmo para aqueles que não querem ter metais na boca.

Outras características de implantes

  • Implantes de nível gengival – conexão do componente protético ao nível gengival.
  • Implantes de nível ósseo ou cone morse – implantes com conexão interna do componente protético, uma opção para preservar a crista óssea e tecido gengival
  • Implante com tecnologia na superfície – os implantes dentários são preparados para permitir a osseointegração. A principal característica presente no implante é a micro rugosidade de sua superfície, obtida através de um jateamento. Essa característica física permite a entrada do sangue e por conseqüência as células formadoras de tecido ósseo. Essa etapa é importante para a osseointegração. Alguns modelos de implantes de alta tecnologia, além da micro rugosidade na superfície, também possuem um tratamento químico que favorece e acelera esse fenômeno.

Leia mais sobre os implantes dentários suíços Straumann

Implante dentário nacional ou importado?

Por algum tempo, tínhamos apenas opções de implantes dentários importados para então realizar uma reabilitação oral. Mas os fabricantes de implantes dentários nacionais investiram muito em pesquisas e desenvolvimento de materiais e se tornaram uma opção confiável sendo inclusive exportados para Estados Unidos e Europa. Entrento, caso você esteja procurando tratamentos mais rápidos, os implantes Straumann ainda não imbatíveis quando o quesito é osseointegração rápida. Além disso, os implantes com sistema Cone Morse são os mais modernos e se possível, opte por eles.

Leia mais sobre enxerto ósseo para implante

Os implantes dentários nacionais oferecem boas opções, quando o assunto é tecnologias que favorecem a osseointegração e tem obtido ótimos resultados.

Mais tipos de implantes dentários

  • Implantes de Carga Imediata: Destacam-se pela dispensa da necessidade de incisões na gengiva, contudo, restringem-se a casos em que o paciente apresenta volume ósseo adequado, sem a presença de infecção.
  • All on Four e All on Six: Consistem em próteses fixas compostas por 4 implantes (all on four) ou 6 implantes (all on six), caracterizando-se pela ausência de incisões na gengiva, sendo aplicáveis somente em situações em que o paciente detém adequado volume ósseo, sem presença de infecção.
  • Implantes Removíveis: Destinam-se à substituição integral de todas as peças dentárias, possibilitando a remoção da prótese conforme necessário.
  • Implantes Justaósseos, Subperiostais, Fibro-ósseo integrados ou Subcrestais: Inseridos entre o osso maxilar e o tecido gengival, estes implantes surgiram no começo da Implantodontia, há mais de 40 anos e forma substituídos pelos tradicionais implantes osseointegrados. Entretanto novas tecnologias digitais tem impulsionado o ressurgimento de novas versões de implantes justa-ósseos plenejados por computador de forma customizada para o paciente. Estas soluções são consideradas muito avançadas e se empregam para casos de atrofia maxilar ou mandibular severa.
  • Implantes Endoósseos ou Intraósseos: Configuram-se como o tipo mais prevalente hoje em dia, fundamentando-se no princípio da osteointegração para estabelecer uma união perfeita entre a prótese e o osso.
  • Implantes Zigomáticos: Desenvolvidos especificamente para casos de atrofia maxilar, ou seja somente para a arcada superior, quando o volume ósseo no maxilar é notadamente reduzido.
  • Implantes Angulados: Implantes convencionais, porém posicionados de maneira inclinada para possibilitar o acesso a áreas mais densas em osso, viabilizando sua implantação em pacientes que apresentam deficiência óssea.

Procedimento de Implantação – instalação de um Implante Dental

No tocante à instalação de implantes dentários, o procedimento segue a seguinte sequência:

  • Diagnóstico e Estudo: Inicia-se com uma radiografia panorâmica e uma tomografia computadorizada 3D dental, permitindo uma melhor compreensão da estrutura óssea. Atualmente, a abordagem do design tridimensional (3D) possibilita a visualização antecipada do resultado pós-tratamento.
  • Fase Cirúrgica: Com a extração do dente danificado, procede-se à preparação da mandíbula, incluindo enxertos ósseos, quando necessários. Subsequentemente, realiza-se a instalação do implante dental, sendo crucial monitorar o crescimento e a cicatrização do osso antes de avançar para a colocação do pilar, etapa que ocorre após a completa osteointegração.
  • Colocação da Prótese: Após um tempo de cicatrização que varia parara caso, após a cirurgia, procede-se à colocação da prótese, finalizando o processo completo de instalação do implante dental na cavidade bucal do paciente.

Cuidados com Implantes Dentários

É importante aprender sobre a devida manutenção dos implantes dentários nas primeiras horas e dias pós-cirurgia. Destacam-se cuidados cruciais a serem observados:

  • Dieta: Recomenda-se aguardar algumas horas antes de ingerir alimentos após a cirurgia de implante. Optar por alimentos macios e frios é essencial. A abstenção de consumo de álcool nas horas subsequentes é fundamental.
  • Higiene Bucal: No dia da intervenção, é desaconselhável a escovação dentária na região afetada. Após 24 horas, a escovação deve ser realizada com suavidade, evitando a área de intervenção cirúrgica.
  • Atividade Física: Recomenda-se evitar movimentos bruscos nas primeiras 24 horas após a cirurgia. Um período adequado de repouso é aconselhado, bem como a abstenção de atividades físicas intensas ao longo de uma semana.
  • Enxaguantes Bucais: É desaconselhável o enxágue bucal por 7 dias completos após à cirurgia, a fim de evitar impacto prejudicial nos pontos de sutura e que o liquido entre dentro da ferida. Após um intervalo de 7 dias, o uso de enxaguante bucal prescrito pelo implantodontista é permitido.
  • Irrigadores Dentais: A utilização de irrigadores dentais somente deve ser realizada mediante orientação expressa do cirurgião-dentista.

Com esses cuidados meticulosos, seus implantes dentais ajudarão na obtenção de um sorriso radiante, com boa durabilidade e saúde bucal reestabelecida.


Saiba mais aqui. Se você ficou com a alguma dúvida sobre tipos de implantes dentários e aparelhos, entre em contato conosco através de um dos canais abaixo, nós da Clínica Odontológica ImplArt estamos à sua disposição!

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Tratamento para bolsa periodontal

Bolsa periodontal é um dos sintomas da periodontite, uma doença inflamatória e infecciosa de origem bacteriana que afeta não apenas a gengiva, como também estruturas de suporte dos dentes, como o osso, cemento e ligamento.

Essa condição se inicia pelo acúmulo de placa e biofilme na superfície dentária, principalmente na proximidade da gengiva. A ação bacteriana libera toxinas e dessa forma irrita e causa inflamação da gengiva (gengivite).

Quando ocorre a doença e bolsa periodontal?

O surgimento e o avanço da doença periodontal se dão com mais frequência em pessoas diabéticas, fumantes, com algum tipo de deficiência imunológica bem como com predisposição genética. A bolsa periodontal é quando a gengiva fica muito inflamada e se torna frouxa, ou seja, ela perde a aderência a superfície dentária.

Dessa maneira cria um espaço para acúmulo de tártaro na superfície da raiz, levando a atividade bacteriana também para as estruturas de suporte dos dentes. A inflamação crônica causada pelas bactérias destrói lentamente as estruturas de suporte dos dentes, que então podem ficar moles ou até cair.

Bolsa periodontal 3
Fases da doença periodontal

Leia mais: Quem tem periodontite pode fazer implante dentário?

Como é o diagnóstico da doença periodontal?

O diagnóstico da doença periodontal é feito através de um exame clínico da gengiva e tecidos adjacentes. O dentista introduz cuidadosamente uma sonda para verificar a profundidade da bolsa periodontal. Quanto maior a profundidade, maior a perda óssea.

Como é feito o tratamento para a doença periodontal?

O tratamento para doença periodontal depende do grau de comprometimento. A primeira conduta é paralisar a ação bacteriana sobre a gengiva através da remoção de toda placa e tártaro aderido na superfície dentária e na raiz.

Leia mais: Segunda opinião odontológica

Este procedimento é capaz de reduzir a inflamação da gengiva, que normalmente retorna a posição adequada. Já em casos avançados, pode ser necessária a realização de uma cirurgia para remover focos infecciosos no osso e cirurgia de correção da gengiva. O tratamento para a doença periodontal tem que ser feito o mais rápido possível como em nossa modalidade Day Clinic.

Bolsa periodontal tem cura?

A doença periodontal não tem cura, mas é controlável. Por motivo a pessoa que passou pelo tratamento da periodontite deve retornar ao dentista com frequência (a ser determinada pelo profissional) a fim de controlar e evitar a atividade da doença.

Outro fator importante para o paciente periodontal é diminuir o risco de doenças cardíacas, que algumas vezes podem ocorrer.

Venha conhecer nossas instalações focadas em Odontologia tecnológica e digital ! Fomos eleitos a melhor clínica odontológica do Brasil, segundo o GCR.

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Não confunda implante com prótese convencional

Você sabia que implante dentário e prótese convencional são coisas diferentes? O implante serve de apoio para fixação de uma prótese, o que oferece mais conforto e segurança ao usuário. Há vários tipos de próteses dentárias convencionais, sendo que uma das classificações possíveis é quanto à fixação: prótese removível ou prótese fixa.

Como funcionam as próteses dentárias convencionais?

Prótese dentária removível: uma prótese removível convencional é apoiada sobre gengiva e pode ser retirada quando necessário (não é fixa). No entanto essa prótese removível convencional pode apresentar mobilidade e até em alguns casos machucar.

Se a prótese dentária contiver grampos, eles podem danificar os dentes vizinhos de apoio. As próteses dentárias móveis podem ser feitas em alguns materiais: estrutura metálica + dentes de resina, puramente de resina sem estrutura metálica, ou também em silicone flexível.

Prótese dentária fixa: as próteses fixas unitárias (coroas de porcelana) ou parciais podem ser cimentadas em dentes previamente desgastados com o intuito de reabilitar dentes que foram parcialmente ou inteiramente danificados (normalmente por cárie avançada, doença periodontal avançada ou fratura grave).

A fixação de prótese dentária fixa é feita com um travamento de forma mais rígida nos dentes vizinhos, sendo cimentada no final do tratamento. As coroas dentárias são habitualmente confeccionadas em porcelana, material altamente resistente e que imita bem a função, textura e cor dos dentes naturais.

As coroas completas de porcelana também podem ser fixadas sobre implantes dentários. As próteses dentárias fixas podem ser feitas em vários materiais:

  • Com reforço interno metálico (metalocerâmica)
  • Reforço não metálico (Metal-free em zircônia)
  • Em porcelana pura ou em zircônia pura maquiada.

Conheça a prótese projetada por computador.

Qual é melhor? a prótese dentária convencional ou a prótese sobre implante?

Depende da situação. A indicação do procedimento adequado é feita em situações distintas. A coroa cimentada sobre dente é indicada quando o dente ainda pode ser mantido. Ou seja, a polpa (raiz) dentária esta preservada ou tratada por canal.

Neste caso, a coroa serve para substituir a região comprometida da superfície dentaria. Todavia, quando há dentes muito comprometidos por cáries, fraturas ou doenças gengivais, a melhor opção é retirar esse dente e colocar um implante em seu lugar.

Esse implante substitui a raiz dentária e tem a função de sustentar a prótese fixa sobre ela, enquanto que as coroas cimentadas sobre dentes ainda utilizam a sustentação da raiz natural.

O implante é utilizado para cumprir a função da raiz dentária na ausência do dente ou quando a extração dele é inevitável, sobre esse implante será fabricado um dente artificial.

Qual é a diferença na execução dos do implante ou das próteses convencionais?

A aplicação da coroa dentária fixa sobre dente é simples. O dentista faz uma limpeza da superfície dentária comprometida e realiza um desgaste no dente até que o formato permita o encaixe de um dente por cima, dessa forma sem machucar a polpa (canal).

Em seguida retira um molde da região para enviar ao laboratório protético, que faz a coroa de acordo com essas medidas. Entretanto a prótese finalizada é colada com cimento odontológico no dente preparado.

Já os implantes dentários são colocados em duas etapas, a primeira é a cirurgia de inserção dos pinos no osso. A segunda etapa é a fixação das próteses sobre os implantes. É feito dentro de 3 a 6 meses, mas o paciente fica com uma prótese provisória nesse período.

Então, o tempo necessário para fixação da prótese sobre o implante é variado, porque depende do processo cicatricial de cada paciente. Agende uma consulta e conheça a Clínica ImplArt e a nossa equipe especializada em implantes dentários. Ficaremos felizes em atendê-lo!

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Escanear o código