Odontologia Clínica

Tratamento Periodontal

A periodontite é uma doença que afeta os tecidos ao redor dos dentes, as gengivas, e pode impedir que o dente mantenha-se fixado. É a principal causa da perda de dentes atualmente, sendo comuns os casos de pessoas que perdem um ou até mesmo todos os dentes de uma vez.

É causada por uma infecção por bactérias que se depositam naturalmente na superfície dental, principalmente na região próxima à gengiva, formando a placa bacteriana. Essa placa é uma camada esbranquiçada formada por resíduos de alimento e bactérias. Caso não seja removida a placa bacteriana pode causar cáries dentárias ou se calcificar formando o tártaro dentário. Uma boa higiene oral, uma dieta balanceada e visitas regulares ao dentista podem ajudar a evitar o desenvolvimento de doença periodontal.

Muitas pessoas não sabem que tem doença periodontal. Este processo, que nem sempre é aparente, pode passar despercebido até que o dente se mostre seriamente comprometido. Entretanto, em outros casos os problemas são mais evidentes, apresentando mobilidade dentária e mau-hálito constante.

Fique atento se você tiver um ou mais sintomas abaixo:

  • Dentes com mobilidade
  • Retrações gengivais
  • Gengivas sangrantes, sensíveis ou inchadas
  • Formação de pus ao redor do dente
  • Mau-hálito constante
  • Dentes que mudam de posição
Periodontite

A formação do tártaro e a placa depositada entre a gengiva e o dente causam uma inflamação na gengiva, denominada gengivite, cujo primeiro sintoma é um sangramento gengival. Caso não seja tratada a gengivite, as bactérias se alastram pelo interior da gengiva, produzindo venenos e formando tártaro, o que causa a destruição do osso que suporta os dentes. Além disso, sabe-se que a doença periodontal promove a entrada de bactérias para outros órgãos, principalmente o sangue e o coração.

O diagnóstico é feito pelo dentista durante a sua avaliação odontológica de rotina. O tratamento periodontal depende da gravidade do caso. No estágio inicial de gengivite, uma limpeza profissional deve ser suficiente para controlar o problema. Em casos mais avançados, é necessário realizar raspagens para remover o acúmulo de placa bacteriana e tártaro aderidos ao dente. Em casos ainda mais severos é necessário realizar cirurgias, remoção de dentes e próteses.

Uma vez que seu tratamento periodontal esteja concluído, é necessário realizar controles periódicos. Isto significa que sua freqüência de visitas ao dentista será maior, pelo menos de 3 em 3 meses. Nessas consultas será avaliada sua saúde periodontal, sua higienização e uma limpeza será feita.