A indicação da extração de dente é uma notícia desagradável para a maioria das pessoas. Podemos afirmar que grande parte dos profissionais dentistas sempre trabalha para preservar ao máximo um dente, e, portanto, a indicação da extração dentária normalmente só ocorre quando o dentista identifica que não há mais tratamentos alternativos para mantê-lo.

Por isso em alguns casos a extração pode ser a única conduta indicada para restabelecer a funcionalidade, saúde bucal e a estética do sorriso. O procedimento costuma ser bastante simples e o dentista tem uma atenção especial em preservar ao máximo os tecidos de suporte do dente, principalmente crista óssea e gengiva.

ponte_sobre_dentes_2
Caso a extração dentária seja inevitável, é necessário planejar qual tipo de prótese será feita na região. Esta imagem ilustra uma prótese dentária fixa para repor um único dente, seja da frente ou do fundo da boca.

Isso porque logo em seguida, na maioria dos casos, ele já pode colocar um implante dentário para repor esse dente. Esse é um procedimento que certamente gera alivio ao paciente, porque dessa maneira reduz os impactos que a falta de dente causa em uma pessoa. Antes de mais nada, o dentista normalmente solicita a realização de uma radiografia panorâmica e/ou uma tomografia computadorizada para estudar dentes, ossos e outras estruturas e dessa forma planejar a cirurgia de extração de dente.

As principais indicações para extração de dente

  • Coroa totalmente destruída (principalmente por cárie) e existe apenas raiz residual
  • Cárie profunda
  • Fraturas na coroa ou raiz dentária
  • Cárie radicular, ou seja, ao nível da raiz
  • Doença periodontal e mobilidade dentária
  • Dente que impede a projeção de uma prótese dentária
  • Dente ectópico, que é quando o dente se desenvolve fora de sua posição normal
  • Terceiro molar (dente do siso) que esteja causando algum incomodo ou dificuldade
  • Extração de um ou mais dentes para abrir espaço para tratamento ortodôntico Contraindicações para extração de dente

A princípio, a extração do dente é contraindicada nos casos de:

  • Alguma doença na cavidade oral, como por exemplo um tumor benigno ou maligno.
  • Diabetes descompensada
  • Imunidade baixa
  • Pessoas submetidas à quimioterapia
  • pacientes com cancer na cavidade oral ou no corpo
  • Pessoas com problemas cardíacos ou que sofreram ataque cardíaco nos últimos 6 meses.
  • Gravidez (nos 3 primeiros meses). Cada caso é avaliado individualmente e será estudado o risco benefício da extração de dente.

Dúvidas frequentes sobre extração dentária

Extração de dente, quantos dias de repouso? Extração de dente quantos dias de atestado?

Depende da complexidade de cada caso, mas em média em apenas um dia a pessoa já pode retornar ao trabalho, seguindo algumas recomendações que o dentista informa logo após o procedimento.

Extração de dente doi ? Extração de dente doi por quanto tempo?

Como ocorre em qualquer procedimento cirúrgico, o paciente pode sentir algum grau moderado de dor de 1 a 3 dias, e para minimizar isso recebe prescrição de analgésicos para tomar em casa.

Inflamação após extração de dente ? Inchaço após extração de dente ?

Como ocorre em qualquer procedimento cirúrgico, o paciente pode ficar com inchaço no local da cirurgia, e para minimizar isso recebe prescrição de anti-inflamatório e recomendações para se alimentar com alimentos frios, bem como compressa fria no lado externo da bochecha.

Quanto tempo depois de extrair um dente posso colocar implante?

Em muitos casos, é possível colocar implante imediato após a extração. Cada caso é avaliado individualmente. Em princípio, os pré-requisitos para extrair um dente e colocar implante dentário no mesmo dia são: bom estado de saúde em geral, ausência de doença periodontal, ausência de doenças ósseas, como por exemplo a osteoporose, não fumar, diabetes controlada, entre outros. Leia mais sobre a colocação de um implante logo após a extração.

Em alguns casos é colocado implante e o dente provisório já fixo nele, com uma técnica chamada carga imediata de implantes, ou carga rápida.

Vantagens em colocar implante logo após a extração

  • Poupa o paciente de constrangimentos sociais pela falta de dente
  • Preserva a função mastigatória, a fala, a oclusão e a estética do sorriso
  • É realizado apenas um procedimento cirúrgico em apenas um dia (extração + implante ) e a recuperação dos tecidos torna-se mais rápida
  • O paciente utiliza medicamentos apenas uma vez
  • Evita perda óssea e retração gengival

Os cuidados pós operatórios de implante dentário são simples devem ser seguidos, conheça neste texto

Cuidados após a cirurgia de extração de dente

  • Não fazer grandes esforços e atividades físicas pelo período recomendado pelo dentista
  • Ficar o repouso no tempo indicado pelo dentista
  • Manter a cabeça elevada por um período de 24 horas
  • Não se expor ao sol
  • Se alimentar com alimentos líquidos e pastosos, em temperatura gelada ou fria nos dois primeiros dias. Evitar mastigar no local da cirurgia. Saiba mais clicando aqui. Não tomar bebida alcoólica.
  • Mantenha a higienização oral regrada, com cuidado para não atingir o local da cirurgia. A higienização do local pode ser auxiliada com um cotonete embebido com enxaguante bucal sem álcool. Não fazer movimentos de sucção e bochecho nos primeiros 4 dias após a cirurgia.
  • Se houver sangramento excessivo, morder uma gaze estéril sobre a região operada, pressionando de forma delicada.
  • Não fumar. O fumo prejudica a cicatrização.
  • Tomar a medicação prescrita nos horários e pela quantidade de dias recomendada.
  • Retornar ao dentista na data agendada para retirada dos pontos e avaliação do pós-operatório.

Se você ficou com alguma dúvida, entre em contato conosco ou deixe sua pergunta no formulário abaixo.

Open chat