Skip to main content

Tag: pivo

Qual a validade da coroa de porcelana ?

A duração de uma coroa dentária de porcelana

Você sabe a validade da coroa de porcelana? Quanto tempo dura uma coroa dentaria fixa em porcelana? Uma coroa dentária de porcelana quando recomendada, visa manter a saúde bucal, para a estética do sorriso e para melhorar a mastigação, e é feita para durar por muito tempo. A coroa dentária de porcelana é um material muito resistente, não apenas à fratura, como também à abrasão e manchas, além de ser um material bonito que se assemelha aos dentes naturais. Dessa forma, a porcelana é um material de alta qualidade, que oferece longa durabilidade à coroa dentária fixa sobre implante ou sobre dente. Sobretudo, a validade da coroa de porcelana certamente se deve a um bom planejamento do tratamento.

Tecnologia avançada

Para elaborar boas coroas, são importantes o emprego de técnicas avançadas, moldagem precisa, escolha de material adequado, execução, bem como a instalação da coroa com técnicas de excelência. Na ImplArt realizamos moldagens digitais com scanner intraoral e sistema computadorizado, além de execução em laboratório digital com métodos cad/cam, impressoras 3D e materiais de altíssima qualidade, como por exemplo a zircônia translúcida superior em estética e resistência.

Coroa de porcelana posicionada em implante dentário no dente da frente

Tecnologia avançada

Podemos afirmar que a duração do dente de porcelana é indeterminada. No entanto, a manutenção preventiva certamente contribui com sua longevidade. Os cuidados de manutenção com as coroas de porcelana devem ser diários, sobretudo com a correta higienização e também com a visitas regulares ao consultório do cirurgião-dentista. Já as coroas metalo-ceramicas, que são aquelas mais antigas, que contém metal em sua estrutura, irão demandar troca mais cedo em decorrência do desgaste da porcelana externa, e evidenciação da estrutura escura, em metal.

Indicações para coroas de porcelana dental

As coroas de porcelana podem ser usadas em diversas situações dentais entre elas:

Manutenção da coroa de porcelana

A higiene bucal é fundamental para a validade da coroa de porcelana, como em dentes naturais, para evitar o acumulo de placa, gengivite e surgimento de cáries. Recomenda-se uso de escova de cerdas maciais para evitar acelerar o desgaste da camada estética da coroa. As consultas regulares ao dentista são em suma importantes para evitar problemas mais sérios, não apenas com a coroa de porcelana, como também com todos os dentes e a saúde oral. O olhar de um profissional pode identificar problemas dentários em fase inicial, de tal forma que em tempo de serem corrigidos.

Quando trocar a coroa antiga por um nova?

Algumas coisas que podem ocorrer com a coroa de cerâmica e podem exigir sua troca, por exemplo:

  • Perda de adaptação – o que também pode ocorrer naturalmente devido ao remodelamento da forma gengival e certamente óssea com o avançar da idade
  • Perda óssea e retração gengival – em casos de coroas metalocerâmicas, pode surgir uma linha metálica que até então era coberta pela gengiva
  • Infiltração e cárie nos dentes, principalmente em coroas sobre dentes
  • Retenção de partículas alimentares
  • Perda do brilho bem como mudança de tonalidade
  • Mudança acentuada da tonalidade dos dentes naturais em relação aos dentes de porcelana – exigência estética

Algumas dessas mudanças são naturais e esperadas, portanto, podem levar à necessidade de troca da coroa ou protese de porcelana dente (sim, existe protese dentária de um dente), principalmente quando ocorre na parte da frente (região anterior com alta necessidade estética).

Qual é a durabilidade das coroas dentárias fixas?

Em média, espera-se que as coroas de porcelana alcancem 10 anos com ótima funcionalidade e estética, especialmente com os cuidados diários e profissionais citados acima e salvo algumas condições específicas que são identificadas nas consultas periódicas ao dentista. Passado esse tempo, a substituição e troca dessas peças pode ser indicada. Veja por exemplo as condições que exigem a troca antecipada da coroa:

  • Cáries e infiltrações
  • Retração gengival
  • Fratura do material do bloco de porcelana – raro, mas pode ocorrer
  • Desgaste acentuado do brilho e tonalidade – mais frequente quando o material escolhido para a coroa é de baixa qualidade e, portanto, mais suscetível a arranhar com escovas de cerdas duras, ficar opaco com alimentos ácidos, ou manchar com alimentos pigmentados.

Coroa de porcelana preço e pivô dentario de porcelana preço

O preço da coroa de porcelana, bem como de outros tratamentos dentários como as lentes de contato dentais, só pode ser informado em consulta presencial com dentista. Em resumo, o paciente precisa ser bem avaliado para entender suas necessidades funcionais e estéticas para então indicar o tratamento mais adequado para solucionar este caso. Isso pode envolver a aplicação de diferentes técnicas e também a escolha de distintos materiais, e isso influencia diretamente na confecção de um orçamento, por isso é praticamente impossível fornecer um valor ser ver o paciente pessoalmente.

Clínica Odontológica ImplArt

Em caso de dúvida ou caso queira conhecer mais sobre o nosso trabalho, agende sua consulta conosco através de um dos canais abaixo. Nós, da Clínica Odontológica ImplArt, estaremos à disposição para receber você.

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Qual a diferença entre pivô, coroa e jaqueta?

É normal que haja duvidas nas pessoas entre a diferença de pivô, coroa e jaqueta.

Vamos tentar explicar a diferença de uma forma prática

De uma forma geral, pivô coroa e jaqueta são técnicas restauradoras da forma e a estética de dentes que foram afetados por fratura, acidente ou cáries. A técnica de restauração a ser aplicada depende do nível de comprometimento do dente e da raiz.

coroas metaloceramicas implantes reabilitacao antes e depois 50kb

Vejamos a seguir a diferença entre pivô coroa e jaqueta

Pivô

É um tipo de prótese dentária que necessita da instalação de um pino no interior da raiz com canal tratado. Em resumo, o pino serve para sustentar a coroa protética, bem como proteger a raiz tratada. O pino é normalmente fabricado em fibra de carbono, fibra de vidro ou liga metálica fundida, enquanto que a coroa pode ser de porcelana.

A instalação de um pivô só é possível quando raiz pôde ser preservada com tratamento de canal. Dessa forma, a coroa dentária deteriorada é removida integral ou parcialmente e substituída por uma coroa protética, que imita forma de cor dos dentes naturais. Quando não é possível a preservar a raiz, é recomendado extraí-la junto com o dente e instalar um pino de implante dentário de titânio para substitui-la, e em seguida instalar a coroa protética sobre o implante.

Coroa

A coroa é uma peça protética que substitui um dente perdido, seja por acidente ou por deterioração por cárie. Ela imita ao dente humano em forma, função e cor. Pode fabricado em diferentes materiais sendo os principais a porcelana, o metal e a resina (no revestimento), e zircônia computadorizada ou metal (na estrutura interna). A coroa pode ser instalada sobre um pino, colada sobre um dente preparado (afinado) ou então fixada sobre um pino de implante de titânio. Além disso também existe a coroa parcial, uma peça que supre parte da coroa dentária quando esta se encontra com a estrutura parcialmente deteriorada.

Jaqueta

É o mesmo que coroa, porém um termo quase em desuso na odontologia atual. A origem da expressão jaqueta se deve pelo formato da coroa, que envolve o pino ou então o dente desgastado. Em caso de dúvidas sobre pivô, coroa e jaqueta, agende uma consulta ou então entre em contato conosco. Ficaremos felizes em atendê-lo.

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Não confunda implante com prótese convencional

Você sabia que implante dentário e prótese convencional são coisas diferentes? O implante serve de apoio para fixação de uma prótese, o que oferece mais conforto e segurança ao usuário. Há vários tipos de próteses dentárias convencionais, sendo que uma das classificações possíveis é quanto à fixação: prótese removível ou prótese fixa.

Como funcionam as próteses dentárias convencionais?

Prótese dentária removível: uma prótese removível convencional é apoiada sobre gengiva e pode ser retirada quando necessário (não é fixa). No entanto essa prótese removível convencional pode apresentar mobilidade e até em alguns casos machucar.

Se a prótese dentária contiver grampos, eles podem danificar os dentes vizinhos de apoio. As próteses dentárias móveis podem ser feitas em alguns materiais: estrutura metálica + dentes de resina, puramente de resina sem estrutura metálica, ou também em silicone flexível.

Prótese dentária fixa: as próteses fixas unitárias (coroas de porcelana) ou parciais podem ser cimentadas em dentes previamente desgastados com o intuito de reabilitar dentes que foram parcialmente ou inteiramente danificados (normalmente por cárie avançada, doença periodontal avançada ou fratura grave).

A fixação de prótese dentária fixa é feita com um travamento de forma mais rígida nos dentes vizinhos, sendo cimentada no final do tratamento. As coroas dentárias são habitualmente confeccionadas em porcelana, material altamente resistente e que imita bem a função, textura e cor dos dentes naturais.

As coroas completas de porcelana também podem ser fixadas sobre implantes dentários. As próteses dentárias fixas podem ser feitas em vários materiais:

  • Com reforço interno metálico (metalocerâmica)
  • Reforço não metálico (Metal-free em zircônia)
  • Em porcelana pura ou em zircônia pura maquiada.

Conheça a prótese projetada por computador.

Qual é melhor? a prótese dentária convencional ou a prótese sobre implante?

Depende da situação. A indicação do procedimento adequado é feita em situações distintas. A coroa cimentada sobre dente é indicada quando o dente ainda pode ser mantido. Ou seja, a polpa (raiz) dentária esta preservada ou tratada por canal.

Neste caso, a coroa serve para substituir a região comprometida da superfície dentaria. Todavia, quando há dentes muito comprometidos por cáries, fraturas ou doenças gengivais, a melhor opção é retirar esse dente e colocar um implante em seu lugar.

Esse implante substitui a raiz dentária e tem a função de sustentar a prótese fixa sobre ela, enquanto que as coroas cimentadas sobre dentes ainda utilizam a sustentação da raiz natural.

O implante é utilizado para cumprir a função da raiz dentária na ausência do dente ou quando a extração dele é inevitável, sobre esse implante será fabricado um dente artificial.

Qual é a diferença na execução dos do implante ou das próteses convencionais?

A aplicação da coroa dentária fixa sobre dente é simples. O dentista faz uma limpeza da superfície dentária comprometida e realiza um desgaste no dente até que o formato permita o encaixe de um dente por cima, dessa forma sem machucar a polpa (canal).

Em seguida retira um molde da região para enviar ao laboratório protético, que faz a coroa de acordo com essas medidas. Entretanto a prótese finalizada é colada com cimento odontológico no dente preparado.

Já os implantes dentários são colocados em duas etapas, a primeira é a cirurgia de inserção dos pinos no osso. A segunda etapa é a fixação das próteses sobre os implantes. É feito dentro de 3 a 6 meses, mas o paciente fica com uma prótese provisória nesse período.

Então, o tempo necessário para fixação da prótese sobre o implante é variado, porque depende do processo cicatricial de cada paciente. Agende uma consulta e conheça a Clínica ImplArt e a nossa equipe especializada em implantes dentários. Ficaremos felizes em atendê-lo!

Endereço e Contatos da ImplArt, considerada como a melhor clínica de estética de dentes no Brasil.

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

Escanear o código