O tratamento com implantes dentários é a melhor forma de repor um dente ou mais dentes perdidos. Entretanto muitas pessoas questionam se há alternativas aos implantes dentários.

Quais as minhas alternativas se eu não quiser realizar um implante dentário?

Eventualmente o procedimento de implante dentário não é indicado para todos os casos por impedimentos locais ou de saúde geral, ou então a pessoa tem medo de fazer o implante dentário ou procura por uma alternativa para repor um dente com menor custo. Vamos conhecer logo a seguir algumas alternativas aos implantes.

Pontes dentárias

São dispositivos protéticos fixos que preenchem a lacuna deixada por um dente ausente ou então é também pode ser uma indicação para crianças ou adolescentes cujos ossos ainda estão crescendo.

Ponte adesiva em resina para repor um dente

Um dente protético é fixado por meio de aletas em ambos os lados. As aletas são coladas com resina nos dentes vizinhos, sem necessitar da realização de desgastes nos dentes antes que seja instalada.

A prótese dentária adesiva é fixada (com cola) aos dentes vizinhos pelas aletas. Em geral é uma prótese dentária temporária.

Prótese dentária fixa tradicional

Composta normalmente por três elementos dentários, sendo o primeiro e o ultimo colados em dentes vizinhos a o central é um elemento pôntico assim preenchendo o espaço deixado pela falta do dente.

A prótese dentária fixa é eficiente na reposição de um dente, ou alguns dentes, entretanto exige o apoio em dentes vizinhos desgastados para esse fim.

Pode ser fabricado em cerâmica, porcelana ou então metal (metalocerâmica). Esse modelo é considerado mais resistente do que as pontes coladas com resina, entretanto exige preparo prévio dos dentes laterais para suportar a ponte (desgaste).

Prótese fixa com dente suspenso: pôntico em cantilever

Composto por dois elementos, sendo que um é fixado sobre um dentre preparado e o outro suspenso que preenche dessa maneira o espaço. Exige preparo (desgaste) do dente pilar adjacente e anexa-se o dente pôntico.

Trata-se de um dente suportando dois dentes. A prótese dentária com pôntico sem apoio (em balanço) pode ser indicada em alguns casos restritos pois há muita chance de que o dente de apoio sofra com a sobrecarga da mordida.

Prótese dentária parcial removível para repor um dente

Ao invés das anteriores, que são fixas, este dispositivo é um recurso removível. Os dentes para reposição são montados em uma base na cor de gengiva e depois a ponte fica presa aos dentes naturais.

Existem dois modelos: fixação por grampos metálicos ou então no caso de próteses parciais flexíveis, a fixação é com o próprio material da prótese, sem partes metálicas o que torna a prótese muito mais estética e confortável.

Encaixes sem metais

Vantagens das próteses dentárias removíveis para repor um dente

  • Custo mais acessível do que implantes dentários
  • Tratamento mais rápido

Desvantagens das próteses dentárias removíveis

  • Não é capaz de paralisar a reabsorção óssea (perda óssea) pela ausência de raízes dentárias. Em contrapartida, os implantes modernos fazem o papel de uma raiz e em geral preserva o volume ósseo.
  • Por consequência da perda óssea, pode haver também um recuo gengival
  • Pode ser necessário trocar depois de um tempo

Quanto custa uma ponte dentária fixa?

O custo da ponte dentária pode variar de acordo com o número de dentes, da técnica empregada bem como dos materiais escolhidos. Portanto, para saber o preço do tratamento é necessário passar em uma consulta presencial para o dentista avaliar a melhor opção.

Como é o tratamento para repor um dente?

Em consulta o dentista verifica sobretudo quantos dentes precisam ser repostos e apresenta as opções de próteses para preencher os espaços.

  • No caso de uma ponte, primeiramente é feito o preparo dos dentes que servirão de pilares. Em resumo, trata-se da remoção do esmalte e realização de um desgaste dentário.
  • Em seguida é realizado um escaneamento dos dentes preparados.
  • O paciente utiliza uma ponte provisória no momento em que a definitiva é fabricada.
  • Nesse meio tempo, fabricamos a ponte definitiva de acordo com o escaneamento em nosso laboratório de prótese digital próprio.

Eventualmente, no decorrer da confecção da ponte definitiva, são necessárias algumas sessões para realizar provas de encaixe e cor.

  • A última sessão é então agendada para cimentação da ponte definitiva.
  • O paciente recebe orientações para os cuidados diários, assim como um cronograma de retorno ao consultório para manutenções periódicas.

Manutenção de pontes dentárias

Com cuidados diários e visitas periódicas ao dentista para manutenção, as pontes podem durar vários anos. Os cuidados com uma ponte permanente não são muito diferentes do que com dentes permanentes.

De fato, basta apenas escovar não apenas os dentes como também ponte pelo menos três vezes ao dia com creme dental com flúor, utilizando escova de cerdas macias. Para limpeza entre dentes, ou uma escova interdental ou fio dental pode ajudar nesta tarefa.

Se você ficou com a alguma dúvida sobre alternativas aos implantes dentários, entre em contato conosco ou então agende sua consulta!

Mesmo que você ainda tenha receio ou medo de fazer um implante dentário, encorajamos que saiba mais a respeito das técnicas mais recentes que são bem pouco invasivas e simples, como a cirurgia guiada por computador.

Acesse aqui o Guia completo para Implantes Dentários!

Leia mais sobre prótese flexível sem grampos

Endereço e Contatos

Rua Cincinato Braga, 37 – cj 112

Bela Vista – São Paulo/SP – Região da Av. Paulista

11 3262-4750

11 3262-4750

contato@implart.com.br

clinica_implart

ImplanteDentarioClinicaImplArt

@implart

ClinicaImplart