Em suma, dentes caindo não é normal. Apenas devem cair dentes no período adequado, que são os dentes de leite (decíduos).

Os dentes permanentes não devem cair e são possíveis de serem mantidos até o final da vida, desde que haja muita dedicação e cuidado.

Dentes naturais que são bem cuidados ao longo da vida permanecem saudáveis, não caem e portanto devem durar até a terceira idade, a não ser em casos muito específicos de predisposição.

As principais causas de perda dos dentes permanentes são: higienização oral inadequada e o surgimento de doenças bucais, como por exemplo a cárie e a doença periodontal, problemas que podem ser prevenidos, identificados e controlados em fase inicial.

Essas patologias são facilmente diagnosticadas em uma consulta com dentista, por isso a necessidade de realizar consultas regulares ao consultório odontológico, além de manter uma rotina de escovação e uso de fio dental adequadamente por toda a vida.

A cárie, sem tratamento, deteriora progressivamente a estrutura da coroa dentária e em casos mais avançados – cárie profunda – atinge a raiz e a poupa dentária e certamente esse dente precisará ser extraído.

A doença periodontal é sem dúvida o principal motivo de amolecimento e queda de dentes em adultos.

Passa por várias fases, sendo seus primeiros sinais o acúmulo de placa e tártaro, que sem tratamento evoluem para gengivite e em grau mais avançado levam a infecção e deterioração do osso que suporta os dentes.

Como manter os dentes naturais ao longo da vida?

  • Escovar os dentes, mucosas e língua após cada refeição ou pelo menos 3 vezes ao dia.
  • Utilizar escova de cerdas macias. A escovação deve ser realizada com movimentos leves e circulares para dessa meneira evitar a retração gengival.
  • Utilizar fio dental ou escova interdental principalmente para remover resíduos entre os dentes.
  • Não fumar. O cigarro é um grande inimigo da saúde bucal.
  • Manter uma dieta equilibrada. Alimentos muito ricos em açucares favorecem o surgimento de cáries.
  • Controlar doenças sistêmicas, como a diabetes.
  • Manter visitas regulares ao dentista, pelo menos uma vez por ano. O olhar de um profissional identifica problemas em fase inicial e tratável. O dentista verificará se a higienização bucal diária está sendo bem realizada. Pode indicar limpeza profissional para remover placa ou tártaro acumulado. Verifica se está correta a oclusão dentária.

Leia mais: substituição de dentes por implantes dentários

Perdi um dente, e agora?

Por mais que haja cuidados, um dente pode ser perdido por doença bucal ou por acidentes.

Para manter a saúde dos dentes remanescentes é importante a reposição do dente perdido com implante dentário o mais rápido possível.

Além de manter a estética do sorriso, a reposição do dente sobretudo permite o equilíbrio da arcada e oclusão dentária.

O implante é capaz de impedir ou paralisar a reabsorção óssea, e dessa maneira os dentes vizinhos não sofrem com movimentação.

Se você ficou com alguma dúvida, então entre em contato conosco através de um dos canais abaixo.


(11) 3262-4750

contato@implart.com.br

Fale Conosco

WhatsApp: (11) 99598-1866

Skype: clinica_implart

Facebook: ImplanteDentarioClinicaImplArt

Twitter: @implart

Instagram: ClinicaImplart